Substituição Não é Restauração

 

Mensagem ministrada em 16 de junho de 2005


TEXTO BASE: (2º Crônicas 12.1-12) “Tendo Roboão confirmado o reino e havendo-se fortalecido, deixou a lei do SENHOR, e, com ele, todo o Israel. No ano quinto do rei Roboão, Sisaque, rei do Egito, subiu contra Jerusalém (porque tinham transgredido contra o SENHOR), com mil e duzentos carros e sessenta mil cavaleiros; era inumerável a gente que vinha com ele do Egito, de líbios, suquitas e etíopes. Tomou as cidades fortificadas que pertenciam a Judá e veio a Jerusalém. Então, veio Semaías, o profeta, a Roboão e aos príncipes de Judá, que, por causa de Sisaque, se ajuntaram em Jerusalém, e disse-lhes: Assim diz o SENHOR: Vós me deixastes a mim, pelo que eu também vos deixei em poder de Sisaque. Então, se humilharam os príncipes de Israel e o rei e disseram: O SENHOR é justo. Vendo, pois, o SENHOR que se humilharam, veio a palavra do SENHOR a Semaías, dizendo: Humilharam-se, não os destruirei; antes, em breve lhes darei socorro, para que o meu furor não se derrame sobre Jerusalém, por intermédio de Sisaque. Porém serão seus servos, para que conheçam a diferença entre a minha servidão e a servidão dos reinos da terra. Subiu, pois, Sisaque, rei do Egito, contra Jerusalém e tomou os tesouros da Casa do SENHOR e os tesouros da casa do rei; tomou tudo. Também levou todos os escudos de ouro que Salomão tinha feito. Em lugar destes fez o rei Roboão escudos de bronze e os entregou nas mãos dos capitães da guarda, que guardavam a porta da casa do rei. Toda vez que o rei entrava na Casa do SENHOR, os da guarda vinham, e usavam os escudos, e tornavam a trazê-los para a câmara da guarda. Tendo-se ele humilhado, apartou-se dele a ira do SENHOR para que não o destruísse de todo; porque em Judá ainda havia boas coisas”.

INTRODUÇÃO: Roboão foi um jovem rei, que começou a reinar em lugar de seu pai Salomão. Na vitalidade de sua idade e no poderio material de que dispunha, ele trocou os pés pelas mãos durante o seu reinado sobre Israel. Esta passagem traz muitos ensinos, aos quais podemos observar e se deixarmos Deus trabalhar no nosso coração, colocaremos alguns destes ensinos em prática:

1. ESTAR EM PAZ E EM SEGURANÇA NÃO É MOTIVO PARA ABANDONAR A DEUS: (v.1): Tendo Roboão confirmado o reino e havendo-se fortalecido, deixou a lei do SENHOR, e, com ele, todo o Israel”. São nos momentos de bonança, de segurança, de fortalecimento que o perigo de se abandonar a Deus pode acontecer. E foi o que aconteceu com Roboão, ele deixou a lei do Senhor e com ele todo o Israel. Que possamos aprender que estar em paz e em segurança não pode ser motivo para abandonarmos a Deus e aproveitarmos estes momentos para aumentarmos a nossa comunhão com Ele.

2. DEUS SEMPRE NOS AVISA DE UMA FORMA OU DE OUTRA: (v. 2-5): No ano quinto do rei Roboão, Sisaque, rei do Egito, subiu contra Jerusalém (porque tinham transgredido contra o SENHOR), com mil e duzentos carros e sessenta mil cavaleiros; era inumerável a gente que vinha com ele do Egito, de líbios, suquitas e etíopes. Tomou as cidades fortificadas que pertenciam a Judá e veio a Jerusalém. Então, veio Semaías, o profeta, a Roboão e aos príncipes de Judá, que, por causa de Sisaque, se ajuntaram em Jerusalém, e disse-lhes: Assim diz o SENHOR: Vós me deixastes a mim, pelo que eu também vos deixei em poder de Sisaque”. Quando se abandona a Deus, Ele sempre nos avisa acerca deste abandono, nos dando a oportunidade de nos reconciliar. Deus nunca deixa de nos avisar do caminho errado que estamos trilhando. Cabe a nós, escutarmos e atendermos a estes avisos.

3. HUMILDADE E ARREPENDIMENTO SEMPRE TRAZEM LIVRAMENTO: (v. 6-7): Então, se humilharam os príncipes de Israel e o rei e disseram: O SENHOR é justo. Vendo, pois, o SENHOR que se humilharam, veio a palavra do SENHOR a Semaías, dizendo: Humilharam-se, não os destruirei; antes, em breve lhes darei socorro, para que o meu furor não se derrame sobre Jerusalém, por intermédio de Sisaque”. Quando somos avisado por Deus de nosso mau caminho, e em nosso coração nos humilhamos e nos arrependemos, isso provoca um livramento instantâneo. A um coração contrito e quebrantado Deus sempre dá atenção.

4. TODO PECADO TRAZ SUAS CONSEQÜÊNCIAS: (v. 8-9): Porém serão seus servos, para que conheçam a diferença entre a minha servidão e a servidão dos reinos da terra. Subiu, pois, Sisaque, rei do Egito, contra Jerusalém e tomou os tesouros da Casa do SENHOR e os tesouros da casa do rei; tomou tudo. Também levou todos os escudos de ouro que Salomão tinha feito”. A humildade e arrependimento trazem livramento de um mal maior, mas a conseqüência do pecado sempre existirá. A Palavra de Deus ensina que “o que o homem plantar, ele colherá”, e isso se refere também ao pecado. Embora haja humildade e arrependimento, as conseqüências do pecado são uma realidade que não tem como fugir.

5. A SUBSTITUIÇÃO NÃO É RESTAURAÇÃO: (v. 10-11): Em lugar destes fez o rei Roboão escudos de bronze e os entregou nas mãos dos capitães da guarda, que guardavam a porta da casa do rei. Toda vez que o rei entrava na Casa do SENHOR, os da guarda vinham, e usavam os escudos, e tornavam a trazê-los para a câmara da guarda”. Diante da perda por causa do pecado muitas pessoas procuram substituir aquilo que se perdeu como Roboão substituiu os escudos de ouro por escudos de bronze tentando de uma maneira inútil mascarar a situação. Quando se perde algo por causa do pecado, a substituição não é a melhor saída. É preciso restauração e não substituição. Só na restauração é que as coisas serão devolvidas de maneira plena.

CONCLUSÃO: Muitas lições aprendemos através desta passagem bíblica, que possamos pedir a Deus para que isso seja aplicado em nossa vida de maneira eficaz. Que possamos aprender que o segredo para uma vida plena não é a substituição, mas sim a restauração. E restauração só se tem por meio de Jesus em nossa vida. Por isso é necessário que o aceitamos em nosso coração como Senhor e Salvador. Você gostaria de ter essa nova vida?

Se a sua resposta for positiva em aceitar a Jesus como Senhor de sua vida, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Mensagem anterior - Próxima mensagem -

Outras Mensagens


Dê a sua Opinião sobre esta Mensagem - Imprima esta Mensagem