Um Palácio para Deus

 

Mensagem ministrada em 24 de julho de 2005


TEXTO BASE: (1º Reis 5.17) “Mandou o rei que trouxessem pedras grandes, e pedras preciosas, e pedras lavradas para fundarem a casa”.

INTRODUÇÃO: A edificação do primeiro Templo em Jerusalém é uma maravilhosa figura profética. Salomão recebeu de seu pai Davi a incumbência de construir um palácio para Deus, um lugar que seria referência da presença do Senhor, não apenas para seu povo, mas para todas as nações da Terra. Tudo que envolveu aquela magnífica obra revelava grandeza e excelência. O “endereço de Deus” entre os homens deveria manifestar Seu caráter. Por isso cada detalhe da obra estava impregnado de sentido profético. O Templo de Salomão, apontava para uma realidade maior. Na Nova Aliança, Deus não está mais focado em lugares e objetos. Ele não habita em prédios feitos por mãos humanas (Atos 17.24). Já chegou a hora em que a adoração não está restrita a Jerusalém e nem a nenhum outro lugar da Terra (João 4.21-22). Mas existe um grandioso Templo sendo edificado com o mesmo propósito do o de Salomão: “Ser referência da presença do Senhor para os povos”. Só que agora, o Templo é vivo, as pedras são vivas, a edificação não é feita com matéria inanimada, mas com gente! E esta é a grande revelação de Pedro: “Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo” (1ª Pedro 2.5). Sim, eu e você somos a matéria-prima com a qual Deus está levantando um grande palácio para Si.

1. PEDRAS GRANDES: A Bíblia diz que Salomão “mandou que trouxessem pedras grandes”. Que maravilhoso paralelo! É deste tipo de gente que Deus precisa nos nossos dias para que o Templo chamado Igreja seja edificado e a Sua glória finalmente possa vir. Precisamos ser e formar discípulos que se revelem como “Pedras Grandes” na Casa do Senhor. Estou falando de gente que pensa grande, que enxerga grande, que frutifica grande. Para tanto, é preciso que façamos cair por terra as fortalezas da mediocridade que o sistema secular plantou em nossas mentes e emoções. Não podemos mais admitir uma mentalidade de submundo, regida por sentimentos de incapacidade, inferioridade e desvalor. Deus nos chamou para um enorme projeto de conquista em todas as áreas de nossa vida. Para isto, Ele precisa de vidas que sejam capazes de se mover na força do Seu poder, que suportem grandes pesos e caminhem como conquistadores por natureza, que não se quebram com facilidade, que edificam somente com a sua presença. Você se apresenta para este propósito divino?

2. PEDRAS PRECIOSAS: Em segundo lugar, precisamos ser e formar discípulos do tipo “pedras preciosas”. Eu me refiro a pessoas que tragam a excelência no seu caráter e, por conseguinte, a revelam em suas ações e frutos. Existe uma voz profética sobre a Igreja dizendo: “Chega de mediocridade!” O povo de Deus não pode mais ser um povo comum, mediano. Nossa vida tem que revelar em tudo o padrão de excelência dos céus. Isto engloba nossas práticas devocionais, nosso ministério, nossa família, nossa saúde, nossas finanças, nossa profissão, enfim, tudo o que somos e fazemos precisa trazer a marca do precioso, do superior, do melhor. É claro que custa um preço. Você não tropeça em pedras preciosas andando pela rua. É necessário cavar, garimpar, buscar com perseverança. Mas quero lhe dar uma boa notícia: a excelência já está plantada em você! Sim, todo aquele que nasceu de novo é verdadeiramente nobre, tem capacidade de projetar coisas nobres e tem nobreza para perseverar. Digo isto porque o melhor de Deus, Jesus, está em você! Então, é necessário apenas remover os entulhos da velha natureza, para que sua vida seja uma referência do que há de melhor nesta terra. Você é precioso aos olhos de Deus.

3. PEDRAS LAVRADAS: Finalmente, Deus quer nos levantar como “pedras lavradas” para edificar sua Casa. Isto fala de tratamento, de mudança em nossas vidas, de discipulado. É através do processo de discipulado que somos transformados de pedras brutas em pedras lavradas, polidas, prontas para a obra de Deus. Somente aqueles que se submetem ao tratamento podem finalmente ser aproveitados em lugares-chave da Casa do Senhor. Você está disposto a andar por este caminho? Vai permitir que Deus toque em áreas que ainda trazem deformidades em sua vida? Isso pode ser bem doloroso, mas não há como revelar a glória de Deus sem antes passar pelo caminho da renúncia e do quebrantamento.

CONCLUSÃO: Estou certo de que Deus nos dá as ferramentas para que este projeto seja levado ao seu término em nossa vida. Deus está edificando um novo Templo, não feito por mãos humanas, mas pelo próprio Deus. E a pedra fundamental, a pedra angular é Jesus: “Pois isso está na Escritura: Eis que ponho em Sião uma Pedra Angular, eleita e preciosa; e quem Nela crer não será, de modo algum, envergonhado” (1ª Pedro 2.6). Para se tornar parte desta edificação de Deus como pedras vivas, é preciso primeiro se submeter à Pedra Angular. Você aceita se submeter a Jesus Cristo como único e suficiente Senhor e Salvador

Se a sua resposta for positiva em aceitar a Jesus como Senhor de sua vida, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Mensagem anterior - Próxima mensagem -

Outras Mensagens


Dê a sua Opinião sobre esta Mensagem - Imprima esta Mensagem