A Mordomia da Oportunidade

 

Mensagem ministrada em 16 de Outubro de 2005


TEXTO BASE: (Colossenses 4.5) Portai-vos com sabedoria para com os que são de fora; aproveitai as oportunidades”.

INTRODUÇÃO: Antes de entendermos melhor o que Deus quer tratar conosco, é importante compreendermos a diferença entre “se aproveitar as oportunidades” de “se aproveitar das oportunidades”. O primeiro caso é termos o aval de Deus, no segundo não. No primeiro você segue os interesses de Deus, no segundo você segue os seus próprios interesses. Quando sabemos diferenciar um do outro a nossa vida se torna muito mais saudável em todos os aspectos, principalmente quando aprendemos a “Mordomia da Oportunidade”. É preciso enxergar e aproveitar as oportunidades dadas por Deus! Quando elas surgem, são criadas e preparadas por Deus para fazermos alguma coisa criando algo novo ou para escaparmos de alguma situação difícil! Comete um crime contra si próprio e contra a sua posteridade, aquele que não aproveita bem as oportunidades que Deus oferece!

1. OPORTUNIDADE DE SUSTENTO: Salomão lembra que a formiga prepara o seu pão no estio e o armazena antes do tempo inadequado e adverso das chuvas: (Provérbios 6.6-8) Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos e sê sábio. Não tendo ela chefe, nem oficial, nem comandante, no estio, prepara o seu pão, na sega, ajunta o seu mantimento”. Devemos aproveitar o tempo de nos provermos de sustento digno.

2. OPORTUNIDADE DE LIBERDADE: Ao surgir a primeira oportunidade, o escravo deveria valer-se dela para tornar-se livre: (1ª Coríntios 7.21) “Foste chamado, sendo escravo? Não te preocupes com isso; mas, se ainda podes tornar-te livre, aproveita a oportunidade”. Devemos aproveitar a oportunidade de sermos livres e de nos tornarmos livres.

3. OPORTUNIDADE DE FAZER O BEM: Podemos fazer a diferença em a nossa geração: (Gálatas 6.10) “Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente aos da família da fé”. Devemos aproveitar a oportunidade de fazermos o bem, buscarmos sempre realizar o bem para com todos os que estão ao nosso redor.

4. A PLENITUDE DA OPORTUNIDADE: (2ª Coríntios 6.1-2) “E nós, na qualidade de cooperadores com ele, também vos exortamos a que não recebais em vão a graça de Deus (porque ele diz: Eu te ouvi no tempo da oportunidade e te socorri no dia da salvação; eis, agora, o tempo sobremodo oportuno, eis, agora, o dia da salvação)”. A Plenitude da Oportunidade é agora, quando a porta da “salvação” ainda está aberta, quando Deus ainda aceita os pecadores que a Ele se dirigem por meio daquele que é “o caminho, a verdade e vida”! Hoje é o dia da salvação, o dia da graça, e não o dia da condenação, o dia do juízo! Como você tem aproveitado esta grande oportunidade?

CONCLUSÃO: O dia da ira de Deus começa quando termina o dia da graça de Deus! É por isso que a Plenitude da Oportunidade situa-se entre a primeira vinda de Jesus e a sua segunda vinda! Na primeira vinda, Jesus veio para buscar e salvar os pecadores! Na segunda vinda, Ele virá para julgar e condenar os pecadores que não “aproveitaram a oportunidade” da salvação! Não há mais nada a fazer depois da passagem desta oportunidade! Como você tem aproveitado esta grande oportunidade?

Tenha Jesus como o Senhor e Salvador de sua vida! Você gostaria de aceitá-lo em sua vida? Se você está decidido em aceitar a Jesus como Senhor de sua vida, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Mensagem anterior - Próxima mensagem -

Outras Mensagens


Dê a sua Opinião sobre esta Mensagem - Imprima esta Mensagem