Tratando com o Passado

Mensagem ministrada em 18 de Dezembro de 2005


TEXTO BASE: (Efésios 4.20-24) “Mas não foi assim que aprendestes a Cristo, se é que, de fato, o tendes ouvido e nele fostes instruídos, segundo é a verdade em Jesus, no sentido de que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade”.

INTRODUÇÃO: Existem pessoas que estão acorrentadas ao passado. Elas vivem feridas; frustradas; fracassadas; com hábitos levianos, condutas distorcidas e atitudes desprezíveis.O passado às mantêm em escravidão, pois, só o tempo, não foi e nem é o suficiente para curar todas as coisas. É preciso haver um desatar do passado, um desenrolar do passado. E isso só Deus pode realizar. Vamos entender um pouco mais sobre isso:

1. TRÊS ATITUDES PARA LIDAR COM PASSADO: Podemos lidar com o passado através de três maneiras:

1ª) Lastimá-lo e viver com sentimento de culpa – isso somente produz mais frustrações e iras;
2ª) Repeti-lo e viver em angústia – isso somente produz remorsos;
3ª) Liberá-lo e viver na graça de Deus – Deus não nos promete alívio, mas sim libertação.

2. DIFERENÇA ENTRE PASSADO E PRESENTE: A pessoa que vive no passado, ela vive em fracassos, vive colocando a culpa nos outros e vive dando desculpas esfarrapadas. A pessoa que vive no presente, ela vive com alegria e entusiasmo; não desperdiça o seu tempo pensando em seus fracassos, mas aprende com suas experiências; tão pouco, culpa os outros por seus problemas, ao contrário, assume suas responsabilidades, e não dão desculpas, mas tomam tempo para ouvirem de Deus. Existe uma grande diferença entre viver no passado e viver no presente, e isso deve ser observado.

3. COMO SER LIBERTO DO PASSADO?: Algumas atitudes precisam ser tomadas para que sejamos libertos do passado: Contemple coisas novas; tome cuidado com as suas palavras; crie um coração alegre; estabeleça prioridades corretas e gere frutos dignos de arrependimento. Mas a primeira atitude que se deve tomar é desenvolver um “Coração Puro”: (Salmos 51.10) “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável”. O que é um “coração puro”? É um coração semelhante ao de Jesus, ou seja, um coração reto; um coração firme; um coração fiel; um coração que busca a Deus. E é esse tipo de atitude que devemos assumir para sermos libertos do passado.

4. TRÊS TESTES PARA DETERMINAR UM CORAÇÃO PURO:

1º) Restituição: Quando se ofende alguém, existe o desejo de reparar o dano causado? Ou simplesmente se empurra com a barriga e pronto? – Você diria a alguém ofendido: "Perdão! O que eu posso fazer para reparar a situação?". Ou simplesmente você diria: Desculpa, tá! – “A cerca precisa ser concertada”.
2º) Tristeza Segundo Deus: Quando você vê o pecado em sua vida, você sente uma profunda sensação de tristeza? Ou as críticas negativas, as condenações, as maledicências, a inveja; partem o teu coração sem qualquer dificuldade? – “O genuíno arrependimento precisa ser vivido”.
3º) Desejo de Abençoar os outros: Você abençoa a sua família, o seu vizinho, o seu inimigo? Você abençoa com a sua boca, com o seu dinheiro, com a sua disposição, com o seu serviço? Ou você simplesmente cumpre as suas obrigações e ponto final? – “Comece a abençoar os outros, e você será abençoado de volta”.

CONCLUSÃO: Desenvolva um coração puro e comece a quebrar as correntes do passado. Aprenda a perdoar e a amar, lançando fora todo o temor de vencer no presente. Entregue tudo ao Senhor!

    Você gostaria de ter Jesus Cristo como único e suficiente Senhor e Salvador de sua vida? Se você está disposto a tomar esta decisão, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Mensagem anterior - Próxima mensagem -

Outras Mensagens


Dê a sua Opinião sobre esta Mensagem - Imprima esta Mensagem