Reflexões Bíblicas
Mensagens ministradas no Programa Tempo de Festa
Rádio Popular FM e Rádio Água Viva On-Line

Cuidado com as Circunstâncias


Nem sempre as circunstâncias são saudáveis. Você não pode agir sempre de acordo com as circunstâncias. Às vezes, elas ajudam, simplificam e facilitam sua ação. Outras vezes, elas atrapalham, dificultam e confundem tudo.

Veja o exemplo do rei Saul, quando, “forçado pelas circunstâncias”, fez o que não deveria fazer (1º Samuel 13.12). Exatamente aí começou a sua decadência, que terminou em derrota total e suicídio.

Cuidado, muito cuidado com as circunstâncias. Existem circunstâncias que favorecem o erro, que favorecem o pecado, que favorecem a tragédia. Que tornam o erro fácil demais. Que quase obrigam o roubo, que quase obrigam a calúnia, que quase obrigam o adultério, que quase obrigam o crime. Existem circunstâncias que atrapalham o raciocínio e servem de desculpas que não diminuem a culpa de ninguém.

As circunstâncias precisam ser entendidas como circunstâncias e não como causas determinantes, às quais não se pode oferecer resistência.

Querido leitor, aprenda a fazer separação entre as circunstâncias saudáveis e as circunstâncias demolidoras do caráter e da paz de espírito. Cuidado, muito cuidado, com as circunstâncias que destroem!

Na dúvida escolha ser dirigido por Deus. Escolha estar com Ele!

A Bíblia diz: (Filipenses 4.12-13) "Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece".

Se esta mensagem tocou em seu coração e você quer conhecer mais acerca de Deus, de Jesus, do Espírito Santo e da Igreja, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Reflexão anterior - Próxima reflexão -

Outras reflexões


Dê a sua Opinião sobre esta reflexão - Imprima esta reflexão