Reflexões Bíblicas
Mensagens ministradas no Programa Tempo de Festa
Rádio Popular FM e Rádio Água Viva On-Line

Bem Sofrer


No dia 5 de maio de 2003, a estudante Luciana Gonçalves de Novaes, de 20 anos, foi atingida na coluna vertebral por uma bala perdida. Ela estava no campus de uma universidade da cidade do Rio de Janeiro, e como resultado do acidente, ela ficou tetraplégica.

Um ano depois do ocorrido, ela foi entrevistada por um jornalista da Folha de São Paulo. Do leito do hospital onde se encontrava, Luciana contou como foram as horas que antecederam o tiro.

"Lembro que senti vontade de não ir à faculdade naquele dia. Cheguei a me levantar por duas vezes no ônibus. Quase desisti. Mas tinha prova. Acabei indo. Se Deus me deixou ir para a faculdade, é porque tinha um plano para mim. Estou cumprindo minha missão na vida".

Luciana falou das muitas mensagens que recebeu, de pessoas desconhecidas, dizendo-se feliz em saber que tantos oram por ela.

"São essas orações e minha fé em Deus que me dão força e esperança. Penso que vou melhorar cada vez mais. Não sinto mágoa das pessoas que fizeram isso comigo".

A jovem ainda tem outra lição a dar.

"Foi uma emoção muito grande", confessa, "quando consegui ver o céu, quando os médicos colocaram minha maca na varandinha que tem aqui no quarto. Às vezes, as pessoas correm tanto na vida e não têm tempo de olhar o mar e o céu. Queria dizer que isso é muito importante. E que elas deveriam dar mais valor a essas situações".

Muita gente sofre. Poucos, no entanto sabem aproveitar as provas retificadoras. Não basta simplesmente sofrer. Indispensável é extrair bênçãos de luz que a dor oferece ao coração sedento de paz.

Muitos corações se envenenam na amargura, quando pequenos sofrimentos lhes invadem o círculo pessoal. Não são poucos os que batem à porta da desilusão, da descrença ou da revolta em razão de alguns caprichos não atendidos. Existem os que recebem a calúnia e a transmitem aos vizinhos. Os que são atormentados por acusações e arrastam companheiros às mesmas perturbações que os assaltam. E, por fim, os que pretendem eliminar enfermidades redentoras, entregando-se ao desespero.

Raras são as pessoas que aprendem a encontrar o proveito das tribulações. A maioria menospreza a oportunidade de edificação. Todas as criaturas sofrem no cadinho das experiências necessárias. Entretanto, bem poucas sabem padecer como verdadeiros cristãos, glorificando a Deus.

Se você se sente envolto em situações dolorosas, sem que você veja saída a curto ou médio prazo, não desanime. Nem blasfeme. Vale a pena pensar na ação de Deus no campo da tua vida. Tudo o que você está sofrendo está debaixo das vistas do Criador. Se Ele te permite a oportunidade de sofrer, acredite: Ele também te orientará no caminho da libertação. então lute. Confie. Não abandone o campo da atividade. Nunca pare de lutar.

A Bíblia diz: (Romanos 5.3-4) "E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança".

Se esta mensagem tocou em seu coração e você quer conhecer mais acerca de Deus, de Jesus, do Espírito Santo e da Igreja, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Reflexão anterior - Próxima reflexão -

Outras reflexões


Dê a sua Opinião sobre esta reflexão - Imprima esta reflexão