Reflexões Bíblicas
Mensagens ministradas no Programa Tempo de Festa
Rádio Popular FM e Rádio Água Viva On-Line

De Raça Infame para Raça Eleita


A que raça você pertence? Não estou falando da raça branca, negra, amarela ou vermelha. Deixe de lado esta classificação original.

Esqueça também a classificação mais ampla, que inclui as raças africana, ameríndia, asiática, australiana, européia, indiana, melanésia, micronésia e polinésia. O caso aqui é outro bem diferente. Muito mais sério. E muito mais profundo.

O que interessa é o grupo a que você pertence debaixo da perspectiva do relacionamento com Deus.

Se você se der ao trabalho de localizar a palavra “raça” nas Escrituras Sagradas, você encontrará as expressões: raça infame (Jó 30.8), raça malvada (Jeremias 8.3) e raça de víboras (Mateus 3.7; Mateus 12.34 e Mateus 23.33). Esta última foi usada por João Batista e por Jesus, sempre dirigida às pessoas fingidas.

Mas existe outra “raça” mencionada na Bíblia, bem mais amena. Chama-se “raça eleita” e aparece numa das Cartas do Apóstolo Pedro, onde ele diz: “Vós sois raça eleita” (1ª Pedro 2.9).

A raça eleita é aquela que reúne os que saíram convertidos da raça infame, que saíram convertidos da raça malvada e que saíram convertidos da raça de víboras.

A raça eleita forma o “povo de propriedade exclusiva de Deus” e têm o compromisso específico de proclamar as virtudes de Jesus Cristo, que os chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz!

A que raça você pertence? Ou melhor, a que raça você quer pertencer?

Bíblia diz: (1ª Pedro 2.9) "Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz".

Se esta mensagem tocou em seu coração e você quer conhecer mais acerca de Deus, de Jesus, do Espírito Santo e da Igreja, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Reflexão anterior - Próxima reflexão -

Outras reflexões


Dê a sua Opinião sobre esta reflexão - Imprima esta reflexão