Reflexões Bíblicas
Mensagens ministradas no Programa Tempo de Festa
Rádio Popular FM e Rádio Água Viva On-Line

Eu Pequei


Se você já disse alguma vez: “Eu pequei!”, tenhas-se por muito feliz. Não porque pecou. Antes porque admitiu o fato e não o acobertou. Porque é pequeno, pequeniníssimo o número daqueles que chegam a este ponto. É muito fácil conjugar o verbo pecar em qualquer pessoa gramatical, no singular ou no plural, desde que não seja na primeira pessoa do singular: “Eu pequei!”.

Percorra toda a Bíblia e você encontrará meia dúzia de indivíduos com estas palavras em suas bocas. Temos o Faraó do Egito (Êxodo 9.27); temos Acã (Josué 7.20); temos Saul (1º Samuel 15.24); temos Davi (2º Samuel 12.13); temos o filho pródigo (Lucas 15.17); e temos Judas Iscariostes (Mateus 27.4). Além do mais, se você se der ao trabalho de analisar cuidadosamente cada caso, encontrará coisas surpreendentes.

Nem todos acertaram em cheio. Nem todos trouxeram estas palavras de dentro de seus corações. Nem todos se molharam nas lágrimas do arrependimento. Nem todos deram os passos necessários para a mudança.

Por essa razão, dois entre eles se suicidaram (Saul e Judas) e dois morreram em seus pecados (Faraó e Acã). Mas, em compensação, os dois restantes foram honestos, se levantaram dos escombros e alcançaram o perdão e a purificação (Davi e o filho pródigo).

Se você tem dificuldade em admitir o seu próprio pecado, se exponha ao Espírito Santo de Deus, pois é o Espírito Santo quem convence o mundo do pecado, do juízo e da justiça (João 16.8).

Faça isso, e Jesus te receberá.

A Bíblia diz: (1 João 1.9-10) "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Se dissermos que não temos cometido pecado, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós".

Se esta mensagem tocou em seu coração e você quer conhecer mais acerca de Deus, de Jesus, do Espírito Santo e da Igreja, entre em contato conosco. Fale de sua de decisão, e faça seu pedido de oração: {Clique aqui}


Reflexão anterior - Próxima reflexão -

Outras reflexões


Dê a sua Opinião sobre esta reflexão - Imprima esta reflexão