• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 145

145º Dia – 25 de Maio

REINADO DE SALOMÃO

CENÁRIO HISTÓRICO: Provérbios de Salomão (Aproximadamente 957 a.C.) CURIOSIDADES:

  • Salomão com 46 anos
  • 28º ano do Reinado de Salomão
  • Roboão com 29 anos (Filho de Salomão com a amonita Naama)
  • Abias com 5 anos (Filho de Roboão e neto de Salomão)

CIDADE DE JERUSALÉMProvérbios de Salomão em Advertência contra a Mulher Leviana

(Pv 5.1-2) 1Filho meu, atende a minha sabedoria; à minha inteligência inclina os ouvidos (ARA). 2Assim você manterá o bom senso, e os seus lábios guardarão o conhecimento (NVI).

(Pv 5.3-4) 3Pois os lábios da mulher imoral destilam mel; sua voz é mais suave que o azeite (NVI), 4mas o seu fim é amargo como fel, e cortante como uma espada de dois gumes (NAA).

(Pv 5.5-11) 5Os seus pés descem para a morte; os seus passos conduzem diretamente para o Sheol (NVI). 6Pois ela não se interessa pelo caminho da vida; não se dá conta de que anda sem rumo por uma trilha tortuosa. 7Portanto, meu filho, preste atenção; nunca se desvie do que irei lhe dizer (NVT). 8Fique longe dessa mulher; não se aproxime da porta de sua casa (NVI). 9Se o fizer, perderá sua honra e entregará a homens impiedosos tudo que conquistou. 10Estranhos consumirão sua riqueza, e outros desfrutarão o fruto de seu trabalho. 11No final, você gemerá de angústia, quando a doença lhe consumir o corpo (NVT).

(Pv 5.12-14) 12Então você dirá: “Como foi que eu pude odiar o ensino? E por que o meu coração desprezou a disciplina? (NAA) 13Por que não ouvi meus Mestres? Por que não dei atenção aos que me instruíam? 14Cheguei à beira da ruína total, e agora todos saberão de minha vergonha!” (NVT)

(Pv 5.15-19) 15Beba a água de sua própria cisterna, compartilhe seu amor somente com sua esposa. 16Por que derramar pelas ruas a água de suas fontes, ao ter sexo com qualquer mulher? (NVT) 17Que elas sejam exclusivamente suas, nunca repartidas com estranhos. 18Seja bendita a sua fonte! Alegre-se com a esposa da sua juventude. 19Gazela amorosa, corça graciosa; que os seios de sua esposa sempre o fartem de prazer, e sempre o embriaguem os carinhos dela (NVI).

(Pv 5.20-23) 20Por que, meu filho, ser desencaminhado pela mulher imoral? Por que abraçar o seio de uma leviana? (NVI) 21Pois o Senhor Yahweh vê com clareza o que o homem faz e examina todos os seus caminhos (NVT). 22As injustiças que um homem mau comete são uma armadilha; ele é apanhado na rede do seu próprio pecado. 23Morre porque não se controla: A sua grande loucura o levará à cova (NTLH).

(Pv 22.14) 14A conversa da mulher imoral é cova profunda; quem provoca a ira do Senhor Yahweh nela cairá (NVT).

Provérbios de Salomão em Advertência contra a Mulher Adúltera

(Pv 6.20-24) 20Meu filho, obedeça aos mandamentos de seu pai e não deixe de lado a instrução de sua mãe. 21Guarde as palavras deles em seu coração e amarre-as em seu pescoço. 22Quando você andar, os conselhos de seus pais o guiarão; quando dormir, eles o protegerão; quando acordar, eles o orientarão. 23Pois o mandamento é lâmpada, e a instrução é luz; e as correções da disciplina são o caminho que conduz à vida (NVT). 24Eles o protegerão da mulher imoral, e dos falsos elogios da mulher leviana (NVI).

(Pv 6.25-26) 25Não cobice em seu coração a sua beleza nem se deixe seduzir por seus olhares, 26pois o preço de uma prostituta é um pedaço de pão, mas a adúltera sai à caça de vidas preciosas (NVI).

(Pv 6.27-29) 27Pode um homem carregar fogo junto ao peito sem que a roupa se queime? (NVT) 28Pode alguém andar sobre brasas sem queimar os pés? 29Assim acontece com quem se deita com mulher alheia; ninguém que a toque ficará sem castigo (NVI).

(Pv 6.30-35) 30Pode-se encontrar desculpa para o ladrão que rouba porque está com fome. 31Ainda assim, se for apanhado, terá de pagar sete vezes o que roubou, mesmo que precise vender tudo que há em sua casa (NVT). 32Mas o homem que comete adultério não tem juízo; todo aquele que assim procede a si mesmo se destrói (NVI). 33Será ferido e desonrado, e sua vergonha jamais se apagará. 34Porque o marido ciumento ficará furioso e não terá misericórdia quando se vingar. 35Não aceitará compensação alguma, nem se satisfará com os presentes mais valiosos (NVT).

(Pv 7.1-3) 1Meu filho, obedeça às minhas palavras e no íntimo guarde os meus mandamentos (NVI). 2Obedeça a meus mandamentos e viva; cuide de minhas instruções como da menina de seus olhos. 3Amarre-as aos dedos como lembrança e escreva-as no fundo do coração (NVT).

(Pv 7.4-5) 4Diga à Sabedoria: “Você é minha irmã”; e ao Entendimento: “Você é meu parente”. (NAA) 5Eles o manterão afastado da mulher imoral, da mulher leviana e suas palavras sedutoras (NVI).

(Pv 7.6-23) 6Enquanto estava à janela de minha casa e olhava pela cortina, 7vi alguns rapazes ingênuos e percebi um entre eles que não tinha juízo. 8Ele atravessava a rua, perto da esquina onde morava certa mulher, e caminhava em direção à casa dela (NVT). 9Ao anoitecer, quando já estava escuro (NTLH), 10a mulher se aproximou dele, com roupas provocantes e coração malicioso. 11Era ousada e inquieta, do tipo que nunca para em casa (NVT), 12uma hora na rua, outra nas praças, em cada esquina fica à espreita (NVI). 13Abraçou o rapaz e o beijou e, sem a menor vergonha, lhe disse (NVT): 14“Paguei hoje os meus votos, e a carne dos sacrifícios de gratidão está comigo (NTLH). 15Por isso saí para encontrá-lo; vim à sua procura e o encontrei! (NVI) 16Estendi lindas cobertas sobre minha cama e lençóis coloridos de linho egípcio (NVT). 17Perfumei a minha cama com mirra, aloés e canela (NVI). 18Venha, vamos nos embriagar de amor até o amanhecer! Vamos desfrutar as carícias um do outro (NVT). 19Pois o meu marido não está em casa; partiu para uma longa viagem (NVI). 20Levou consigo uma bolsa cheia de dinheiro; não voltará para casa antes da lua cheia”. 21Ela o seduziu com as suas muitas palavras, com as lisonjas dos seus lábios o arrastou. 22E, num instante, ele a seguiu, como um boi que vai para o matadouro; como um animal que corre para a armadilha (NAA), 23até que uma flecha lhe atravesse o fígado, ou como o pássaro que salta para dentro do alçapão, sem saber que isso lhe custará a vida (NVI).

(Pv 7.24-27) 24Portanto, meu filho, ouça-me; preste atenção às minhas palavras. 25Não deixe que seu coração se desvie para ela, não se perca em seus caminhos tortuosos (NVT). 26Porque a muitos ela feriu e derrubou; e são muitos os que por ela foram mortos (NAA). 27Sua casa é o caminho para o Sheol, seu quarto é a câmara da morte (NVT).

(Pv 9.13-18) 13A loucura é mulher espalhafatosa; é tola e não sabe coisa alguma. 14Senta-se junto à porta de sua casa, toma uma cadeira no lugar mais alto da cidade (NAA), 15e clama aos que passam pelo caminho, ocupados com seus próprios assuntos (NVT): 16“Venham todos os inexperientes!” Aos que não têm bom senso ela diz (NVI): 17“Água roubada é mais refrescante! Pão comido às escondidas é mais saboroso!” (NVT) 18Eles, porém, não sabem que ali estão os mortos, que os seus convidados estão nas profundezas do Sheol (ARA).

(Pv 11.22) 22Como joia de ouro em focinho de porco, assim é a mulher bonita que não tem juízo (NAA).

Provérbios de Salomão sobre Relacionamento Afetivo

(Pv 19.13) 13bA esposa briguenta é irritante como uma goteira (NVT).

(Pv 21.9) 9Melhor é morar no canto do terraço do que com uma mulher briguenta na mesma casa (NAA).

(Pv 21.19) 19É melhor viver sozinho no deserto que morar com uma esposa briguenta que só sabe reclamar (NVT).

(Pv 14.1) 1A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata a derruba com as próprias mãos (NAA).

(Pv 12.4) 4A mulher exemplar é a coroa do seu marido, mas a de comportamento vergonhoso é como câncer em seus ossos (NVI).

(Pv 11.16) 16A mulher graciosa alcança honra, como os poderosos adquirem riqueza (ARA).

(Pv 19.14) 14Os pais deixam casas e riquezas como herança para os filhos, mas apenas o Senhor Yahweh pode dar uma esposa prudente (NVT).

(Pv 18.22) 22Quem encontra uma esposa encontra algo excelente; recebeu uma bênção do Senhor Yahweh (NVI).

REGIÃO DE MASSÁConselhos de uma Mãe ao seu Filho Lemuel

(Pv 31.1-3) 1São estas as palavras solenes que a mãe do rei Lemuel lhe disse (NTLH): 2“O que lhe direi, meu filho, filho do meu ventre? Que lhe direi, ó filho dos meus votos? (NAA) 3Não desperdice sua força com mulheres, nem sua vida com aquelas que destroem reis” (NVT).

(Pv 31.4-7) 4“Não convém aos reis, ó Lemuel, tomar muito vinho; os governantes não devem desejar bebida alcoólica (NVT). 5Para não suceder que bebam e se esqueçam do que a lei determina, e deixem de fazer justiça aos oprimidos (NVI). 6O álcool é para os que estão morrendo, e o vinho, para os que estão amargurados (NVT), 7para que bebam e se esqueçam da sua pobreza, e não se lembrem mais da sua miséria” (NAA).

(Pv 31.8-9) 8Erga a voz em favor dos que não podem defender-se, seja o defensor de todos os desamparados (NVI). 9Abra a boca, julgue retamente e faça justiça aos pobres e aos necessitados” (NAA).

A Mulher Virtuosa

(Pv 31.10-12) 10Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de finas joias (ARA). 11O coração do seu marido confia nela, e não haverá falta de ganho (NAA). 12Ela só lhe faz o bem, e nunca o mal, todos os dias da sua vida” (NVI).

(Pv 31.13-18) 13“Ela adquire lã e linho e, com alegria, trabalha os fios com as mãos (NVT). 14Como os navios mercantes, ela traz de longe as suas provisões. 15Antes de clarear o dia ela se levanta, prepara comida para todos os de casa, e dá tarefas as suas servas. 16Ela avalia um campo e o compra; com o que ganha planta uma vinha (NVI). 17É esforçada, forte e trabalhadora (NTLH). 18Certifica-se de que seus negócios sejam lucrativos; sua lâmpada permanece acesa à noite” (NVT).

(Pv 31.19-20) 19“Ela prepara fios de lã e de linho para tecer as suas próprias roupas (NTLH). 20Acolhe os necessitados e estende as mãos aos pobres” (NVI).

(Pv 31.21-22) 21“Quando chega o inverno, não se preocupa, pois todos em sua família têm roupas quentes. 22Faz suas próprias cobertas e usa vestidos de linho fino e tecido vermelho” (NVT).

(Pv 31.23-26) 23“Seu marido é respeitado na porta da cidade, onde toma assento entre as autoridades da sua terra (NVI). 24Ela faz vestes de linho e as vende, e fornece cintos aos comerciantes. 25É forte, respeitada e não tem medo do futuro (NTLH). 26Fala com sabedoria e ensina com amor” (NVI).

(Pv 31.27-29) 27“Atende ao bom andamento da sua casa e não come o pão da preguiça (ARA). 28Os seus filhos a respeitam e falam bem dela, e o seu marido a elogia (NTLH): 29‘Há muitas mulheres virtuosas neste mundo, mas você supera todas elas!’(NVT).

(Pv 31.30-31) 30“A beleza é enganosa, e a formosura é passageira; mas a mulher que teme ao Senhor Yahweh será elogiada. 31Que ela receba a recompensa merecida, e as suas obras sejam elogiadas à porta da cidade” (NVI).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.