• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 244

244º Dia – 1º de Setembro

REINO DE JUDÁ E EXÍLIO BABILÔNIO

CIDADE DE MISPÁProfeta Obadias: A Nação de Edom será Humilhada

(Ob 1.1-4) 1Visão de Obadias. Assim diz o Soberano, o Senhor, a respeito de Edom: “Nós ouvimos uma mensagem do Senhor. Um mensageiro foi enviado às nações para dizer: ‘Levantem-se! Vamos atacar Edom!’” 2“Veja! Eu tornarei você pequeno entre as nações. Será completamente desprezado! 3A arrogância do seu coração o tem enganado, você que vive nas cavidades das rochas e constrói sua morada no alto dos montes; você que diz a si mesmo: ‘Quem pode me derrubar?’ 4Ainda que você suba tão alto como a águia e faça o seu ninho entre as estrelas, dali eu o derrubarei”, declara o Senhor (NVI).

(Ob 1.5-7) 5Quando ladrões chegam de noite, levam apenas o que lhes interessa. Quando alguém colhe uvas, sempre deixa algumas nas parreiras. Mas os seus inimigos destruíram você completamente! (NTLH) 6Como foram saqueados os bens de Esaú! Como foram vasculhados os seus tesouros escondidos! 7Todos os seus aliados, ó Edom, o empurraram para fora do seu território. Aqueles que estavam em paz com você o enganaram e prevaleceram contra você. Aqueles que sentam à sua mesa prepararam uma armadilha para os seus pés. E não há em Edom entendimento (NAA).

(Ob 1.8-9) 8“Naquele dia, não restará um sábio sequer em toda a terra de Edom”, diz o Senhor. “Pois, nos montes de Edom, destruirei todos que têm entendimento” (NVT). 9Então os seus guerreiros, ó Temã, ficarão apavorados, e serão eliminados todos os homens dos montes de Esaú (NVI).

Profeta Obadias: A Violência de Edom contra Jacó

(Ob 1.10-14) 10“Por causa da violenta matança que você fez contra o seu irmão Jacó, você será coberto de vergonha e eliminado para sempre (NVI). 11No dia em que estranhos levaram os bens de seu irmão Jacó, você estava presente; quando estrangeiros entraram pelos portões e lançaram sortes sobre Jerusalém, você mesmo era um deles. 12Você não devia ter olhado com prazer para o dia do seu irmão, o dia da sua calamidade. Você não devia ter-se alegrado pelo que aconteceu com os filhos de Judá, no dia da sua ruína. Você não devia ter falado de boca cheia, no dia da angústia (NAA). 13Não devia ter entrado pelas portas do meu povo no dia da sua calamidade; nem devia ter ficado alegre com o sofrimento dele no dia da sua ruína; nem ter roubado a riqueza dele no dia da sua desgraça (NVI). 14Não deveria ter ficado nas encruzilhadas para matar os que tentavam escapar. Não deveria ter capturado e entregado os sobreviventes naquele tempo de aflição” (NVT).

Profeta Obadias: O Dia do Senhor está Próximo

(Ob 1.15-18) 15“Porque o Dia do Senhor está prestes a vir sobre todas as nações. Você será tratado da mesma forma como tratou os outros; o mal que você fez cairá sobre a sua cabeça (NAA). 16Assim como você engoliu meu povo em meu monte santo, você e as nações vizinhas engolirão o castigo contínuo que eu derramar sobre vocês. Sim, todas as nações beberão, cambalearão e, por fim, desaparecerão. 17Mas o monte Sião se tornará refúgio para os que escaparem; será um lugar santo. O povo de Israel voltará para tomar posse de sua herança. 18O povo de Israel será um fogo intenso, e Edom será um campo de palha seca. Os descendentes de José serão uma chama que passará pelo campo e consumirá tudo. Não haverá sobreviventes em Edom; eu, o Senhor, falei” (NVT).

Profeta Obadias: O Reino do Senhor

(Ob 1.19-21) 19Os de Neguebe possuirão o monte de Esaú, e os da planície, aos filisteus; possuirão também os campos de Efraim e os campos de Samaria; e Benjamim possuirá a Gileade (ARA). 20Os cativos do exército dos filhos de Israel tomarão posse do território dos cananeus até Sarepta, e os cativos de Jerusalém, que estão em Sefarade, tomarão posse das cidades do Sul (NAA). 21Os vencedores subirão ao monte Sião para governar a montanha de Esaú. E o reino será do Senhor (NVI).

CIDADE DE JERUSALÉMProfeta Jeremias: Oração Pedindo Misericórdia

(Lm 5.1-3) 1Lembre-se, Senhor, do que aconteceu conosco e vê como fomos humilhados! 2Nossa herança foi entregue a estranhos, e nossas casas, a estrangeiros. 3Somos órfãos e já não temos pai, e nossa mãe ficou viúva (NVT).

(Lm 5.4-6) 4Temos de comprar a nossa própria água de beber; temos de pagar pela nossa própria lenha (NTLH). 5Os nossos perseguidores estão sobre o nosso pescoço; estamos exaustos e não temos descanso (NAA). 6Ao Egito e à Assíria nos sujeitamos, para conseguir alimento e sobreviver (NVT).

(Lm 5.7-10) 7Os nossos antepassados pecaram e não existem mais, e nós sofremos por causa dos seus pecados (NTLH). 8Escravos dominam sobre nós; não há ninguém que nos livre das suas mãos (NAA). 9Corremos perigo para conseguir alimento, pois os bandidos do deserto nos atacam sem dó (NTLH). 10Nossa pele queima como um forno, por causa do ardor da fome (NAA).

(Lm 5.11-15) 11As mulheres de Sião e as moças das cidades de Judá são violentadas por nossos inimigos (NVT). 12Enforcaram os príncipes, não tiveram nenhum respeito pelos velhos. 13Os jovens são obrigados a virar os moinhos; os meninos tropeçam debaixo das cargas de lenha (NAA). 14As autoridades não se sentam mais à porta das cidades, os rapazes não tocam mais música (NVT). 15A alegria desapareceu de nosso coração, nossas danças se transformaram em pranto (NVT).

(Lm 5.16-18) 16A coroa caiu da nossa cabeça. Ai de nós, porque temos pecado! 17E por esse motivo o nosso coração desfalece, e os nossos olhos perdem o brilho (NVI), 18pois o monte Sião está desolado; tornou-se morada de chacais (NVT).

(Lm 5.19-22) 19Mas o Senhor, ó Senhor, reina eternamente! Teu trono permanece de geração em geração (NVT). 20Por que se esqueceria de nós para sempre? Por que nos desampararia por tanto tempo? 21Converte-nos a ti, Senhor, e seremos convertidos; renova os nossos dias como antigamente (NAA), 22a não ser que já nos tenha rejeitado completamente e a tua ira contra nós não tenha limite! (NVI)

 O rei Nabucodonosor constitui Gedalias como Governador de Judá

(2Rs 25.22) 22Nabucodonosor, rei da Babilônia, nomeou Gedalias, filho de Aicam e neto de Safã, como governador do povo que havia sido deixado em Judá (NVI).

(Jr 40.7) 7Havia comandantes do exército que ainda estavam em campo aberto com os seus soldados. Eles ouviram que o rei da Babilônia tinha nomeado Gedalias, filho de Aicam, governador de Judá e o havia encarregado dos homens, das mulheres, das crianças e dos mais pobres da terra que não tinham sido deportados para a Babilônia (NVI).

(2Rs 25.23) 23Quando Ismael, filho de Netanias, Joanã, filho de Careá, Seraías, filho do netofatita Tanumete, e Jazanias, filho de um maacatita, todos os líderes do exército, souberam que o rei da Babilônia havia nomeado Gedalias como governador, eles e os seus soldados foram falar com Gedalias em Mispá (NVI).

(Jr 40.8) 8Então foram até Gedalias, em Mispá: Ismael, filho de Netanias, Joanã e Jônatas, filhos de Careá, Seraías, filho de Tanumete, os filhos de Efai, de Netofate, e Jazanias, filho do maacatita, juntamente com os seus soldados (NVI).

(2Rs 25.24) 24Gedalias fez um juramento a esses líderes e a seus soldados, dizendo: “Não tenham medo dos oficiais babilônios. Estabeleçam-se nesta terra e sirvam o rei da Babilônia, e tudo lhes irá bem” (NVI).

(Jr 40.9-10) 9Gedalias, filho de Aicam, neto de Safã, fez um juramento a eles e aos seus soldados: “Não temam sujeitar-se aos babilônios. Estabeleçam-se na terra, sujeitem-se ao rei da Babilônia, e tudo lhes irá bem. 10Eu mesmo permanecerei em Mispá para representá-los diante dos babilônios que vierem a nós. Mas, vocês, façam a colheita das uvas para o vinho, das frutas e das olivas para o azeite, ponham o produto em jarros, e vivam nas cidades que vocês ocuparam” (NVI).

(Jr 40.11-12) 11Todos os judeus que estavam em Moabe, em Amom, em Edom e em todas as outras terras ouviram que o rei da Babilônia tinha deixado um remanescente em Judá e que havia nomeado Gedalias, filho de Aicam, neto de Safã, governador sobre eles. 12Então voltaram de todos os lugares para onde tinham sido espalhados; vieram para a terra de Judá e foram até Gedalias em Mispá. E fizeram uma grande colheita de frutas de verão e de uvas para o vinho (NAA).

Profeta Jeremias: Nabucodonosor cuida do Profeta

(Jr 39.11-12) 11O rei Nabucodonosor tinha ordenado a Nebuzaradã, capitão da guarda, que encontrasse Jeremias (NVT). 12Trate de encontrá-lo, cuide bem dele e não lhe faça nenhum mal. Faça com Jeremias o que ele lhe disser” (NAA).

(Jr 40.2-5) 2O capitão da guarda mandou chamar Jeremias e disse: “O Senhor, seu Deus, trouxe esta calamidade sobre esta terra (NVT). 3Agora o Senhor trouxe e fez o que tinha anunciado. Tudo isto aconteceu, porque vocês pecaram contra o Senhor e não obedeceram à sua voz. 4Agora, eis que hoje estou soltando as correntes que estavam em suas mãos. Se for do seu agrado ir comigo para a Babilônia, venha, e eu cuidarei bem de você. Mas, se não for do seu agrado ir comigo para a Babilônia, fique aqui. Veja, toda a terra está diante de você. Vá para o lugar que for do seu agrado e melhor para você” (NAA). 5Mas, como ele ainda não tinha voltado, disse-lhe: “Volta a Gedalias, filho de Aicam, filho de Safã, a quem o rei da Babilônia pôs sobre as cidades de Judá, e habita com ele no meio do povo; ou, se para qualquer outra parte te aprouver ir, vai”. Deu-lhe o capitão da guarda sustento para o caminho e um presente e o deixou ir (ARC).

(Jr 39.13-14) 13Então Nebuzaradã, o comandante da guarda imperial, Nebusazbã, um dos chefes dos oficiais, Nergal-Sarezer, um alto oficial, e todos os outros oficiais do rei da Babilônia 14mandaram tirar Jeremias do pátio da guarda e o entregaram a Gedalias, filho de Aicam, filho de Safã, para que o levasse à residência do governador. Assim, Jeremias permaneceu no meio do seu povo (NVI).

(Jr 40.6) 6Jeremias voltou para Gedalias, filho de Aicam, em Mispá, e habitou em Judá com os poucos que haviam ficado na terra (NVT).

(Jr 40.1) 1O Senhor dirigiu a palavra a Jeremias depois que o comandante da guarda imperial, Nebuzaradã, o libertou em Ramá. Ele tinha encontrado Jeremias acorrentado no meio de todos os cativos de Jerusalém e de Judá que estavam sendo levados para o exílio na Babilônia (NAA).

Profeta Jeremias: Ismael conspira contra Gedalias

(Jr 40.13-16) 13Algum tempo depois, Joanã, filho de Careá, e os outros comandantes dos soldados que estavam no interior foram até Gedalias, em Mispá, 14e lhe disseram: “Você sabia que Baalis, rei de Amom, enviou Ismael, filho de Netanias, para assassiná-lo?” Gedalias, porém, não acreditou neles (NVT). 15Então Joanã, filho de Careá, disse a Gedalias em segredo, em Mispa: “Irei agora e matarei Ismael, filho de Netanias, sem que ninguém o saiba. Por que deixar que ele venha para assassiná-lo, fazendo com que todo o Judá que se reuniu à sua volta seja espalhado, e venha a perecer o remanescente de Judá?” (NAA) 16Mas Gedalias, filho de Aicam, disse a Joanã, filho de Careá: “Não faça uma coisa dessas. O que você está dizendo sobre Ismael não é verdade” (NVI).

(Jr 41.1-3) 1No sétimo mês, Ismael, filho de Netanias, filho de Elisama, que era de sangue real e tinha sido um dos oficiais do rei, foi até Gedalias, filho de Aicam, em Mispá, levando consigo dez homens. Enquanto comiam juntos, 2Ismael, filho de Netanias, e os dez homens que estavam com ele se levantaram e feriram à espada Gedalias, filho de Aicam, neto de Safã, matando aquele que o rei da Babilônia tinha nomeado governador de Judá. 3Ismael também matou todos os judeus que estavam com Gedalias em Mispá, bem como os soldados babilônios que ali estavam (NVI).

(2Rs 25.25) 25Porém, no sétimo mês, Ismael, filho de Netanias, filho de Elisama, que era de família real, foi até Mispa com dez homens. Eles atacaram Gedalias e o mataram. Também mataram os judeus e os caldeus que estavam com ele em Mispa (NAA).

(Jr 41.4-8) 4No dia seguinte ao assassinato de Gedalias, antes que alguém o soubesse, 5oitenta homens que haviam rapado a barba, rasgado suas roupas e feito cortes no corpo, vieram de Siquém, de Siló e de Samaria, trazendo ofertas de cereal e incenso para oferecer no templo do Senhor. 6Ismael, filho de Netanias, saiu de Mispá para encontrá-los, chorando enquanto caminhava. Quando os encontrou, disse: “Venham até onde se encontra Gedalias, filho de Aicam” (NVI). 7Assim que todos entraram na cidade, Ismael e os homens que o acompanhavam mataram setenta deles e jogaram os corpos numa cisterna (NVT). 8Mas houve dez homens entre eles que disseram a Ismael: “Não nos mate, porque temos trigo, cevada, azeite e mel escondidos no campo”. Por isso, ele desistiu e não os matou como havia feito com os outros (NAA).

(Jr 41.9-10) 9O poço em que Ismael jogou todos os cadáveres dos homens que havia matado, juntamente com o corpo de Gedalias, é o mesmo que o rei Asa havia cavado, na sua defesa contra Baasa, rei de Israel. Foi esse mesmo poço que Ismael, filho de Netanias, encheu de cadáveres. 10Ismael levou cativo todo o resto do povo que estava em Mispa, isto é, as filhas do rei e todo o povo que havia ficado em Mispa, que Nebuzaradã, o chefe da guarda, havia confiado a Gedalias, filho de Aicam, o governador. Ismael, filho de Netanias, levou-os como prisioneiros e partiu em direção ao território dos filhos de Amom (NAA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.