• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 277

277º Dia – 4 de Outubro

POVO DE JUDÁ E O IMPÉRIO PERSA

CIDADE DE JERUSALÉMProfeta Malaquias: Advertência contra a Infidelidade Conjugal

(Ml 2.10) 10Não temos nós todos o mesmo Pai? Não nos criou o mesmo Deus? Por que, então, seremos desleais uns para com os outros, profanando a aliança de nossos pais? (NAA)

(Ml 2.11-12) 11Judá foi infiel, e uma coisa detestável foi feita em Israel e em Jerusalém. Os homens de Judá contaminaram o Santuário que o Senhor ama ao se casarem com mulheres que adoram deuses estrangeiros (NVT). 12Que o Senhor lance fora das tendas de Jacó o homem que faz isso, seja ele quem for, mesmo que esteja trazendo ofertas ao Senhor dos Exércitos (NVI).

(Ml 2.13-14) 13Há outra coisa que vocês fazem: cobrem de lágrimas o altar do Senhor, com choro e gemidos, porque ele já não olha para a oferta nem a aceita com prazer. 14E vocês perguntam: “Por quê?” Porque o Senhor foi testemunha da aliança entre você e a mulher da sua mocidade, a quem você foi infiel, sendo ela a sua companheira e a mulher da sua aliança (NAA).

(Ml 2.15-16) 15Acaso o Senhor não o fez um só com sua esposa? Em corpo e em espírito vocês pertencem a ele. E o que ele quer? Dessa união, quer filhos dedicados a ele. Portanto, guardem seu coração; permaneçam fiéis à esposa de sua mocidade. 16“Pois eu odeio o divórcio”, diz o Senhor, o Deus de Israel. “Divorciar-se de sua esposa é cobri-la de crueldade”, diz o Senhor dos Exércitos. “Portanto, guardem seu coração; não sejam infiéis” (NVT).

Profeta Malaquias: O Mensageiro do Senhor

(Ml 2.17) 17Vocês cansaram o Senhor com suas palavras. “De que maneira o cansamos?”, vocês perguntam. Vocês o cansaram dizendo que todos que praticam o mal são bons aos olhos do Senhor e que ele se agrada deles, e também ao perguntar: “Onde está o Deus da justiça?” (NVT)

(Ml 3.1-2) 1“Vejam! Envio meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim”. Então, de repente, o Senhor a quem vocês buscam virá a seu Templo. “O mensageiro da aliança, por quem vocês anseiam, certamente virá”, diz o Senhor dos Exércitos (NVT). 2Mas quem suportará o dia da sua vinda? Quem ficará de pé quando ele aparecer? Porque ele será como o fogo do ourives e como o sabão do lavandeiro (NVI).

(Ml 3.3-4) 3Ele se sentará como um refinador e purificador de prata; purificará os levitas e os refinará como ouro e prata. Assim trarão ao Senhor ofertas com justiça. 4Então as ofertas de Judá e de Jerusalém serão agradáveis ao Senhor, como nos dias passados, como nos tempos antigos (NVI).

(Ml 3.5) 5“Naquele dia, eu julgarei vocês. Não demorarei para testemunhar contra todos os feiticeiros, adúlteros e mentirosos. Falarei contra aqueles que roubam o salário de seus empregados, que oprimem as viúvas e os órfãos, ou que privam os estrangeiros de seus direitos, pois essas pessoas não me temem”, diz o Senhor dos Exércitos (NVT).

Profeta Malaquias: O Roubo nos Dízimos e nas Ofertas

(Ml 3.6-7) 6“Porque eu, o Senhor, não mudo; por isso, vocês, filhos de Jacó, não foram destruídos. 7Desde os dias dos seus pais, vocês se afastaram dos meus estatutos e não os guardaram. Voltem para mim, e eu voltarei para vocês”, diz o Senhor dos Exércitos. Mas vocês perguntam: “Como havemos de voltar?” (NAA)

(Ml 3.8-9) 8“Será que alguém pode roubar a Deus? Mas vocês estão me roubando e ainda perguntam: ‘Em que te roubamos?’ Nos dízimos e nas ofertas. 9Com maldição vocês são amaldiçoados, porque estão me roubando, vocês, a nação toda” (NAA).

(Ml 3.10-12) 10“Tragam todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa. Ponham-me à prova nisto”, diz o Senhor dos Exércitos, “se eu não lhes abrir as janelas do céu e não derramar sobre vocês bênção sem medida. 11Por causa de vocês, repreenderei o devorador, para que não consuma os produtos da terra, e não deixarei que as suas videiras nos campos fiquem sem frutos”, diz o Senhor dos Exércitos (NAA). 12“Então todas as nações os chamarão de abençoados, pois sua terra será cheia de alegria”, diz o Senhor dos Exércitos (NVT).

Profeta Malaquias: A Diferença entre o Justo e o Perverso

(Ml 3.13-15) 13“Vocês falaram coisas terríveis contra mim”, diz o Senhor. “Mas vocês perguntam: ‘O que falamos contra ti?’ (NVT) 14Vocês dizem: ‘É inútil servir a Deus. De que nos adianta guardar os seus preceitos e andar de luto diante do Senhor dos Exércitos? (NAA) 15De agora em diante, chamaremos de abençoados os arrogantes. Pois os que praticam maldades enriquecem, e os que provocam a ira de Deus nenhum mal sofrem’(NVT).

(Ml 3.16) 16Então os que temiam o Senhor falavam uns aos outros. O Senhor escutou com atenção o que diziam. Havia um memorial escrito diante dele para os que temem o Senhor e para os que se lembram do seu nome (NAA).

(Ml 3.17-18) 17“Eles serão meu povo”, diz o Senhor dos Exércitos. “No dia em que eu agir, eles serão meu tesouro especial. Terei compaixão deles como o pai tem compaixão de seu filho obediente” (NVT). 18Então vocês verão mais uma vez a diferença entre o justo e o ímpio, entre o que serve a Deus e o que não o serve (NAA).

Profeta Malaquias: O Grande Dia do Senhor

(Ml 4.1-3) 1“Pois eis que vem o dia, queimando como fornalha. Todos os soberbos e todos os que praticam o mal serão como a palha; o dia que vem os queimará”, diz o Senhor dos Exércitos, “de modo que não lhes deixará nem raiz nem ramo (NAA). 2Mas para vocês que reverenciam o meu nome, o sol da justiça se levantará trazendo cura em suas asas. E vocês sairão e saltarão como bezerros soltos do curral (NVI). 3Vocês pisarão os ímpios, pois eles se farão cinzas debaixo das plantas dos pés de vocês, naquele dia que prepararei”, diz o Senhor dos Exércitos (NAA).

(Ml 4.4-6) 4“Lembrem-se da Lei de Moisés, meu servo, a qual lhe prescrevi em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos. 5Eis que eu lhes enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível Dia do Senhor (NAA). 6Ele fará com que os corações dos pais se voltem para seus filhos, e os corações dos filhos para seus pais; do contrário eu virei e castigarei a terra com maldição” (NVI).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.