• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 301

301º Dia – 28 de Outubro

O NOVO TESTAMENTO

REGIÃO DA PERÉIAO Fermento dos Fariseus

(Lc 12.1-3) 1Quando as multidões cresceram a ponto de haver milhares de pessoas atropelando-se e pisando umas nas outras, Jesus concentrou seu ensino nos discípulos, dizendo: “Tenham cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia (NVT). 2Não há nada encoberto que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a ser conhecido. 3Porque tudo o que vocês disseram às escuras será ouvido em plena luz; e o que disseram ao pé do ouvido no interior da casa será proclamado dos telhados” (NAA).

(Lc 12.4-5) 4“Digo a vocês, meus amigos: ‘Não temam os que matam o corpo e, depois disso, nada mais podem fazer’ (NAA). 5Mas eu lhes direi a quem devem temer. Temam a Deus, que tem o poder de matar e lançar no inferno. Sim, a esse vocês devem temer” (NVT).

(Lc 12.6-7) 6“Não se vendem cinco pardais por duas moedinhas? Contudo, nenhum deles é esquecido por Deus (NVI). 7Até os cabelos de sua cabeça estão todos contados. Portanto, não tenham medo; vocês são muito mais valiosos que um bando inteiro de pardais” (NVT).

A Ação do Espírito Santo

(Lc 12.8-9) 8“Digo mais a vocês: ‘Todo aquele que me confessar diante dos outros, também o Filho do Homem o confessará diante dos anjos de Deus; 9mas o que me negar diante das pessoas será negado diante dos anjos de Deus’” (NAA).

(Lc 12.10) 10“Todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do Homem, isso lhe será perdoado; mas, para o que blasfemar contra o Espírito Santo, não haverá perdão” (NAA).

(Lc 12.11-12) 11“Quando levarem vocês às sinagogas ou à presença de governadores e autoridades, não se preocupem quanto à maneira como irão responder, nem quanto às coisas que tiverem de falar. 12Porque o Espírito Santo lhes ensinará, naquela mesma hora, as coisas que vocês devem dizer” (NAA).

(Lc 12.13-14) 13Nesse ponto, um homem que estava no meio da multidão disse a Jesus: “Mestre, diga a meu irmão que reparta comigo a herança” (NAA). 14Respondeu Jesus: “Homem, quem me designou juiz ou árbitro entre vocês?” (NVI)

(Lc 12.15) 15Então lhes disse: “Cuidado! Fiquem de sobreaviso contra todo tipo de ganância; a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens” (NVI).

A Parábola do Rico Insensato

(Lc 12.16-20) 16 E Jesus lhes contou ainda uma parábola, dizendo: “O campo de um homem rico produziu com abundância. 17Então ele começou a pensar: ‘Que farei, pois não tenho onde armazenar a minha colheita?’ 18Até que disse: ‘Já sei! Destruirei os meus celeiros, construirei outros maiores e aí armazenarei todo o meu produto e todos os meus bens. 19Então direi à minha alma: ‘Você tem em depósito muitos bens para muitos anos; descanse, coma, beba e aproveite a vida’’. 20Mas Deus lhe disse: ‘Louco! Esta noite lhe pedirão a sua alma; e o que você tem preparado, para quem será?’” (NAA)

(Lc 12.21) 21“Assim acontece com quem guarda para si riquezas, mas não é rico para com Deus” (NVI).

Confiança na Providência de Deus

(Lc 12.22-23) 22A seguir, Jesus se dirigiu aos seus discípulos, dizendo: “Por isso, digo a vocês: ‘Não se preocupem com a sua vida, quanto ao que irão comer, nem com o corpo, quanto ao que irão vestir’. 23Porque a vida é mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as roupas” (NAA).

(Lc 12.24-26) 24“Observem os corvos, que não semeiam, não colhem, não têm despensa nem celeiros; contudo, Deus os sustenta. Vocês valem muito mais do que as aves! (NAA) 25Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida? 26Visto que vocês não podem sequer fazer uma coisa tão pequena, por que se preocupar com o restante?” (NVI)

(Lc 12.27-28) 27“Observem como crescem os lírios. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles. 28Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, quanto mais vestirá vocês, homens de pequena fé!” (NVI)

(Lc 12.29-31) 29“Portanto, não fiquem perguntando o que irão comer ou beber e não fiquem preocupados com isso. 30Porque os gentios de todo o mundo é que procuram estas coisas; mas o Pai de vocês sabe que vocês precisam delas (NAA). 31Busquem, pois, o Reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas” (NVI).

(Lc 12.32-34) 32“Não tenham medo, pequeno rebanho, pois foi do agrado do Pai dar-lhes o Reino. 33Vendam o que têm e deem esmolas. Façam para vocês bolsas que não se gastem com o tempo, um tesouro nos céus que não se acabe, onde ladrão algum chega perto e nenhuma traça destrói. 34Pois onde estiver o seu tesouro, ali também estará o seu coração” (NVI).

A Parábola do Servo Vigilante

(Lc 12.35-36) 35“Estejam preparados, com o corpo cingido e as lamparinas acesas (NAA), 36como aqueles que esperam seu senhor voltar de um banquete de casamento; para que, quando ele chegar e bater, possam abrir-lhe a porta imediatamente” (NVI).

(Lc 12.37-38) 37“Bem-aventurados aqueles servos a quem o senhor, quando vier, encontrar vigilantes. Em verdade lhes digo que ele há de cingir-se, dar-lhes lugar à mesa e, aproximando-se, os servirá. 38Quer ele venha à meia-noite ou de madrugada, bem-aventurados serão eles, se os encontrar vigilantes” (NAA).

(Lc 12.39-40) 39“Porém, considerem isto: ‘Se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, não deixaria que a sua casa fosse arrombada’. 40Estejam também vocês preparados, porque o Filho do Homem virá à hora em que vocês menos esperam” (NAA).

(Lc 12.41-44) 41Então Pedro perguntou: “Senhor, esta parábola é só para nós ou também para todos?” (NAA) 42O Senhor respondeu: “Quem é, pois, o administrador fiel e sensato, a quem seu senhor encarrega dos seus servos, para lhes dar sua porção de alimento no tempo devido? 43Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim (NVI). 44Em verdade lhes digo que lhe confiará todos os seus bens” (NAA).

(Lc 12.45-46) 45“Mas o que acontecerá se aquele servo disser consigo mesmo: ‘Meu senhor demora para vir’, e começar a espancar os empregados e as empregadas, a comer, a beber e a embriagar-se? 46Virá o senhor daquele servo, em dia em que não o espera e em hora que não sabe, e irá aplicar-lhe um castigo severo, condenando-o com os infiéis” (NAA).

(Lc 12.47-48) 47“Aquele servo que conheceu a vontade de seu senhor e não se aprontou, nem fez segundo a sua vontade, será punido com muitos açoites. 48Aquele, porém, que não soube a vontade do seu senhor e fez coisas dignas de reprovação levará poucos açoites. Mas àquele a quem muito foi dado, muito lhe será exigido; e àquele a quem muito se confia, muito mais lhe pedirão” (NAA).

As Divisões por Seguir a Jesus

(Lc 12.49-50) 49“Eu vim para lançar fogo sobre a terra, e bem que eu gostaria que já estivesse aceso. 50Mas existe um batismo pelo qual tenho de passar, e como me angustio até que o mesmo se cumpra!” (NAA)

(Lc 12.51-53) 51“Vocês pensam que vim para dar paz à terra? Eu afirmo a vocês que não; pelo contrário, vim para trazer divisão. 52Porque, daqui em diante, estarão cinco divididos numa casa: três contra dois e dois contra três. 53Estarão divididos: pai contra filho, filho contra pai; mãe contra filha, filha contra mãe; sogra contra nora e nora contra sogra” (NAA).

Os Sinais dos Tempos

(Lc 12.54-56) 54Jesus disse ainda às multidões: Quando vocês veem uma nuvem subindo no oeste, logo dizem que vai chover, e assim acontece. 55E, quando notam que sopra o vento sul, dizem que fará calor, e assim acontece (NAA). 56Hipócritas! Sabem interpretar as condições do tempo na terra e no céu, mas não sabem interpretar o tempo presente” (NVT).

Acerte a sua Vida

(Lc 12.57-59) 57Por que vocês não julgam por si mesmos o que é justo? (NVI) 58Quando você e seu adversário estiverem a caminho do tribunal, procurem acertar as diferenças antes de chegar lá. Do contrário, pode ser que o acusador o entregue ao juiz, e o juiz, a um oficial que o lançará na prisão (NVT). 59Digo-lhe que você não sairá dali enquanto não pagar o último centavo” (NAA).

O Arrependimento Necessário

(Lc 13.1-3) 1Naquela mesma ocasião algumas pessoas chegaram e começaram a comentar com Jesus como Pilatos havia mandado matar vários galileus, no momento em que eles ofereciam sacrifícios a Deus (NTLH). 2“Vocês pensam que esses galileus eram mais pecadores que todos os outros da Galileia?”, perguntou Jesus. “Foi por isso que sofreram? (NVT) 3Digo a vocês que não eram; se, porém, não se arrependerem, todos vocês também perecerão” (NAA).

(Lc 13.4-5) 4“E, quanto àqueles dezoito sobre os quais desabou a torre de Siloé e os matou, vocês pensam que eles eram mais culpados do que todos os outros moradores de Jerusalém? 5Digo a vocês que não eram; mas, se não se arrependerem, todos vocês também perecerão” (NAA).

A Parábola da Figueira Infrutífera

(Lc 13.6-9) 6E Jesus contou a seguinte parábola: “Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha e, vindo procurar fruto nela, não achou. 7Então disse ao homem que cuidava da vinha: ‘Já faz três anos que venho procurar fruto nesta figueira e não encontro nada. Portanto, corte-a! Por que ela ainda está ocupando inutilmente a terra?’ (NAA) 8Respondeu o homem: ‘Senhor, deixe-a por mais um ano, e eu cavarei ao redor dela e a adubarei (NVI). 9Se vier a dar fruto, muito bem. Se não der fruto, o senhor poderá cortá-la’(NAA).

Mais uma Cura no Shabat

(Lc 13.10-11) 10No Shabat, Jesus estava ensinando numa das sinagogas. 11E chegou ali uma mulher possuída de um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; ela andava encurvada, sem poder se endireitar de modo nenhum (NAA).

(Lc 13.12-14) 12Ao vê-la, Jesus a chamou e lhe disse: “Mulher, você está livre da sua enfermidade”. 13E, impondo-lhe as mãos, ela imediatamente se endireitou e dava glória a Deus. 14O chefe da sinagoga, indignado por ver que Jesus curava no Shabat, disse à multidão: “Há seis dias em que se deve trabalhar. Venham nesses dias para serem curados, mas não no Shabat” (NAA).

(Lc 13.15-16) 15Porém o Senhor lhe respondeu: “Hipócritas! Cada um de vocês não desprende da manjedoura, no Shabat, o seu boi ou o seu jumento, para levá-lo a beber? 16Por que motivo não se devia livrar deste cativeiro, em dia de Shabat, esta filha de Abraão, a quem Satanás trazia presa há dezoito anos? (NAA)

(Lc 13.17) 17Tendo Jesus dito estas palavras, todos os seus adversários ficaram envergonhados. Entretanto, o povo se alegrava por todos os feitos gloriosos que Jesus realizava (NAA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.