• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 250

250º Dia – 7 de Setembro

REINO DE JUDÁ E EXÍLIO BABILÔNIO

REINO DA BABILÔNIAProfeta Ezequiel: As Medidas Totais do Templo (Alusão a Era Messiânica)

(Ez 41.13-14) 13O homem mediu o lado de fora do Templo: Tinha cinquenta metros de comprimento. Do fundo do Templo, atravessando o pátio até a ponta do edifício do lado oeste, a distância também era de cinquenta metros. 14A largura da frente do Templo, junto com o espaço livre dos dois lados, era de cinquenta metros (NTLH).

(Ez 41.15-21) 15O homem mediu o comprimento do edifício que ficava do lado oeste do Templo, no fim do espaço livre, e também os seus corredores de cada lado, e esse comprimento também era de cinquenta metros. O salão de entrada do Templo o Lugar Santo e o Lugar Santíssimo 16eram todos forrados de madeira, desde o chão até as janelas. Essas janelas podiam ser cobertas. 17Por dentro, as paredes do Templo, até o alto das portas, estavam todas cobertas de figuras entalhadas 18de palmeiras e de animais com asas. Vinha primeiro uma palmeira e depois um animal e continuava assim em toda a volta. Cada animal tinha duas caras: 19Uma cara de homem, virada para a palmeira de um lado, e uma cara de leão, virada para a palmeira do outro lado. Era assim em toda a volta da parede, 20desde o chão até o alto das portas (NTLH). 21Os batentes do Templo eram quadrados, e a entrada do Santo dos Santos tinha a mesma aparência (NAA).

Profeta Ezequiel: O Altar de Madeira (Alusão a Era Messiânica)

(Ez 41.22) 22Havia um altar de madeira com um metro e meio de altura e um metro de cada lado. Seus cantos, sua base e seus lados eram de madeira. O homem me disse: “Esta é a mesa que fica na presença do Senhor” (NVT).

Profeta Ezequiel: As Portas (Alusão a Era Messiânica)

(Ez 41.23-26) 23Havia uma porta na ponta da passagem que dava para o Lugar Santo, e outra porta na ponta da passagem que dava para o Lugar Santíssimo. 24Eram portas de duas folhas, de abrir no meio. 25Havia figuras de palmeiras e de animais com asas entalhadas nas portas do Lugar Santo, como havia nas paredes. 26Nos lados do Lugar Santo havia janelas, e as paredes eram decoradas com figuras de palmeiras (NTLH).

Profeta Ezequiel: Os Dois Edifícios perto do Templo (Alusão a Era Messiânica)

(Ez 42.1-12) 1Então o homem me fez sair para o pátio de fora e me levou para o lado norte do Templo, a um edifício que não ficava longe do edifício construído na ponta oeste do Templo. 2Esse edifício do lado norte media cinquenta metros de comprimento por vinte e cinco de largura. 3De um lado, dava frente para o espaço de dez metros ao longo do Templo e, do outro lado, dava frente para a calçada do pátio de fora. Tinha três andares, e cada um deles ficava mais para dentro do que o de baixo. 4No lado norte desse edifício havia uma passagem de cinco metros de largura por cinquenta de comprimento, com entradas desse lado. 5Os cômodos do andar de cima eram mais estreitos do que os do andar do meio e do térreo porque ficavam mais para dentro. 6Nos três andares, os cômodos ficavam em terraços e não eram sustentados por colunas como os outros edifícios do pátio. 7Havia uma parede externa que servia de divisória entre as salas e o pátio externo e que tinha vinte e cinco metros de comprimento. 8Essa parede acrescentava comprimento ao conjunto externo de salas, que se estendia por apenas vinte e cinco metros, enquanto o conjunto interno, cujas salas eram voltadas para o Templo, tinha cinquenta metros de comprimento (NVT). 9Os quartos de baixo tinham entrada pelo lado leste, quando se vem do pátio externo (NVI). 10Do lado sul do Templo havia dois conjuntos de salas ao sul do pátio interno, entre o Templo e o pátio externo. A disposição dessas salas era semelhante à das salas do lado norte (NVT). 11Na frente dos cômodos havia uma passagem igual à do lado norte. Tinha as mesmas medidas, o mesmo desenho e o mesmo tipo de entradas. 12Havia, debaixo dos cômodos, uma porta no lado sul do edifício, na ponta leste onde começava a parede (NTLH).

(Ez 42.13-14) 13Então o homem me disse: “Estas salas ao norte e ao sul que dão para o pátio do Templo são santas. Aqui os sacerdotes que oferecem sacrifícios ao Senhor comerão as ofertas santíssimas. E, porque as salas são santas, serão usadas para guardar as ofertas sagradas: as ofertas de cereal, as ofertas pelo pecado e as ofertas pela culpa. 14Quando os sacerdotes saírem do Santuário, não irão diretamente para o pátio externo. Primeiro, removerão as roupas que usaram enquanto serviam no Templo, pois elas são santas. Vestirão outras roupas antes de entrar nas dependências abertas para o povo” (NVT).

Profeta Ezequiel: As Medidas da Área do Templo (Alusão a Era Messiânica)

(Ez 42.15-20) 15Quando acabou de medir por dentro a área do Templo, o homem me fez sair pelo portão do lado leste e então mediu a área por fora. 16Com a vara de medir, ele mediu o lado leste: Tinha duzentos e cinquenta metros (NTLH). 17Mediu o lado norte, e também tinha duzentos e cinquenta metros. 18O lado sul tinha duzentos e cinquenta metros, 19e o lado oeste também tinha duzentos e cinquenta metros (NVT). 20Assim ele mediu a área nos quatro lados. Em torno dela havia um muro de duzentos e cinquenta metros de comprimento e duzentos e cinquenta metros de largura, para separar o santo do comum (NVI).

Profeta Ezequiel: A Glória de Deus enche o Templo (Alusão a Era Messiânica)

(Ez 43.1-3) 1O homem me levou até o portão do lado leste (NTLH), 2e eis que, do lado leste, vinha a glória do Deus de Israel. A sua voz era como o som de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da sua glória (NAA). 3A visão que tive era como a que eu tinha tido quando ele veio destruir a cidade e como as que eu tinha tido junto ao rio Quebar; e eu me prostrei, rosto em terra (NVI).

(Ez 43.4-9) 4A glória do Senhor passou pelo portão do lado leste e entrou no Templo (NTLH). 5Então o Espírito me pôs em pé e me levou ao pátio interno, e a glória do Senhor encheu o Templo (NVT). 6Enquanto o homem estava ao meu lado, ouvi alguém falando comigo de dentro do Templo (NVI). 7O Senhor me disse: “Filho do homem, este é o lugar de meu trono e o lugar onde descanso meus pés. Habitarei aqui para sempre no meio do povo de Israel. Eles e seus reis nunca mais profanarão meu santo nome ao cometer adultério adorando outros deuses ou ao honrar relíquias de seus reis que morreram. 8Puseram os altares de seus ídolos ao lado de meu altar, com apenas uma parede entre mim e eles. Profanaram meu santo nome com esse pecado detestável, por isso os consumi em minha ira (NVT). 9Agora, que afastem de mim a sua prostituição e os seus ídolos sem vida de seus reis, e eu viverei entre eles para sempre” (NVI).

(Ez 43.10-12) 10“Filho do homem, descreva para o povo de Israel o templo que lhe mostrei, para que eles se envergonhem de todos os seus pecados. Que eles estudem a planta do Templo 11e fiquem envergonhados de tudo que fizeram. Descreva-lhes todas as especificações do Templo, incluindo as entradas e saídas, e todos os outros detalhes. Fale de seus decretos e suas Leis. Escreva todas essas especificações e todos esses decretos diante do povo, para que se lembrem deles e lhes obedeçam (NVT). 12Esta é a Lei do Templo: no alto do monte, todo o terreno ao redor será santíssimo. Eis que esta é a Lei do Templo” (NAA).

Profeta Ezequiel: O Altar dos Holocaustos (Alusão a Era Pós-Exílica)

(Ez 43.13-17) 13Seguem as medidas do altar, usando-se as mesmas que foram usadas para medir o Templo. Na base do altar, em toda a volta, havia uma valeta de meio metro de fundura por meio metro de largura. Do lado de fora havia uma beirada de vinte e cinco centímetros de altura. 14A parte mais baixa do altar tinha um metro de altura. A parte do meio media dois metros de altura e estava afastada meio metro da beirada, em toda a volta. A parte de cima também estava afastada meio metro da beirada, em toda a volta (NTLH). 15A fornalha do altar tem dois metros de altura, e quatro pontas se projetam dela para cima (NVI). 16A parte de cima do altar era quadrada, medindo seis metros de cada lado. 17A parte do meio também era quadrada, medindo sete metros de cada lado. Em volta dela havia uma beirada de vinte e cinco centímetros de altura. A valeta media meio metro de largura. Os degraus do altar ficavam no lado leste (NTLH).

Profeta Ezequiel: A Consagração do Altar (Alusão a Era Pós-Exílica)

(Ez 43.18-21) 18Então ele me disse: “Filho do homem, assim diz o Senhor Deus: ‘São estas as determinações do altar, no dia em que o fizerem, para oferecerem sobre ele holocaustos e para sobre ele aspergirem sangue: 19Aos sacerdotes levitas, que são da descendência de Zadoque, que se aproximam de mim’, diz o Senhor Deus, ‘para me servirem, você dará um novilho para oferta pelo pecado (NAA). 20Você pegará um pouco do sangue do novilho e o aplicará aos quatro chifres do altar, aos quatro cantos da borda superior e à saliência em volta da borda. Com isso, purificará o altar e fará expiação por ele. 21Em seguida, pegará o novilho para a oferta pelo pecado e o queimará no lugar indicado, fora da área do Templo’” (NVT).

(Ez 43.22-24) 22“No segundo dia, apresentará como oferta pelo pecado um bode sem defeito. Em seguida, purificará o altar e fará expiação por ele novamente, como fez com o novilho. 23Quando tiver terminado a cerimônia de purificação, apresentará outro novilho sem defeito e um carneiro perfeito do rebanho. 24Você os oferecerá ao Senhor, e os sacerdotes espalharão sal sobre eles e os apresentarão como holocausto ao Senhor” (NVT).

(Ez 43.25-27) 25“Todos os dias, por sete dias, você apresentará um bode, um novilho e um carneiro do rebanho como oferta pelo pecado. Nenhum desses animais deve ter qualquer defeito. 26Fará isso todos os dias, por sete dias, para purificar o altar e fazer expiação por ele e, desse modo, separá-lo para o uso sagrado. 27No oitavo dia, e a cada dia depois disso, os sacerdotes oferecerão no altar os holocaustos e as ofertas de paz do povo. Então eu aceitarei vocês. Eu, o Senhor Soberano, falei!” (NVT).

Profeta Ezequiel: O Portão Leste Fechado (Alusão a Era Pós-Exílica)

(Ez 44.1-3) 1Depois disso, o homem me levou de volta à porta leste no muro externo do Templo, mas ela estava fechada. 2Então o Senhor me disse: “Esta porta deve permanecer fechada; nunca mais será aberta. Ninguém jamais a abrirá nem passará por ela, pois o Senhor, o Deus de Israel, entrou por ela. Portanto, permanecerá sempre fechada. 3Somente o príncipe pode sentar-se junto a essa entrada para comer na presença do Senhor. Mas só pode entrar e sair pelo pórtico da entrada” (NVT).

Profeta Ezequiel: Reformas no Ministério do Santuário (Alusão a Era Pós-Exílica)

(Ez 44.4-5) 4Então o homem me levou para a frente do Templo, passando pela porta norte. Olhei e vi a glória do Senhor encher o Templo do Senhor, e prostrei-me com o rosto no chão. 5Então o Senhor me disse: “Filho do homem, preste atenção. Use seus olhos e seus ouvidos e escute atentamente tudo que lhe digo acerca das regras no Templo do Senhor. Observe com atenção os procedimentos para o uso das entradas e saídas do Templo” (NVT).

(Ez 44.6-9) 6“Diga aos rebeldes, à casa de Israel: Assim diz o Senhor Deus: ‘Basta de todas essas suas abominações, ó casa de Israel! (NAA) 7Vocês trouxeram estrangeiros incircuncisos para dentro de meu Santuário, gente incircuncisa de corpo e coração. Com isso, profanaram meu Templo enquanto me ofereciam comida, a gordura e o sangue dos sacrifícios. Além de todos os seus outros pecados detestáveis, vocês quebraram minha aliança. 8Em vez de guardar minhas ordens sobre as coisas sagradas, contrataram estrangeiros para realizar o serviço de meu Santuário’”. 9Portanto, assim diz o Senhor Soberano: “Nenhum estrangeiro, nem mesmo aqueles que vivem no meio do povo de Israel, entrará em meu Santuário se não tiver sido circuncidado, de corpo e coração” (NVT).

Profeta Ezequiel: Orientação nos Serviços do Templo (Alusão a Era Pós-Exílica)

(Ez 44.10-14) 10“Os levitas, porém, que se afastaram de mim quando Israel se desviou, que se desviaram de mim, para ir atrás dos seus ídolos, levarão sobre si a sua iniquidade. 11Contudo, eles poderão servir no meu Santuário como guardas dos portões e ministros do Templo. Eles matarão os animais do holocausto e do sacrifício para o povo e estarão diante do povo para o servir. 12Mas, porque serviram o povo na presença dos seus ídolos e puseram diante da casa de Israel um tropeço que os levou a cair em iniquidade, por isso, jurei a respeito deles”, diz o Senhor Deus, “que eles levarão sobre si a sua iniquidade. 13Não se aproximarão de mim, para me servirem no sacerdócio, nem se aproximarão de nenhuma de todas as minhas coisas sagradas, que são santíssimas, mas levarão sobre si a sua vergonha e as suas abominações que cometeram (NAA). 14Cuidarão do Templo e serão encarregados do trabalho de manutenção e dos serviços gerais” (NVT).

Profeta Ezequiel: Os Deveres dos Sacerdotes (Alusão a Era Pós-Exílica)

(Ez 44.15-16) 15“Contudo, os sacerdotes levitas da família de Zadoque continuaram a servir fielmente no Templo quando Israel me abandonou. Eles me servirão; estarão em minha presença e oferecerão a gordura e o sangue dos sacrifícios”, diz o Senhor Soberano (NVT). 16“Só eles entrarão em meu Santuário e se aproximarão da minha mesa para ministrar diante de mim e realizar o meu serviço” (NVI).

(Ez 44.17-19) 17“Quando entrarem pelos portões do átrio interior, usarão vestes de linho. Não deverão usar nada feito de lã, quando servirem nos portões do átrio interior ou dentro do Templo (NAA). 18Usarão turbantes de linho e as roupas de baixo de linho. Nunca vestirão roupas que os façam transpirar. 19Quando voltarem ao pátio externo, onde o povo está, removerão as vestes que usam enquanto me servem. Deixarão essas vestes nas salas sagradas e vestirão outras roupas, a fim de não colocar ninguém em perigo ao consagrá-lo indevidamente por meio das vestes” (NVT).

(Ez 44.20-22) 20“Não rasparão a cabeça nem deixarão o cabelo comprido demais; antes, o manterão aparado (NVT). 21Nenhum sacerdote beberá vinho quando entrar no pátio interno (NVI). 22O sacerdote não se casará nem com viúva nem com mulher divorciada, mas somente com uma virgem da linhagem da casa de Israel ou com a viúva de um sacerdote” (NAA).

(Ez 44.23-24) 23“Os sacerdotes ensinarão o meu povo a distinguir entre o santo e o profano e lhe darão entendimento quanto à diferença entre o impuro e o puro (NAA). 24Servirão como juízes para resolver desentendimentos entre membros de meu povo. Suas decisões serão baseadas em meus estatutos. E eles mesmos obedecerão às minhas instruções e aos meus decretos em todas as Festas Sagradas e se certificarão de que meu Shabath seja separado como dias santos” (NVT).

(Ez 44.25-27) 25“O sacerdote não deverá se contaminar por se aproximar de uma pessoa morta, a menos que seja seu pai, sua mãe, seu filho, sua filha, seu irmão ou sua irmã não casada. Nesses casos, será permitido que se torne impuro. 26Mesmo assim, só poderá retomar seus deveres no Templo depois de se purificar cerimonialmente e esperar sete dias. 27No primeiro dia em que voltar ao trabalho e entrar no pátio interno e no Santuário, apresentará uma oferta pelo pecado por si mesmo”, diz o Senhor Soberano (NVT).

(Ez 44.28-31) 28“Os sacerdotes não terão propriedades nem porção alguma de terra, pois eu sou sua herança. 29Seu alimento virá das ofertas e dos sacrifícios que os israelitas trouxerem para o Templo: as ofertas de cereal, as ofertas pelo pecado e as ofertas pela culpa. Tudo que for consagrado para o Senhor pertencerá aos sacerdotes (NVT). 30O melhor de todos os primeiros frutos de toda espécie e toda oferta de toda espécie serão dos sacerdotes. Também a primeira parte do cereal moído vocês darão aos sacerdotes, para que façam repousar a bênção sobre a casa de vocês (NAA). 31Os sacerdotes não comerão carne de qualquer ave ou animal que morrer de causas naturais ou que for morto por outro animal” (NVT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.