• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 264

264º Dia – 21 de Setembro

POVO DE JUDÁ E O IMPÉRIO PERSA

CIDADE DE JERUSALÉMSALMOSPromessa de Vida Futura aos Piedosos

(Sl 112.1-4) 1Aleluia! Bem-aventurado é aquele que teme o Senhor e tem grande prazer nos seus mandamentos. 2A sua descendência será poderosa na terra; a geração dos justos será abençoada. 3Na sua casa há prosperidade e riqueza, e a sua justiça permanece para sempre (NAA). 4A luz raia nas trevas para o íntegro, para quem é misericordioso, compassivo e justo (NVI).

(Sl 112.5-10) 5Feliz é o homem que empresta com generosidade e que com honestidade conduz os seus negócios. 6O justo jamais será abalado; para sempre se lembrarão dele. 7Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor. 8O seu coração está seguro e nada temerá. No final, verá a derrota dos seus adversários. 9Reparte generosamente com os pobres; a sua justiça dura para sempre; seu poder será exaltado em honra (NVI). 10O perverso verá isso e ficará furioso, rangerá os dentes de raiva e desaparecerá; seus desejos serão frustrados (NVT).

SALMOSQuem Há Semelhante ao nosso Deus?

(Sl 113.1-3) 1Aleluia! Louvem, ó servos do Senhor, louvem o nome do Senhor. 2Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre (NAA).

(Sl 113.4-6) 3Do nascimento do sol até o momento em que se põe, louvado seja o nome do Senhor (NAA). 4O Senhor está exaltado acima de todas as nações; e acima dos céus está a sua glória (NVI). 5Quem é semelhante ao Senhor, nosso Deus, cujo trono está nas alturas, 6que se inclina para ver o que se passa no céu e sobre a terra? (NAA)

(Sl 113.7-9) 7Ele levanta o pobre do pó e tira o necessitado do monte de lixo, 8para o fazer sentar ao lado dos príncipes, sim, com os príncipes do seu povo. 9O Senhor faz com que a mulher estéril viva em família e seja alegre mãe de filhos. Aleluia! (NAA)

SALMOSAs Maravilhas do Êxodo

(Sl 114.1-2) 1Quando Israel saiu do Egito, e a casa de Jacó, do meio de um povo de língua estranha, 2Judá se tornou o Santuário do Senhor, e Israel, o seu domínio (NAA).

(Sl 114.3-6) 3O mar viu isso e fugiu; o Jordão recuou. 4Os montes saltaram como carneiros, e as colinas, como cordeiros do rebanho. 5O que lhe aconteceu, ó mar, para que você fugisse assim? E você, Jordão, por que recuou? 6Montes, por que estão saltando como carneiros? E vocês, colinas, como cordeiros do rebanho? (NAA)

(Sl 114.7-8) 7Estremeça, ó terra, na presença do Senhor, na presença do Deus de Jacó. 8Ele transformou a rocha em açude; sim, do rochedo fez nascer uma fonte de água (NVT).

SALMOSAções de Graças

(Sl 116.1-2) 1Amo o Senhor, porque ele ouve a minha voz e as minhas súplicas. 2Porque inclinou para mim os seus ouvidos, eu o invocarei por toda a minha vida (NAA).

(Sl 116.3-4) 3Laços de morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; fiquei aflito e triste (NAA). 4Então clamei pelo nome do Senhor: “Livra-me, Senhor!” (NVI)

(Sl 116.5-6) 5Compassivo e justo é o Senhor; o nosso Deus é misericordioso (NAA). 6O Senhor protege os simples; quando eu já estava sem forças, ele me salvou (NVI).

(Sl 116.7-9) 7Retorne ao seu descanso, ó minha alma, porque o Senhor tem sido bom para você! 8Pois o Senhor me livrou da morte, os meus olhos, das lágrimas e os meus pés, de tropeçar (NVI). 9Por isso, andarei na presença do Senhor enquanto viver aqui na terra (NVT).

(Sl 116.10-11) 10Eu cri, ainda que tenha dito: “Estou muito aflito”. 11Em pânico eu disse: “Ninguém merece confiança” (NVI).

(Sl 116.12-14) 12Que darei ao Senhor por todos os seus benefícios para comigo? (NAA) 13Erguerei o cálice da salvação e invocarei o nome do Senhor. 14Cumprirei para com o Senhor os meus votos, na presença de todo o seu povo (NVI).

(Sl 116.15-19) 15Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos. 16Senhor, eu sou de fato teu servo; eu sou teu servo, filho da tua serva; quebraste as correntes que me prendiam. 17A ti oferecerei sacrifícios de ações de graças e invocarei o nome do Senhor (NAA). 18Cumprirei para com o Senhor os meus votos, na presença de todo o seu povo (NVI), 19nos átrios da Casa do Senhor, em seu meio, ó Jerusalém. Aleluia! (NAA)

SALMOSA Fidelidade do Senhor Permanece para Sempre

(Sl 117.1-2) 1Louvem o Senhor, todas as nações; exaltem-no, todos os povos! (NVI) 2Porque grande é a sua misericórdia para conosco, e a fidelidade do Senhor dura para sempre. Aleluia! (NAA)

Profeta Zacarias: A Sentença sobre Diversos Povos

(Zc 9.1-2) 1A sentença pronunciada pelo Senhor é contra a terra de Hadraque e repousa sobre Damasco, porque o Senhor põe os olhos sobre a humanidade e sobre todas as tribos de Israel (NAA), 2e também sobre Hamate que faz fronteira com Damasco, e sobre Tiro e Sidom, embora sejam muito sábias (NVI).

(Zc 9.3-5) 3“Tiro construiu para si uma fortaleza; acumulou prata como pó, e ouro como lama das ruas. 4Mas o Senhor se apossará dela e lançará no mar suas riquezas, e ela será consumida pelo fogo. 5Ao ver isso Ascalom ficará com medo; Gaza também se contorcerá de agonia, assim como Ecrom, porque a sua esperança fracassou. Gaza perderá o seu rei, e Ascalom ficará deserta” (NVI).

(Zc 9.6-8) 6“Um povo bastardo ocupará Asdode, e assim eu acabarei com o orgulho dos filisteus (NVI). 7Arrancarei de sua boca a carne com sangue e de seus dentes tirarei os detestáveis sacrifícios”. Então os filisteus que sobreviverem adorarão o nosso Deus e se tornarão uma nova família em Judá. “Os filisteus de Ecrom se unirão ao meu povo, como fizeram em outros tempos os jebuseus. 8Guardarei meu Templo e o protegerei de exércitos invasores. Nunca mais estrangeiros opressores invadirão a terra de meu povo, pois agora eu a vigio de perto” (NVT).

Profeta Zacarias: O Rei vem de Sião (Alusão ao 1º Advento de Jesus)

(Zc 9.9-10) 9“Alegre-se muito, ó filha de Sião! Exulte, ó filha de Jerusalém! Eis que o seu rei vem até você, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta. 10Destruirei os carros de guerra de Efraim e os cavalos de Jerusalém; os arcos de guerra serão destruídos. Ele anunciará paz às nações; o seu domínio se estenderá de mar a mar e desde o Eufrates até os confins da terra” (NAA).

(Zc 9.11-13) 11Quanto a você, Sião, por causa do sangue da minha aliança com você, tirei os seus cativos da cova em que não havia água. 12Voltem para a fortaleza, ó prisioneiros da esperança! Também hoje anuncio que lhes restituirei tudo em dobro (NAA). 13Quando eu curvar Judá como se curva um arco e usar Efraim como flecha, levantarei os filhos de Sião contra os filhos da Grécia, e farei você semelhante à espada de um guerreiro” (NVI).

(Zc 9.14-17) 14O Senhor aparecerá sobre seu povo; suas flechas sairão como relâmpagos! O Senhor Soberano tocará a trombeta e atacará como um redemoinho vindo do sul (NVT). 15O Senhor dos Exércitos protegerá o seu povo. Eles engolirão os inimigos e pisarão nas pedras atiradas com as fundas. Também beberão o sangue deles como se fosse vinho; eles se encherão como as bacias do sacrifício e ficarão ensopados como os cantos do altar (NAA). 16Naquele dia o Senhor, o seu Deus, os salvará como rebanho do seu povo, e como joias de uma coroa brilharão em sua terra (NVI). 17Ah, como serão belos e maravilhosos! A fartura de trigo dará vigor aos rapazes, e o vinho novo fará florescer as moças (NVT).

Profeta Zacarias: Deus Abençoará Judá e Israel

(Zc 10.1-2) 1Peça ao Senhor a chuva de primavera, pois, é o Senhor quem faz o trovão, quem manda a chuva e lhes dá as plantas do campo (NVI). 2Os ídolos do lar dão conselhos inúteis, os adivinhadores só predizem mentiras, e os que interpretam sonhos proclamam falsidades que não trazem nenhuma consolação. Por isso meu povo anda sem rumo, como ovelhas perdidas que não têm pastor (NVT).

(Zc 10.3-5) 3É contra os pastores que se acendeu a minha ira; castigarei os bodes que vão adiante do rebanho”. Mas o Senhor dos Exércitos cuidará do seu rebanho, a casa de Judá, e fará dela o seu majestoso cavalo na batalha. 4De Judá sairá a pedra angular; dele, a estaca da tenda; dele, o arco de guerra; dele sairão todos os chefes juntos. 5E serão como valentes que, na batalha, pisam aos pés os seus inimigos na lama das ruas. Lutarão, porque o Senhor está com eles, e envergonharão os que andam montados em cavalos (NAA).

(Zc 10.6-7) 6Assim, eu fortalecerei a tribo de Judá e salvarei a casa de José. Eu os restaurarei porque tenho compaixão deles. Eles serão como se eu nunca os tivesse rejeitado, porque eu sou o Senhor, o Deus deles, e lhes responderei” (NVI). 7Os de Efraim serão como um valente, e o seu coração se alegrará como se tivessem bebido vinho; os seus filhos verão isso e se alegrarão; o seu coração exultará no Senhor (NAA).

(Zc 10.8-12) 8Eu lhes assobiarei e os reunirei, porque já os remi; eles se multiplicarão como antes tinham se multiplicado. 9Embora eu os tenha espalhado entre os povos, eles se lembram de mim em lugares distantes; continuarão vivos com os seus filhos e voltarão. 10Porque eu os farei voltar da terra do Egito e os congregarei da Assíria. Eu os trarei à terra de Gileade e ao Líbano, e não haverá lugar para todos. 11Passarão pelo mar de angústia, serão feridas as ondas do mar, e todas as profundezas do Nilo se secarão. Então será derrubado o orgulho da Assíria, e o cetro do Egito será removido. 12Eu os fortalecerei no Senhor, e eles andarão no  meu nome”, diz o Senhor (NAA).

(Zc 11.1-3) 1Abra as suas portas, ó Líbano, para que o fogo consuma os seus cedros. 2Chorem, ciprestes, porque os cedros caíram, porque as mais excelentes árvores foram destruídas. Chorem, carvalhos de Basã, porque a densa floresta foi derrubada (NAA). 3Ouçam o gemido dos pastores; os seus formosos pastos foram desvastados. Ouçam o rugido dos leões; pois a rica floresta do Jordão foi destruída (NVI).

Profeta Zacarias: A Parábola do Bom Pastor

(Zc 11.4-6) 4Assim diz o Senhor, meu Deus: “Apascente as ovelhas destinadas para o matadouro. 5Aqueles que as compram matam-nas e não são punidos; os que as vendem dizem: ‘Louvado seja o Senhor! Ficamos ricos!’ E os pastores das ovelhas não se compadecem delas (NAA). 6Da mesma forma, não terei compaixão dos habitantes desta terra”, diz o Senhor. “Eu os entregarei nas mãos uns dos outros e nas mãos de seu rei. Eles devastarão a terra, e eu não os livrarei” (NVT).

(Zc 11.7-9) 7Apascentai, pois, as ovelhas destinadas para a matança, as pobres ovelhas do rebanho. Tomei para mim duas varas: a uma chamei “Graça”, e à outra, “União”; e apascentei as ovelhas (ARA). 8Num só mês, acabei com seus três pastores. Contudo, perdi a paciência com as ovelhas, e elas também me odiaram. 9Então eu lhes disse: “Não serei mais seu pastor. Não me importarei se morrerem ou se forem devoradas. E, aquelas que restarem, comam a carne umas das outras!” (NVT)

(Zc 11.10-12) 10Peguei o cajado chamado “Graça” e o quebrei, para anular a minha aliança, que eu havia feito com todos os povos. 11Portanto, a aliança foi anulada naquele dia. E os negociantes de ovelhas, que estavam me observando, reconheceram que isto era palavra do Senhor. 12Eu lhes disse: “Se estiverem de acordo, paguem o meu salário; se não, deixem por isso mesmo”. Então pesaram o meu salário: trinta moedas de prata (NAA).

(Zc 11.13-14) 13Então o Senhor me disse: “Pegue esse dinheiro, esse magnífico preço em que fui avaliado por eles, e jogue para o oleiro”. Peguei as trinta moedas de prata e as joguei para o oleiro, na Casa do Senhor. 14Depois, quebrei o segundo cajado, chamado “União”, para romper a irmandade entre Judá e Israel (NAA).

Profeta Zacarias: A Parábola do Pastor Insensato

(Zc 11.15-17) 15O Senhor me disse: “Agora pegue os apetrechos de um pastor insensato. 16Porque eis que eu levantarei na terra um pastor que não cuidará das ovelhas que estão perecendo, não buscará a desgarrada, não curará a que foi ferida, nem apascentará a sã, mas comerá a carne das ovelhas gordas e arrancará até os cascos delas. 17Ai do pastor inútil, que abandona o rebanho! A espada cairá sobre o seu braço e sobre o seu olho direito; o braço ficará completamente seco, e o olho direito totalmente cego” (NAA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.