• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 362

362º Dia – 28 de Dezembro

O NOVO TESTAMENTO

ILHA DE PATMOS – Continuação de APOCALIPSE  DE JOÃO

Explicações Preliminares – A Queda de Satanás

(Ap 12.7-9) 7Houve então uma guerra nos céus. Miguel e seus anjos lutaram contra o Dragão, e o Dragão e os seus anjos revidaram (NVI). 8O Dragão perdeu a batalha, e ele e seus anjos foram expulsos do céu (NVT). 9E foi expulso o grande Dragão, a antiga Serpente, que se chama Diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos (ARA).

Explicações Preliminares – Tentativa de Impedir o Nascimento e a Ressurreição de Jesus

(Ap 12.1-2) 1Apareceu no céu um sinal extraordinário: Uma mulher vestida do sol, com a lua debaixo dos seus pés e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça. 2Ela estava grávida e gritava de dor, pois estava para dar à luz (NVI).

(Ap 12.3-4) 3Então apareceu no céu outro sinal: Um enorme Dragão vermelho com sete cabeças e dez chifres, tendo sobre as cabeças sete coroas. 4Sua cauda arrastou consigo um terço das estrelas do céu, lançando-as na terra. O Dragão pôs-se diante da mulher que estava para dar à luz, para devorar o seu filho no momento em que nascesse (NVI).

(Ap 12.5-6) 5A mulher deu à luz um filho, que governará todas as nações com cetro de ferro, e ele foi arrebatado para junto de Deus e de seu trono (NVT). 6A mulher fugiu para o deserto, para um lugar que lhe havia sido preparado por Deus, para que ali a sustentassem durante mil duzentos e sessenta dias (NVI).

Explicações Preliminares – A Ressurreição de Jesus Desabilitou o Acesso de Satanás aos Céus

(Ap 12.10-12) 10Então ouvi uma forte voz do céu que dizia: “Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite. 11Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do testemunho que deram; diante da morte, não amaram a própria vida . 12Portanto, celebrem, ó céus, e os que neles habitam! Mas, ai da terra e do mar, pois o Diabo desceu até vocês! Ele está cheio de fúria, pois sabe que lhe resta pouco tempo” (NVI).

O Céu Eterno, os Anciãos e os Seres Viventes

(Ap 4.1) 1Depois dessas coisas olhei, e diante de mim estava uma porta aberta no céu. A voz que eu tinha ouvido no princípio, falando comigo como trombeta, disse: “Suba para cá, e mostrarei a você o que deve acontecer depois dessas coisas” (NVI).

(Ap 4.2-4) 2Imediatamente me vi tomado pelo Espírito, e diante de mim estava um trono no céu e nele estava assentado alguém (NVI). 3Aquele que estava sentado no trono brilhava como pedras preciosas, como jaspe e sardônico. Um arco-íris, com brilho semelhante ao da esmeralda, circundava seu trono (NVT). 4Ao redor do trono havia também vinte e quatro tronos, e neles estavam sentados vinte e quatro anciãos, vestidos de branco e com coroas de ouro na cabeça (NAA).

(Ap 4.5-6) 5Do trono saíam relâmpagos, vozes e trovões. Diante dele estavam acesas sete lâmpadas de fogo, que são os sete espíritos de Deus. 6Também diante do trono havia algo parecido com um mar de vidro, claro como cristal. No centro, ao redor do trono, havia quatro seres viventes cobertos de olhos, tanto na frente como atrás (NVI).

(Ap 4.7-8) 7O primeiro ser vivente era semelhante a um leão, o segundo era semelhante a um novilho, o terceiro tinha o rosto semelhante ao de ser humano e o quarto ser vivente era semelhante a águia quando está voando (NAA). 8Cada um desses quatro seres vivos tinha seis asas, que estavam cobertas de olhos nos dois lados. E dia e noite não paravam de cantar assim: “Santo, santo, santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, que é e que há de vir” (NTLH).

(Ap 4.9-11) 9Sempre que esses seres viventes davam glória, honra e ações de graças ao que está sentado no trono, ao que vive para todo o sempre, 10os vinte e quatro anciãos se prostravam diante daquele que está sentado no trono, adoravam o que vive para todo o sempre e depositavam as suas coroas diante do trono, proclamando: 11O Senhor é digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque criou todas as coisas e por tua vontade elas vieram a existir e foram criadas” (NAA).

O Cordeiro de Deus e o Livro Selado

(Ap 5.1-3) 1Vi, na mão direita daquele que estava sentado no trono, um livro em forma de rolo escrito por dentro e por fora, e selado com sete selos. 2Vi, também, um anjo forte, que proclamava com voz forte: “Quem é digno de quebrar os selos e abrir o livro?” 3Ora, nem no céu, nem sobre a terra, nem debaixo da terra, ninguém podia abrir o livro, nem mesmo olhar para ele (NAA).

(Ap 5.4-7) 4E eu chorava muito, porque ninguém foi achado digno de abrir o livro, nem mesmo de olhar para ele. 5Então um dos anciãos me disse: “Não chore! Eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para quebrar os sete selos e abrir o livro”. 6Então vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes e entre os anciãos, em pé, um Cordeiro que parecia que tinha sido morto. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados por toda a terra (NAA). 7Ele se aproximou e recebeu o livro da mão direita daquele que estava assentado no trono (NVI).

A Cúpula Celeste Adora o Cordeiro

(Ap 5.8-10) 8E, quando ele pegou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos se prostraram diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos (NAA), 9e eles cantavam um cântico novo: “O Senhor é digno de receber o livro e de abrir os seus selos, pois foi morto, e com teu sangue comprou para Deus homens de toda tribo, língua, povo e nação. 10O Senhor os constituiu reino e sacerdotes para o nosso Deus, e eles reinarão sobre a terra” (NVI).

Os Seres Celestiais Adoram o Cordeiro

(Ap 5.11-12) 11Então olhei e ouvi a voz de muitos anjos, milhares de milhares e milhões de milhões. Eles rodeavam o trono, bem como os seres viventes e os anciãos, 12e cantavam em alta voz: “Digno é o Cordeiro que foi morto de receber poder, riqueza, sabedoria, força, honra, glória e louvor!”

Toda a Criação, Inclusive a Igreja Redimida Adoram ao Cordeiro

(Ap 5.13-14) 13Depois ouvi todas as criaturas existentes no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, e tudo o que neles há, que diziam: “Àquele que está assentado no trono e ao Cordeiro sejam o louvor, a honra, a glória e o poder, para todo o sempre!” (NVI) 14E os quatro seres viventes respondiam: “Amém!” Também os anciãos se prostraram e adoraram (NAA).

Os Sete Selos – Começa Tribulação

1º Selo: O Evangelho Continua a Ser Anunciado

(Ap 6.1-2) 1Vi quando o Cordeiro quebrou o primeiro dos sete selos e ouvi um dos quatro seres viventes dizendo, como se fosse som de trovão: “Venha!” 2Vi, então, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro tinha um arco, e foi-lhe dada uma coroa (autoridade e poder). E ele saiu vencendo e para vencer (NAA).

Perseguição à Mulher: Satanás se Volta Contra Israel

(Ap 12.13-14) 13Quando o Dragão foi lançado à terra, começou a perseguir a mulher que dera à luz o menino (NVI). 14Ela, porém, recebeu duas asas como as de uma grande águia, para que voasse ao lugar preparado para ela no deserto. Ali, será sustentada e protegida da Serpente durante um tempo, tempos e metade de um tempo (NVT).

(Ap 12.15-17) 15Então, a Serpente lançou da boca água como um rio atrás da mulher, a fim de fazer com que ela fosse arrastada pelas águas (NAA). 16A terra, porém, ajudou a mulher, abrindo a boca e engolindo o rio que o Dragão fizera jorrar da sua boca (NVI). 17O Dragão se enfureceu com a mulher e passou a lutar contra o restante de seus filhos, todos os que obedecem aos mandamentos de Deus e se mantêm fiéis no testemunho de Jesus (NVT).

As Duas Testemunhas Diante do Mundo

(Ap 11.3-6) 3“Darei autoridade a minhas duas testemunhas, e elas se vestirão de pano de saco e profetizarão durante mil e duzentos e sessenta dias. 4Essas duas testemunhas são as duas oliveiras e os dois candelabros que estão diante do Senhor de toda a terra (NVT). 5Se alguém quiser causar-lhes dano, da boca deles sairá fogo que devorará os seus inimigos. É assim que deve morrer qualquer pessoa que quiser causar-lhes dano. 6Estes homens têm poder para fechar o céu, de modo que não chova durante o tempo em que estiverem profetizando, e têm poder para transformar a água em sangue e ferir a terra com toda sorte de pragas, quantas vezes desejarem” (NVI).

(Ap 11.7-8) 7Quando tiverem concluído seu testemunho, a Besta que vem do abismo lutará contra elas, e ela as vencerá e as matará (NVT). 8E os seus cadáveres ficarão estirados na praça da grande cidade que, espiritualmente, se chama Sodoma e Egito, onde também o seu Senhor foi crucificado” (NAA).

(Ap 11.9-11) 9“Então, muitos dentre os povos, tribos, línguas e nações contemplarão os cadáveres das duas testemunhas, por três dias e meio, e não permitirão que esses cadáveres sejam sepultados. 10Os que habitam sobre a terra se alegrarão por causa da morte dessas duas testemunhas, realizarão festas e enviarão presentes uns aos outros, porque esses dois Profetas atormentaram  os que moram sobre a terra (NAA). 11Mas, depois dos três dias e meio, entrou neles um sopro de vida da parte de Deus, e eles ficaram em pé, e um grande terror tomou conta daqueles que os viram ” (NVI).

(Ap 11.12-13) 12Então uma forte voz do céu disse aos dois: “Subam aqui!”. E eles subiram ao céu numa nuvem, sob o olhar de seus inimigos (NVT). 13Naquela mesma hora houve um forte terremoto, e um décimo da cidade ruiu. Sete mil pessoas foram mortas no terremoto; os sobreviventes ficaram aterrorizados e deram glória ao Deus dos céus (NVI).

Os 144.000 Selados de Israel

(Ap 7.2-3) 2Vi outro anjo que subia do nascente do sol, tendo o selo do Deus vivo. Ele gritou com voz bem forte aos quatro anjos, aqueles que tinham recebido poder para causar dano à terra e ao mar (NAA): 3“Não danifiquem nem a terra, nem o mar, nem as árvores até que selemos as testas dos servos do nosso Deus”.

(Ap 7.4-8) 4Então ouvi o número dos que foram selados: “Cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos de Israel. 5Da tribo de Judá foram selados doze mil, da tribo de Rúben, doze mil, da tribo de Gade, doze mil, 6da tribo de Aser, doze mil, da tribo de Naftali, doze mil, da tribo de Manassés, doze mil, 7da tribo de Simeão, doze mil, da tribo de Levi, doze mil, da tribo de Issacar, doze mil, 8da tribo de Zebulom, doze mil, da tribo de José, doze mil, da tribo de Benjamim, doze mil (NVI).

A Medição do Templo

(Ap 11.1-2) 1Depois disso, recebi uma vara de medir e me foi dito: “Vá e tire as medidas do Templo de Deus e do altar, e conte o número de adoradores. 2Mas não meça o pátio exterior, porque ele foi entregue às nações. Elas pisotearão a Cidade Santa durante quarenta e dois meses” (NVT).

2ª Selo: Conflitos Militares levam Guerras entras as Nações

(Ap 6.3-4) 3Quando o Cordeiro quebrou o segundo selo, ouvi o segundo ser vivente dizendo: “Venha!” (NAA) 4Então saiu outro cavalo; e este era vermelho. Seu cavaleiro recebeu poder para tirar a paz da terra e fazer que os homens se matassem uns aos outros. E lhe foi dada uma grande espada (NVI).

A Besta que Saiu do Mar – O Anticristo

(Ap 12.18) 18Então o Dragão se colocou em pé na praia, junto ao mar (NVT).

(Ap 13.1-2) 1Então vi sair do mar uma Besta. Tinha dez chifres e sete cabeças, e uma coroa em cada chifre. Em cada cabeça estavam escritos nomes de blasfêmias (NVT). 2A Besta que vi era semelhante a um leopardo, mas tinha pés como os de urso e boca como a de leão. O Dragão deu à Besta o seu poder, o seu trono e grande autoridade (NVI).

(Ap 13.3-4) 3Uma das cabeças da Besta parecia ter sofrido um ferimento mortal, mas o ferimento mortal foi curado. O mundo todo ficou maravilhado e seguiu a Besta. 4Adoraram o Dragão, que tinha dado autoridade à Besta, e também adoraram a Besta, dizendo: “Quem é como a Besta? Quem pode guerrear contra ela?” (NVI)

(Ap 13.5-8) 5À Besta foi dada uma boca para falar palavras arrogantes e blasfemas e lhe foi dada autoridade para agir durante quarenta e dois meses (NVI). 6A Besta abriu a boca em blasfêmias contra Deus, para lhe difamar o nome e difamar o Tabernáculo, a saber, os que habitam no céu (NAA). 7Foi permitido à Besta guerrear contra o povo santo e vencê-lo, e ela recebeu autoridade para governar sobre toda tribo, povo, língua e nação. 8E ela será adorada por todos os que habitam sobre a terra, aqueles que, desde a fundação do mundo, não tiveram os seus nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro que foi morto (NAA).

(Ap 13.9-10) 9“Aquele que tem ouvidos ouça: 10Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá. Se alguém há de ser morto à espada, à espada haverá de ser morto. Aqui estão a perseverança e a fidelidade dos santos’” (NVI).

As 144.000 Testemunhas Israelitas

(Ap 14.1) 1Então vi o Cordeiro em pé no monte Sião, e com ele estavam os cento e quarenta e quatro mil que tinham o nome dele e o nome de seu Pai escritos na testa (NVT).

(Ap 14.2-5) 2Ouvi um som dos céus como o de muitas águas e de um forte trovão. Era como o de harpistas tocando seus instrumentos (NVI). 3Esse grande coral cantava um cântico novo diante do trono de Deus e diante dos quatro seres vivos e dos vinte e quatro anciãos. Ninguém podia aprender o cântico, a não ser os cento e quarenta e quatro mil que haviam sido comprados da terra (NVT). 4Eles se conservaram puros, sem manter relações com mulheres, e seguem o Cordeiro por onde quer que ele vá. Foram comprados dentre os habitantes da terra como oferta especial a Deus e ao Cordeiro (NAA). 5E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis diante do trono de Deus (ARC).

3º Selo: Crise Econômica Mundial gera Fome

(Ap 6.5-6) 5Quando o Cordeiro abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro ser vivente dizer: “Venha!” Olhei, e diante de mim estava um cavalo preto. Seu cavaleiro tinha na mão uma balança (NVI). 6E ouvi uma voz dentre os quatro seres vivos dizer: “Uma medida de trigo ou três medidas de cevada custarão o salário de um dia, mas não desperdice o azeite nem o vinho” (NVT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.