• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 008

8º Dia – 8 de Janeiro

CONTINUAÇÃO DA HISTÓRIA DE JÓ

CENÁRIO HISTÓRICO: A Fala de ZofarZofar Descreve as Calamidades dos Perversos (Aproximadamente 1.967 a.C.)CURIOSIDADES

  • Sem com 450 anos (Filho de Noé)
  • Arfaxade com 350 anos (Neto de Noé)
  • Selá com 315 anos (Bisneto de Noé)
  • Héber com 285 anos (Trineto de Noé)
  • Reú com 221 anos (Triavô de Abraão)
  • Serugue com 189 anos (Bisavô de Abraão)
  • Terá com 130 anos (Pai de Abraão)
  • Harã com 60 anos (Irmão de Abraão)
  • Jó com 60 anos
  • Naor com 30 anos (Irmão de Abraão)
  • Abraão e Ló (Recém-nascidos)

TERRA DE UZ

(Jó 20.1-3) 1Então Zofar, da região de Naamá, em resposta disse (NTLH): 2Meus pensamentos me obrigam a responder, pois eu me sinto inquieto (ACF). 3As suas repreensões são um insulto, mas eu sei dar a resposta certa” (NTLH).

(Jó 20.4-11) 4“Certamente você sabe que sempre foi assim, desde a antiguidade; desde que o homem foi posto na Terra, 5o riso dos maus é passageiro, e a alegria dos ímpios dura apenas um instante. 6Mesmo que o seu orgulho chegue aos céus e a sua cabeça toque as nuvens, 7ele perecerá para sempre, como o seu próprio excremento; os que o tinham visto perguntarão: ‘Onde ele foi parar?’ 8Ele voa e vai-se como um sonho, para nunca mais ser encontrado, banido como uma visão noturna. 9O olho que o viu não o verá mais, nem o seu lugar o tornará a ver (NVI). 10Os seus filhos devolverão aos pobres aquilo que ele roubou, aquilo que ele ganhou desonestamente (NTLH). 11Ainda que os seus ossos estejam cheios do vigor da sua juventude, esse vigor se deitará com ele no pó” (ARA).

(Jó 20.12-22) 12“Ainda que o mal lhe seja doce na boca, e ele o esconda debaixo da língua (ARA), 13mesmo que o retenha na boca para saboreá-lo, 14ainda assim a sua comida azedará no estômago; e será como veneno de cobra em seu interior. 15Ele vomitará as riquezas que engoliu; Deus El fará seu estômago lançá-las fora. 16Sugará veneno de cobra; as presas de uma víbora o matarão. 17Não terá gosto na contemplação dos ribeiros, e dos rios que vertem mel e leite. 18Terá que devolver aquilo pelo que lutou, sem aproveitá-lo, e não desfrutará dos lucros do seu comércio (NVI). 19Porque oprimiu, desamparou os pobres e roubou a casa que não edificou (ARC). 20Certo é que a sua cobiça não lhe trará descanso, e o seu tesouro não o salvará. 21Nada lhe restou para devorar; sua prosperidade não durará muito. 22Em meio à sua fartura, a aflição o dominará; a força total da desgraça o atingirá” (NVI).

(Jó 20.23-29) 23“Mesmo estando ele a encher a sua barriga, Deus mandará sobre ele o ardor da sua ira, e a fará chover sobre ele quando for comer (ACF). 24Se fugir das armas de ferro, o arco de bronze o traspassará (ARA). 25Quando a flecha lhes for arrancada das costas, a ponta brilhará com sangue. O terror da morte virá sobre eles (NVT); 26Todas as calamidades serão reservadas contra os seus tesouros; um fogo não aceso por mãos humanas o consumirá e devorará o que ficar na sua tenda (NAA). 27Os céus manifestarão a sua iniquidade; e a Terra se levantará contra ele. 28As riquezas de sua casa serão levadas embora; como água serão derramadas no dia da ira de Deus (NAA). 29Esse é o destino que Deus Elohym dá aos ímpios, é a herança designada por Deus El para eles” (NVI).

Resposta de Jó à ZofarJó Descreve a Prosperidade dos Perversos

(Jó 21.1-3) 1Então em resposta Jó disse (NTLH): 2“Ouçam o que eu digo! Se ao menos vocês ouvirem, isso já será um alívio para o meu coração (BV). 3Tenham paciência enquanto falo; depois que eu terminar, vocês podem zombar de mim” (NTLH).

(Jó 21.4-6) 4“Não é de nenhum ser humano que me queixo e é por isso que estou tão impaciente (NTLH). 5Olhem para mim e fiquem pasmos, e ponham a mão sobre a boca (NAA). 6Quando penso nisso, fico aterrorizado; todo o meu corpo se põe a tremer” (NVI).

(Jó 21.7-16) 7“Como é que os ímpios continuam vivos, envelhecem e ainda se tornam mais poderosos? (NAA) 8Eles veem os seus filhos estabelecidos ao seu redor, e os seus descendentes diante dos seus olhos. 9Seus lares estão seguros e livres de medo; a vara de Deus Eloah não os vem ferir. 10Seus touros nunca deixam de procriar; suas vacas dão crias e não abortam (NVI). 11Deixam correr suas crianças, como a um rebanho, e seus filhos saltam de alegria; 12cantam com tamboril e harpa e alegram-se ao som da flauta (ARA). 13Passam a vida na prosperidade e descem ao Sheol Sheol é frequentemente utilizado para se referir à sepultura, ao mundo dos mortos ou à região após a morte. É geralmente concebido como um lugar onde as almas dos mortos residem, independentemente de sua justiça ou pecado durante a vida. em paz. 14Contudo, dizem eles a Deus El : ‘Deixa-nos! Não queremos conhecer os teus caminhos. 15Quem é o Todo-Poderoso Shadday , para que o sirvamos? Que vantagem nos dá orar a ele?’ (NVI) 16Acreditam que a prosperidade depende de si mesmos, mas eu quero distância desse modo de pensar” (NVT).

(Jó 21.17-26) 17“Quantas vezes se apaga a lâmpada dos ímpios? Quantas vezes lhes sobrevém a destruição? Quantas vezes Deus, na sua ira, os faz sofrer? (NAA) 18Quantas vezes o vento os leva como palha, e o furacão os arrebata como cisco? (NVI) 19Vocês dizem que Deus Eloah castiga o filho pelos pecados do pai. Mas é o pai que deveria ser castigado para que aprendesse a lição. 20Que o pecador receba o seu próprio castigo, que ele sinta o peso da ira do Todo-Poderoso Shadday ! (NTLH) 21Porque depois de morto, cortado já o número dos seus meses, que interessa a ele a sua casa? (ARA) 22Acaso, alguém ensinará ciência a Deus El , a ele que julga os que estão nos céus? (ARA) 23Um morre na força da sua plenitude, estando inteiramente sossegado e tranquilo (ACF), 24com seus baldes cheios de leite e fresca a medula dos seus ossos (ARA). 25Outro morre em amarga pobreza, sem nunca ter experimentado as coisas boas da vida. 26Ambos, porém, são enterrados no mesmo pó; ambos são comidos pelos mesmos vermes” (NVT).

(Jó 21.27-34) 27“Eu sei bem o que vocês estão pensando e o mau juízo que estão fazendo a meu respeito. 2Vocês estão pensando: ‘Sua casa, Jó, onde está? Onde estão suas riquezas, onde estão seus filhos? Foram destruídos logo, você é um desses perversos de que estamos falando’ (BV). 29Será que vocês não têm conversado com pessoas que viajam? Vocês não têm ouvido as suas histórias? (NTLH) 30Que o mau é poupado da calamidade, e que do dia da ira recebe livramento? (NVI) 31Quem lhe jogará na cara o que ele fez? Quem o fará pagar pelo que fez? (NAA) 32Ele é levado para o cemitério e posto numa sepultura bem guardada (NTLH). 33A terra lhes dá doce repouso, e uma grande multidão acompanha o funeral e presta homenagens enquanto o corpo é sepultado (NVT). 34Por isso, como podem vocês consolar-me com esses absurdos? O que sobra das suas respostas é pura falsidade!” (NVI)

A 3ª Fala de ElifazElifaz Acusa Jó de Grandes Pecados

(Jó 22.1-11) 1Então Elifaz, da região de Temã, em resposta disse (NTLH): 2“Pode o homem ser de algum proveito para Deus El ? Não! O sábio só é útil a si mesmo. 3Será que o Todo-Poderoso Shadday tem interesse em que você seja justo? Será que ele tem algum lucro, se você for perfeito em todos os seus caminhos? (NAA) 4É por tua piedade que te corrige e entra contigo em julgamento? 5Não é antes por tua grande malícia e por tuas inumeráveis culpas? (BJ) 6Sem motivo você exigia penhores dos seus irmãos; você despojava das roupas os que quase nenhuma tinham. 7Você não deu água ao sedento e reteve a comida do faminto (NVI). 8Pensou que a Terra pertencia aos poderosos e que somente os privilegiados tinham direito a ela (NVT). 9Você mandou embora de mãos vazias as viúvas e quebrou a força dos órfãos. 10Por isso está cercado de armadilhas e o perigo repentino o apavora. 11Também por isso você se vê envolto em escuridão que o cega, e o cobrem as águas, em tremenda inundação” (NVI).

(Jó 22.12-20) 12Porventura Deus Eloah não está na altura dos céus? Olha para a altura das estrelas; quão elevadas estão (ACF). 13Você, porém, responde: ‘Por isso Deus El não vê o que faço! Como pode julgar através da densa escuridão?’ (NVT) 14Ele não é capaz de ver o que acontece comigo porque está longe demais, passeando pelo céu afora (BV). 15Será que você quer andar nos caminhos que os maus têm seguido desde os tempos antigos? (NTLH) 16Estes foram levados antes da hora; seus alicerces foram arrastados por uma enchente. 17Eles disseram a Deus El : ‘Deixa-nos! Que é que o Todo-Poderoso Shadday poderá fazer conosco?’ (NVI) 18Foi Deus quem encheu de coisas boas as casas dos maus, porém eu não quero pensar como eles (NTLH). 19Os justos se alegrarão ao ver a destruição dos perversos, e, com desprezo, os inocentes zombarão deles (NVT). 20Certo é que os nossos inimigos foram destruídos, e o fogo devorou a sua riqueza” (NVI).

Elifaz Apela para que Jó se Acerte com Deus

(Jó 22.21-30) 21“Portanto, reconcilie-se com Deus, viva em paz com ele e assim lhe sobrevirá o bem. 22Aceite a instrução que vem da boca de Deus e guarde as palavras dele em seu coração. 23Se você se converter ao Todo-Poderoso Shadday , será restabelecido; se afastar da sua tenda a injustiça (NAA). 24Se abrir mão de sua cobiça por dinheiro e lançar no rio seu ouro precioso (NVT), 25então o Todo-Poderoso Shadday será o seu ouro puro, será a sua prata mais preciosa (NTLH). 26É certo que você achará prazer no Todo-Poderoso Shadday e erguerá o rosto para Deus Eloah (NVI). 27Você fará oração, e Deus o ouvirá; e você pagará os seus votos (NAA). 28Todos os seus planos darão certo e os seus caminhos serão cheios de luz (BV). 29Porque ele abaixa o orgulho dos soberbos e salva o homem de olhar humilde (BJ). 30Livrará até o que não é inocente, que será liberto graças à pureza que há nas suas mãos” (NVI).

Resposta de Jó à ElifazJó Deseja se Apresentar Perante Deus

(Jó 23.1-7) 1Porém em resposta Jó disse (NTLH): 2“Até agora me queixo com amargura; a mão dele é pesada, a despeito de meu gemido (NVI). 3Ah, se eu soubesse onde o poderia achar! Então me chegaria ao seu tribunal (ACF). 4Eu lhe apresentaria a minha causa e encheria a minha boca de argumentos. 5Estudaria o que ele me respondesse e analisaria o que me dissesse (NVI). 6Porventura segundo a grandeza de seu poder contenderia comigo? Não: ‘Ele antes me atenderia’ (ACF). 7Ali, o homem reto apresentaria a sua causa diante dele, e eu me livraria para sempre do meu Juiz” (NAA).

(Jó 23.8-12) 8“Mas, se vou para o Oriente, lá ele não está; se vou para o Ocidente, não o encontro. 9Quando ele está em ação no Norte, não o enxergo; quando vai para o Sul, nem sombra dele eu vejo! (NVI) 10Mas ele sabe o meu caminho; se ele me provasse, sairia eu como o ouro (ARA). 11Meus pés seguiram de perto as suas pegadas; mantive-me no seu caminho, sem desviar-me. 12Não me afastei dos mandamentos dos seus lábios; dei mais valor às palavras de sua boca, do que ao meu pão de cada dia” (NVI).

(Jó 23.13-17) 13“Mas ele decide; quem poderá dissuadi-lo? Tudo o que ele quer, ele o faz (BJ). 14Porque cumprirá o que está ordenado a meu respeito, e muitas coisas como estas ainda tem consigo (ACF). 15Não é de admirar que eu me apavore em sua presença; quando penso nisso, entro em pânico (NVT). 16 Deus El fez desmaiar o meu coração; o Todo-Poderoso Shadday causou-me pavor (NVI). 17E, todavia, não me dou por vencido por estas trevas; ele, porém, cobriu-me o rosto com a escuridão” (BJ).

Jó Contesta Algumas “Aparentes” Injustiças

(Jó 24.1-4) 1“Por que o Todo-Poderoso Shadday não marca as datas para julgamento? Por que aqueles que o conhecem não chegam a vê-las? 2Há os que mudam os marcos dos limites e apascentam rebanhos que eles roubaram (NVI). 3Levam jumentos que pertencem a órfãos e ficam com o boi de uma viúva como garantia de pagamento de empréstimo (NTLH). 4Forçam os necessitados a saírem do caminho e os pobres da Terra a esconder-se” (NVI).

(Jó 24.5-12) 5Como jumentos selvagens no deserto, os pobres vão em busca de comida; da terra deserta a obtêm para os seus filhos (NVI). 6Os pobres precisam trabalhar nas colheitas dos maus e apanham uvas para eles (NTLH). 7Pela falta de roupas, passam a noite nus; não têm com que cobrir-se no frio. 8Encharcados pelas chuvas das montanhas, abraçam-se às rochas por falta de abrigo. 9A criança órfã é arrancada do seio de sua mãe; o recém-nascido do pobre é tomado para pagar uma dívida. 10Por falta de roupas, andam nus; carregam os feixes, mas continuam famintos. 11Espremem azeitonas dentro dos seus muros; pisam uvas nos lagares, mas assim mesmo sofrem sede. 12Sobem da cidade os gemidos dos que estão para morrer, e as almas dos feridos clamam por socorro. Mas Deus Eloah não vê mal nisso” (NVI).

(Jó 24.13-17) 13“Há os que se revoltam contra a luz, não conhecem os caminhos dela e não permanecem em suas veredas. 14De manhã o assassino se levanta e mata os pobres e os necessitados; de noite age como ladrão (NVI). 15O adúltero espera o cair da noite, pois pensa: ‘Ninguém me verá’; esconde o rosto para ninguém o reconhecer. 16Os bandidos arrombam casas à noite e dormem durante o dia; não estão acostumados com a luz (NVT). 17Pois a manhã para todos eles é como sombra de morte; mas os terrores da noite lhes são familiares (ARA).

Jó Reconhece que Deus Está de Olho nos Injustos

(Jó 24.18-25) 18“Vocês dizem: ‘Os perversos são levados rapidamente na superfície das águas; maldita é a porção dos tais na Terra; já não andam pelo caminho das vinhas (ARA). 19Assim como o calor e a seca depressa consomem a neve derretida, assim o Sheol consome os que pecaram (NVI). 20Até as próprias mães se esquecerão deles; os vermes terão prazer em devorar a carne dos desonestos, eles serão derrubados como árvores e ninguém se lembrará deles (BV). 21Afligem a estéril que não dá à luz e à viúva não fazem bem’ (ARC). 22Mas, ao que parece, Deus protege às vezes os perversos com seu poder e os tira de situações difíceis, onde poderiam morrer. 23Eles se acham em segurança e por isso continuam em sua carreira de crimes. Parece que Deus vigia a vida dos perversos para eles não serem atrapalhados em seus planos malvados (BV). 24Por um breve instante são exaltados, e depois se vão; colhidos como todos os demais; ceifados como espigas de cereal. 25Se não é assim, quem poderá provar que minto e reduzir a nada as minhas palavras? (NVI).

A 3ª Fala de BildadeBildade Nega que o Homem Possa Justificar-se Diante de Deus

(Jó 25.1-6) 1Então Bildade, da região de Sua, em resposta disse (NTLH): 2“A Deus pertence o domínio e o poder; ele faz reinar a paz nas alturas celestes (ARA). 3Quem pode contar seu exército celestial? Acaso sua luz não brilha sobre toda a terra? (NVT) 4Como pode então o homem ser justo diante de Deus El ? Como pode ser puro quem nasce de mulher? (NVI) 5Se até a própria lua não brilha e as estrelas não são puras a seus olhos (BJ), 6quanto menos o homem, que é larva, e o filho do homem, que é verme!” (NAA)

Resposta de Jó à BildadeJó Age com Ironia aos Conselhos de Bildade

(Jó 26.1-4) 1Então Jó em resposta disse (NTLH): 2“Grande ajuda você deu aos indefesos! Belo socorro prestou aos fracos! (NVT) 3Belo conselho você ofereceu a quem não é sábio, e que grande sabedoria você revelou! 4Quem o ajudou a proferir essas palavras, e por meio de que espírito você falou?” (NVI)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.