• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 099

99º Dia – 9 de Abril

REINADO DE SAUL SOBRE TODO O ISRAEL

CENÁRIO HISTÓRICO: Fugas de Davi (Aproximadamente 1.028 a.C.) CURIOSIDADES

  • Samuel com 87 anos
  • Saul com 67 anos
  • 46º ano de Samuel como Juiz sobre Israel
  • 37º ano de Saul como rei em Israel
  • Is-Bosete com 37 anos (Filho de Saul)
  • Davi com 27 anos
  • Mefibosete com 2 anos (Filho de Jonatas e Neto de Saul)

CIDADE DE GIBEÁDavi é Traído pelos Moradores de Zife

(1Sm 23.19-24) 19Os habitantes de Zife, porém, foram até Saul em Gibeá e disseram: “Sabemos onde Davi está escondido. Está nas fortalezas de Horesa, na colina de Haquilá, no sul de Jesimom. 20Desça quando estiver preparado, ó rei, e nós apanharemos Davi e o entregaremos em suas mãos!” (NVT). 21Saul respondeu: “O Senhor Yahweh os abençoe por terem compaixão de mim (NVI). 22Vão, agora, e informem-se ainda melhor. Descubram o lugar que ele frequenta e quem o viu ali, porque me foi dito que ele é muito astuto. 23Por isso, prestem bem atenção e informem-se a respeito de todos os esconderijos em que ele se oculta. Voltem para cá com informações seguras, e então eu irei com vocês. Se ele estiver na região, irei procurá-lo entre todos os milhares de Judá” (NAA). 24Os homens de Zife voltaram para casa à frente de Saul. Enquanto isso, Davi e seus homens foram para o deserto de Maom, no vale de Arabá, ao sul de Jesimom.

REGIÃO DE HORESAO Último Encontro entre Davi e Jônatas

(1Sm 23.16-18) 16Então Jônatas, filho de Saul, se levantou e foi falar com Davi, em Horesa, e lhe fortaleceu a confiança em Deus. 17Jônatas disse: “Não tenha medo, porque a mão de Saul, meu pai, não encontrará você. Você será rei de Israel, e eu serei o segundo depois de você, o que também Saul, meu pai, bem sabe” (NAA). 18Então os dois renovaram seu compromisso solene diante do Senhor Yahweh . Depois Jônatas voltou para casa, enquanto Davi ficou em Horesa (NVT).

(1Sm 23.15) 15Quando Davi estava em Horesa, no deserto de Zife, soube que Saul tinha saído para matá-lo (NVI).

SALMOS DE DAVIO Senhor é Quem nos Sustenta

(Escrito quando os moradores da cidade de Zife foram contar a Saul onde Davi estava)

(Sl 54.1-3) 1Salva-me, ó Deus Elohym , pelo teu nome; defende-me pelo teu poder (NVI). 2Escuta, ó Deus Elohym , a minha oração, dá ouvidos às palavras da minha boca (ARA). 3Porque estranhos se levantam contra mim, e tiranos procuram a minha vida; não põem a Deus Elohym perante os seus olhos (ARC).

(Sl 54.4-7) 4Eis que Deus Elohym é o meu ajudador, o Senhor Yahweh é quem me sustenta a vida. 5Ele retribuirá o mal aos meus opressores; por tua fidelidade dá cabo deles (ARA). 6Eu te oferecerei voluntariamente sacrifícios; louvarei o teu nome, ó Senhor Yahweh , porque é bom (ACF), 7pois ele me livrou de todas as minhas angústias, e os meus olhos contemplaram a derrota dos meus inimigos (NVI).

DESERTO DE MAOMSaul Quase Pega Davi

(1Sm 23.25-28) 25Quando Davi soube que Saul e seus homens o procuravam, foi ainda mais para o interior do deserto, até a grande rocha, e permaneceu no deserto de Maom. Saul, porém, continuou a persegui-lo naquela região. 26Saul e Davi agora estavam em lados opostos de uma montanha, e Davi fugia apressadamente de Saul. No mesmo instante que Saul e seus homens cercaram Davi e seus homens para prendê-los, 27chegou uma mensagem urgente para o rei, informando que os filisteus estavam atacando Israel outra vez. 28Então Saul deixou de perseguir Davi e voltou para lutar contra os filisteus. A partir dessa ocasião, o lugar onde Davi estava acampado passou a ser chamado de Selá-Hamalecote (NVT).

SALMOS DE DAVINa Sombra de Tuas Asas

(Sl 17.1-5) 1Ouve, Senhor Yahweh , a minha justa queixa; atenta para o meu clamor. Dá ouvidos à minha oração, que não vem de lábios falsos (NVI). 2Que minha sentença provenha de tua face, teus olhos vejam onde está a retidão (BJ). 3Pode sondar-me o coração, visitar-me pela noite, provar-me com fogo: murmuração nenhuma achou em mim; minha boca não transgrediu (BJ). 4Quanto às obras humanas, pela palavra dos teus lábios eu tenho me guardado dos caminhos do violento. 5Os meus passos se acostumaram às tuas veredas, os meus pés não resvalaram (NAA).

(Sl 17.6-12) 6Eu clamo a ti, ó Deus Elohym , pois o Senhor Yahweh me responde; inclina para mim os teus ouvidos e ouve a minha oração. 7Mostra a maravilha do teu amor, o Senhor Yahweh que com a tua mão direita salva os que em ti buscam proteção contra aqueles que os ameaçam. 8Protege-me como à menina dos teus olhos; esconde-me à sombra das tuas asas (NVI). 9Guarda-me dos perversos que me atacam, dos inimigos mortais que me cercam (NVT). 10Insensíveis, cerram o coração, falam com lábios insolentes (ARA). 11Eles me seguem os passos, e já me cercam; seus olhos estão atentos, prontos para derrubar-me (NVI). 12São como leões famintos, ansiosos para me despedaçar, como jovens leões escondidos, de tocaia (NVT).

(Sl 17.13-15) 13Levanta-te, Senhor Yahweh ! Confronta-os! Derruba-os! Com a tua espada livra-me dos ímpios (NVI). 14Pelo poder de tua mão, Senhor Yahweh , destrói os que buscam neste mundo sua recompensa. Satisfaz, porém, a fome dos que te são preciosos; que os filhos deles tenham fartura e deixem herança para os netos (NVT). 15Quanto a mim, feita a justiça, verei a tua face; quando despertar ficarei satisfeito ao ver a tua semelhança (NVI).

REGIÃO DE EN-GEDIDavi foge para as Fortalezas da Região

(1Sm 23.29) 29Depois, Davi saiu dali e foi viver nas fortalezas da região de En-Gedi (NVT).

Davi poupa a Vida de Saul

(1Sm 24.1-2) 1Depois que Saul voltou da luta contra os filisteus, foi informado de que Davi tinha ido para o deserto de En-Gedi. 2Então Saul escolheu três mil dos melhores soldados de todo o Israel e foi à procura de Davi e seus homens perto das rochas onde viviam cabras selvagens (NVT).

(1Sm 24.3-4) 3Chegou a uns currais de ovelhas no caminho, onde havia uma caverna. Saul entrou nela, para fazer as suas necessidades. Ora, Davi e os seus homens estavam sentados no mais interior da caverna. 4Então eles disseram a Davi: “Hoje é o dia do qual o Senhor Yahweh lhe falou: ‘Eis que eu entrego o seu inimigo nas suas mãos, e você fará com ele o que bem quiser”“. Então Davi se levantou e, sem ser notado, cortou a ponta do manto de Saul (NAA).

(1Sm 24.5-7) 5Mas Davi sentiu bater-lhe o coração de remorso por ele ter cortado uma ponta do manto de Saul (NVI) 6e disse aos seus homens: “O Senhor Deus Yahweh me livre de fazer tal coisa ao meu senhor, isto é, que eu estenda a mão contra ele, pois é o ungido do Senhor Yahweh “. 7Com estas palavras, Davi conteve os seus homens e não permitiu que se levantassem contra Saul. Então Saul se levantou, saiu da caverna e seguiu o seu caminho (NAA).

(1Sm 24.8-15) 8Depois, também Davi se levantou e, saindo da caverna, gritou a Saul, dizendo: “Ó rei, meu senhor!” Quando Saul olhou para trás, Davi se inclinou e lhe fez reverência, com o rosto em terra. 9 E Davi disse a Saul: “Por que o senhor dá atenção às palavras dos que dizem que Davi quer fazer-lhe mal? 10Eis que hoje, o meu senhor, pode ver com os seus próprios olhos que o Senhor Deus Yahweh o pôs nas minhas mãos nesta caverna, e alguns disseram que eu deveria matá-lo. Mas eu o poupei, porque disse: ‘Não estenderei a mão contra o meu senhor, pois é o ungido de Deus Elohym ’. 11Veja, meu pai, veja aqui na minha mão a ponta do seu manto. Por eu haver cortado a ponta do seu manto sem matá-lo, reconheça e veja que não há em mim nem mal nem rebeldia. Nunca pequei contra o rei, ainda que ele esteja à caça da minha vida para tirá-la de mim (NAA). 12O Senhor Yahweh julgue entre mim e ti. Vingue ele os males que tem feito contra mim, mas não levantarei a mão contra ti (NVI). 13Como o provérbio dos antigos diz: ‘Dos perversos procede a perversidade’. Mas eu não estenderei a minha mão contra o senhor, meu rei (NAA). 14Afinal de contas, a quem o rei de Israel procura capturar? A quem persegue? A um cão morto? A uma pulga? (NVT) 15O Senhor Yahweh seja o juiz e nos julgue. Considere ele minha causa e a sustente; que ele me julgue, livrando-me de tuas mãos” (NVI).

(1Sm 24.16-22) 16Tendo Davi falado todas essas palavras, Saul perguntou: “É você, meu filho Davi?” E chorou em voz alta (NVI)17Então disse a Davi: “Você é mais justo do que eu, pois me recompensou com o bem, enquanto eu o recompensei com o mal (NAA). 18Você acabou de mostrar o bem que me tem feito; o Senhor Yahweh me entregou em suas mãos, mas você não me matou (NVI). 19Quem mais deixaria seu inimigo escapar quando o tinha em suas mãos? Que o Senhor Yahweh o recompense com o bem pela bondade que mostrou por mim hoje (NVT). 20Agora tenho certeza de que você será rei e de que o reino de Israel será firmado em suas mãos (NVI). 21Portanto, jure pelo Senhor Yahweh que você não eliminará a minha descendência, nem apagará o meu nome da casa de meu pai”. 22E Davi jurou a Saul. Este foi para casa, mas Davi e os seus homens foram ao lugar seguro (NAA).

SALMOS DE DAVILouvor pela Benignidade Divina

(Escrito quando fugiu de Saul na caverna)

(Sl 57.1-3) 1Tem misericórdia de mim, ó Deus Elohym , tem misericórdia, pois em ti a minha alma se refugia; à sombra das tuas asas me abrigo, até que passem as calamidades (NAA). 2Clamo ao Deus Elohym Altíssimo, a Deus Elohym , que para comigo cumpre o seu propósito (NVI). 3Dos céus ele me envia o seu auxílio e me livra; cobre de vergonha os que procuram me destruir. Envia a sua misericórdia e a sua fidelidade (NAA).

(Sl 57.4-6) 4Estou cercado de leões ferozes, ansiosos para devorar suas presas humanas. Seus dentes são como lanças e flechas, e sua língua corta como espada afiada (NVT). 5Sê exaltado, ó Deus Elohym , acima dos céus; e em toda a terra brilhe a tua glória (NAA). 6Meus inimigos me prepararam uma armadilha; estou exausto de tanta angústia. Abriram uma cova profunda em meu caminho, mas eles próprios caíram nela (NVT).

(Sl 57.7-11) 7Firme está o meu coração, ó Deus Elohym , o meu coração está firme; cantarei e entoarei louvores (ARA). 8Desperte, minha alma! Despertem, lira e harpa! Quero acordar o amanhecer com a minha canção (NVT). 9Eu te louvarei, ó Senhor Yahweh , entre as nações; cantarei teus louvores entre os povos (NVI). 10Pois o teu amor se eleva até os céus; a tua fidelidade alcança as nuvens. 11Sê exaltado, ó Deus Elohym , acima dos mais altos céus; que a tua glória brilhe sobre toda a terra! (NVT)

CENÁRIO HISTÓRICO: A Morte de Samuel aos 88 anos (Aproximadamente 1.027 a.C.) CURIOSIDADES

  • Saul com 68 anos
  • 47º e último ano de Samuel como Juiz sobre Israel
  • 38º ano de Saul como rei em Israel
  • Is-Bosete com 38 anos (Filho de Saul)
  • Davi com 28 anos
  • Mefibosete com 3 anos (Filho de Jonatas e Neto de Saul)

CIDADE DE RAMÁ

(1Sm 25.1) 1aSamuel morreu, e todo o Israel se reuniu e o pranteou; e o sepultaram onde vivia, em Ramá (NVI).

DESERTO DE MAOMDavi e Abigail

(1Sm 25.1) 1bDepois Davi foi para o deserto de Maom (NVI).

(1Sm 25.2-8) 2Havia um homem rico em Maom, que tinha propriedades perto da região do Carmelo. Possuía três mil ovelhas e mil cabras, e era época da tosquia das ovelhas. 3O homem se chamava Nabal; sua esposa, Abigail, era uma mulher inteligente e bonita. Mas Nabal, descendente de Calebe, era um homem rude e perverso em tudo que fazia (NVT)4No deserto, Davi ficou sabendo que Nabal estava tosquiando as ovelhas (NVI)5E enviou Davi dez moços, e disse aos moços: “Subi ao Carmelo, e, indo a Nabal, perguntai-lhe, em meu nome, como está (ACF). 6Digam-lhe: ‘Longa vida para o senhor! Muita paz para o senhor e sua família! E muita prosperidade para tudo que é teu! (NVI) 7Soube que você está fazendo a tosquia das suas ovelhas. Os seus pastores estiveram conosco e nós não os maltratamos e nada lhes faltou durante todo o tempo em que estiveram no Carmelo (NAA). 8Pergunte a seus homens, e eles lhe dirão que isso é verdade. Diante disso, pedimos que o senhor seja bondoso conosco, pois chegamos numa época de celebração. Por favor, reparta conosco e com seu amigo Davi o que puder dos seus mantimentos’” (NVT).

(1Sm 25.9-13) 9Os rapazes foram e deram a Nabal essa mensagem, em nome de Davi. E ficaram esperando. 10Nabal respondeu então aos servos de Davi: “Quem é Davi? Quem é esse filho de Jessé? Hoje em dia, muitos servos estão fugindo de seus senhores (NVI). 11Devo pegar meu pão, minha água e a carne dos animais que abati para meus tosquiadores e entregar a um bando que vem não se sabe de onde?” (NVT) 12Então, os mensageiros de Davi voltaram, e ao chegarem, relataram a ele cada uma dessas palavras (NVI). 13Então Davi disse: “Ponham as suas espadas nos cintos!” E todos obedeceram. Davi também pegou a sua espada e saiu com mais ou menos quatrocentos dos seus homens enquanto duzentos ficaram atrás com a bagagem (NTLH).

(1Sm 25.14-17) 14Nesse meio-tempo, um dos moços de Nabal foi falar com Abigail, a mulher de Nabal, dizendo: “Davi enviou do deserto mensageiros para saudar o nosso senhor, mas ele os pôs a correr (NAA). 15No entanto, aqueles homens foram muito bons para conosco. Não nos maltrataram, e, durante todo o tempo em que estivemos com eles nos campos, nada perdemos. 16Dia e noite eles eram como um muro ao nosso redor, durante todo o tempo em que estivemos com eles cuidando de nossas ovelhas. 17Agora, leve isso em consideração e veja o que a senhora pode fazer, pois a destruição paira sobre o nosso senhor e sobre toda a sua família. Ele é um homem tão mau que ninguém consegue conversar com ele” (NVI).

(1Sm 25.18-19) 18Imediatamente, Abigail tomou duzentos pães, dois odres de vinho, cinco ovelhas preparadas, cinco medidas de trigo tostado, cem cachos de passas, duzentos doces de figo, arrumou tudo sobre jumentos (BJ)19e disse a seus servos: “Vocês vão na frente; eu os seguirei”. Ela, porém, nada disse a Nabal, seu marido (NVI).

(1Sm 25.20-31) 20Enquanto ela, cavalgando um jumento, descia, encoberta pelo monte, Davi e seus homens também desciam, e ela se encontrou com eles (ARA)21Davi tinha acabado de dizer: “De nada adiantou ajudarmos esse sujeito. Protegemos seus rebanhos no deserto, e nenhum de seus bens se perdeu ou foi roubado. Mas ele me pagou o bem com o mal. 22Que Deus Elohym me castigue severamente se eu deixar um homem ou menino vivo na casa de Nabal até amanhã de manhã!” (NVT). 23Quando Abigail viu Davi, desceu depressa do jumento e prostrou-se perante Davi, rosto em terra. 24Ela caiu a seus pés e disse: “Meu senhor, a culpa é toda minha. Por favor, deixa a tua serva lhe falar; ouve o que ela tem a dizer (NVI). 25Que, o meu senhor, não se importe com aquele homem maligno, a saber, com Nabal, porque ele é o que significa o seu nome. Nabal é o seu nome, e a tolice o acompanha. Eu, porém, esta sua serva, não vi os rapazes que, o meu senhor, mandou (NAA). 26Agora, meu senhor, juro pelo nome do Senhor Yahweh e por tua vida que foi o Senhor Yahweh que o impediu de derramar sangue e de vingar-se com tuas próprias mãos. Que teus inimigos e todos os que pretendem fazer-te mal sejam castigados como Nabal” (NVI). 27Senhor, faça o favor de aceitar este presente que eu lhe trouxe e o entregue aos seus homens (NTLH)28Perdoe a transgressão desta sua serva. Pois o Senhor Deus Yahweh certamente firmará a casa de meu senhor, porque ele está travando as batalhas do Senhor Deus Yahweh . E que não se ache mal em meu senhor durante toda a sua vida (NAA). 29Mesmo quando for perseguido por aqueles que procuram matá-lo, sua vida estará segura sob o cuidado do Senhor Yahweh , seu Deus Elohym , protegida como um tesouro. Mas a vida de seus inimigos desaparecerá como pedras atiradas de uma funda! (NVT) 30E, quando o Senhor Deus Yahweh tiver feito a meu senhor todo o bem que falou a seu respeito e o tiver colocado como príncipe sobre Israel, 31então, meu senhor, não terá motivo de pesar ou de remorso por ter derramado sangue inocente e por ter se vingado com as próprias mãos. E, quando o Senhor Deus Yahweh tiver feito o bem a meu senhor, então lembre-se desta sua serva” (NAA).

(1Sm 25.32-34) 32Davi disse a Abigail: “Bendito seja o Senhor Yahweh , o Deus Elohym de Israel, que hoje a enviou ao meu encontro (NVI). 33Bendita seja a sua prudência, e bendita seja você mesma, que hoje me impediu de derramar sangue e de me vingar com as minhas próprias mãos (NAA). 34Que o Senhor Deus Yahweh me livre de fazer algum mal a você! Eu juro pelo Senhor Yahweh , o Deus Elohym de Israel, o Deus Elohym vivo, que, se você não tivesse se apressado e não tivesse vindo me encontrar, amanhã cedo todos os homens de Nabal estariam mortos, até os meninos! (NTLH)

(1Sm 25.35-38) 35Então Davi aceitou o presente de Abigail e lhe disse: “Volte para casa em paz. Ouvi o que você disse e farei o que me pediu” (NVT). 36Quando Abigail retornou a Nabal, ele estava dando um banquete em casa, como um banquete de rei. Ele estava alegre e bastante bêbado, e ela nada lhe falou até o amanhecer. 37De manhã, quando Nabal estava sóbrio, sua mulher lhe contou todas essas coisas; ele sofreu um ataque e ficou paralisado como uma pedra (NVI)38Passados uns dez dias, o Senhor Yahweh feriu Nabal, e ele morreu (NAA).

(1Sm 25.39-42) 39Quando Davi soube que Nabal estava morto, disse: “Louvado seja o Senhor Yahweh , que vingou o insulto que recebi de Nabal e me impediu de fazer o mal. O Senhor Yahweh retribuiu a Nabal o castigo por seu pecado”. Então Davi enviou mensageiros a Abigail para pedir que se tornasse sua esposa. 40Quando os mensageiros chegaram ao Carmelo, disseram a Abigail: “Davi mandou buscá-la para que se case com ele”. 41Ela se curvou com o rosto em terra e respondeu: “Eu, sua serva, ficarei contente em me casar com Davi e, como uma serva, lavar os pés de seus servos!” 42Sem demora, Abigail montou num jumento e, levando consigo cinco moças que a serviam, voltou com os mensageiros de Davi. E assim se tornou esposa dele (NVT).

(1Sm 25.43-44) 43Davi também se casou com Ainoã, de Jezreel, e ambas foram suas esposas (NVT)44Nesse meio tempo, Saul obrigou sua filha Mical, mulher de Davi, a casar-se com um homem de Galim, por nome Palti, filho de Laís (BV).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.