• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 111

111º Dia – 21 de Abril

O REINADO DE DAVI SOBRE ISRAEL

CENÁRIO HISTÓRICO: O Reinado de Davi em Jerusalém (Aproximadamente 1.010 a.C.) CURIOSIDADES:

  • Davi com 45 anos
  • Mefibosete com 20 anos (Filho de Jonatas e Neto de Saul)
  • 15º ano do Reinado de Davi
  • Absalão com 12 anos (Filho de Davi)

CIDADE DE JERUSALÉMSALMOS DE DAVIVitória e Domínio – Continuação do Cântico de Louvor e Libertação

(Sl 18.1-3) 1Eu te amo, ó Senhor Yahweh , força minha. 2O Senhor Yahweh  é a minha rocha, a minha fortaleza, o meu libertador; o meu Deus El , o meu rochedo em que me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu alto refúgio. 3Invoco o Senhor Yahweh , digno de ser louvado, e serei salvo dos meus inimigos (NAA).

(Sl 18.4-6) 4Laços de morte me cercaram; torrentes de perdição me impuseram terror. 5Cadeias do Sheol me envolveram, e tramas de morte me surpreenderam. 6Na minha angústia, invoquei o Senhor Yahweh ; gritei por socorro ao meu Deus Elohym . Do seu Templo ele ouviu a minha voz, e o meu clamor chegou aos seus ouvidos (NAA).

(Sl 18.7-15) 7Então a Terra se abalou e tremeu; vacilaram também os fundamentos dos montes e se abalaram, porque Deus estava irado. 8Das suas narinas subiu fumaça, e fogo devorador saiu da sua boca; dele saíram brasas ardentes. 9Ele baixou os céus e desceu, e teve sob os pés densa escuridão. 10Cavalgava um  querubim e voou; foi levado sobre as asas do vento. 11Das trevas fez um manto em que se ocultou; escuridão de águas e espessas nuvens dos céus eram o seu abrigo. 12Do resplendor que diante dele havia, as densas nuvens se desfizeram em granizo e brasas de fogo. 13O Senhor Yahweh  trovejou nos céus; o Altíssimo Elyon levantou a sua voz, e houve granizo e brasas de fogo. 14Atirou as suas flechas e espalhou os meus inimigos; multiplicou os seus raios e os dispersou. 15Então se viu o leito das águas, e se descobriram os fundamentos do mundo, pela tua repreensão, Senhor Yahweh , pelo sopro impetuoso das tuas narinas (NAA).

(Sl 18.16-19) 16Do alto o Senhor me estendeu a mão e me segurou; ele me tirou das águas profundas. 17Livrou-me do forte inimigo e dos que me odiavam, pois eram mais poderosos do que eu. 18Eles me atacaram no dia da minha calamidade, mas o Senhor Yahweh  me serviu de amparo. 19Trouxe-me para um lugar espaçoso; livrou-me, porque ele se agradou de mim (NAA).

(Sl 18.20-23) 20O Senhor Yahweh  me retribuiu segundo a minha justiça; recompensou-me conforme a pureza das minhas mãos. 21Pois tenho guardado os caminhos do Senhor Yahweh e não me afastei perversamente do meu Deus Elohym . 22Porque todos os seus juízos estão diante de mim, e não rejeitei os seus preceitos. 23Também fui íntegro para com ele e me guardei da iniquidade (NAA).

(Sl 18.24-27) 24Por isso, o Senhor Yahweh  me retribuiu segundo a minha justiça, conforme a pureza das minhas mãos, na sua presença. 25Para com quem é fiel, fiel se mostra; com o íntegro, também íntegro. 26Com o puro, puro se mostra; com o perverso, inflexível. 27Porque o Senhor salva o povo humilde, mas os olhos soberbos, o Senhor os abate (NAA).

(Sl 18.28-36) 28Porque o Senhor Yahweh faz resplandecer a minha lâmpada; o Senhor, meu Deus Elohym , derrama luz nas minhas trevas. 29Pois contigo posso atacar exércitos; com o meu Deus Elohym salto muralhas. 30O caminho de Deus El é perfeito; a palavra do Senhor Yahweh  é confiável; ele é escudo para todos os que nele se refugiam. 31Pois quem é Deus Eloah além do Senhor Yahweh ? E quem é rochedo, a não ser o nosso Deus Elohym ? 32O Deus El que me revestiu de força e aperfeiçoou o meu caminho, 33ele deu aos meus pés a ligeireza das corças e me firmou nas minhas alturas. 34Ele treinou as minhas mãos para o combate, tanto que os meus braços vergaram um arco de bronze. 35Também me deu o escudo da tua salvação; a tua mão direita me susteve, e a tua clemência me engrandeceu. 36Alargou o caminho sob meus passos, e os meus pés não vacilaram (NAA).

(Sl 18.37-42) 37Persegui os meus inimigos e os alcancei, e só voltei depois de ter acabado com eles. 38Esmaguei-os a tal ponto, que não puderam se levantar; caíram sob os meus pés. 39Pois o Senhor me cingiu de força para o combate e me submeteu os que se levantaram contra mim. 40Também pôs em fuga os meus inimigos, e os que me odiavam, eu os exterminei. 41Gritaram por socorro, mas não houve quem os salvasse; clamaram ao Senhor Yahweh , mas ele não respondeu. 42Então os reduzi a pó, o pó que o vento leva; lancei-os fora como a lama das ruas (NAA).

(Sl 18.43-45) 43Dos conflitos do povo me livrou e me fez cabeça das nações; um povo que eu não conhecia me serviu. 44Bastou-lhe ouvir a minha voz, logo me obedeceu; os estrangeiros se mostram submissos a mim. 45Os estrangeiros fraquejaram e, tremendo, saíram das suas fortalezas (NAA).

(Sl 18.46-50) 46O Senhor Yahweh  vive! Bendita seja a minha Rocha! Exaltado seja o Deus Elohym da minha salvação, 47o Deus El que por mim tomou vingança e me submeteu povos; 48o Deus que me livrou dos meus inimigos; sim, o Senhor que me exaltou acima dos meus adversários e me livrou dos homens violentos. 49Por isso, eu te glorificarei entre os gentios, ó Senhor Yahweh , e cantarei louvores ao teu nome. 50É ele quem dá grandes vitórias ao seu rei e usa de misericórdia para com o seu ungido, com Davi e sua posteridade, para sempre (NAA).

SALMOS DE DAVIAções de Graças pela Proteção de Deus

(Sl 144.1-2) 1Louvado seja o Senhor Yahweh , minha Rocha; ele treina minhas mãos para a guerra e dá a meus dedos habilidade para a batalha (NVT). 2Ele é o meu aliado fiel, a minha fortaleza, a minha torre de proteção e o meu libertador, é o meu escudo, aquele em quem me refugio. Ele subjuga a mim os povos (NVI).

(Sl 144.3-4) 3 Senhor Yahweh , que é o homem para que se importe com ele, ou o filho do homem para que por ele se interesse? 4O homem é como um sopro; seus dias são como uma sombra passageira (NVI).

(Sl 144.5-8) 5Estende, Senhor Yahweh , os teus céus e desce; toca os montes para que fumeguem. 6Envia relâmpagos e dispersa os inimigos; atira as tuas flechas e faze-os debandar (NVI). 7Estende a mão lá do alto; livra-me e salva-me das muitas águas e do poder de estranhos (NAA), 8que têm lábios mentirosos e com a mão direita erguida juram falsamente (NVI).

(Sl 144.9-11) 9A ti, ó Deus Elohym , entoarei um cântico novo; na lira de dez cordas, te cantarei louvores. 10É ele quem dá aos reis a vitória; quem livra o seu servo Davi da espada maligna (NAA). 11Dá-me libertação; salva-me das mãos dos estrangeiros, que têm lábios mentirosos e que, com a mão direita erguida, juram falsamente (NVI).

(Sl 144.12-15) 12Que nossos filhos floresçam na juventude como plantas viçosas. Que nossas filhas sejam como colunas graciosas, esculpidas para enfeitar um palácio (NVT). 13Que os nossos celeiros transbordem, cheios de todo tipo de provisões. Que os nossos rebanhos produzam a milhares e a dezenas de milhares, em nossos campos (NAA). 14E que nossos bois fiquem carregados de alimentos. Que nenhum inimigo consiga romper nossos muros, que ninguém seja levado ao cativeiro, nem haja gritos de angústia em nossas praças (NVT). 15Bem-aventurado o povo a quem assim sucede! Sim, feliz é o povo cujo Deus Elohym é o Senhor Yahweh ! (NAA)

CENÁRIO HISTÓRICO: O Reinado de Davi em Jerusalém (Aproximadamente 1.009 a.C.) CURIOSIDADES:

  • Davi com 46 anos
  • Mefibosete com 21 anos (Filho de Jonatas e Neto de Saul)
  • 16º ano do Reinado de Davi
  • Absalão com 13 anos (Filho de Davi)

Bondade de Davi com Mefibosete, filho de Jônatas

(2Sm 9.1-4) 1Certo dia, Davi perguntou: “Resta alguém da família de Saul, a quem eu possa mostrar bondade por causa de Jônatas?” (NVT) 2Havia um servo na casa de Saul cujo nome era Ziba. Chamaram-no, pedindo que viesse falar com Davi. O rei perguntou: “Você é Ziba?” Ele respondeu: “Sou eu mesmo, seu servo”. 3Então Davi perguntou: “Existe mais alguém da família de Saul para que eu use da bondade de Deus Elohym para com ele?” Ziba respondeu: “Ainda existe um filho de Jônatas, aleijado de ambos os pés” (NAA). 4“Onde ele está?”, perguntou o rei. Ziba respondeu: “Em Lo-Debar, na casa de Maquir, filho de Amiel” (NVT).

(2Sm 9.5-8) 5Então o rei Davi mandou trazê-lo de Lo-Debar, da casa de Maquir, filho de Amiel (NAA). 6Quando Mefibosete, filho de Jônatas e neto de Saul, compareceu diante de Davi, prostrou-se, rosto em terra. “Mefibosete?”, perguntou Davi. Ele respondeu: “Sim, sou teu servo” (NVI). 7Então Davi lhe disse: “Não tenha medo, porque serei bondoso com você por causa de Jônatas, seu pai. Vou restituir a você todas as terras de Saul, seu pai, e você sentará sempre à minha mesa para comer (NAA). 8Mefibosete se prostrou e disse: “Quem é seu servo, para que o senhor mostre bondade a alguém como eu, que não vale mais que um cão morto?” (NVT)

(2Sm 9.9-13) 9Então o rei mandou chamar Ziba, servo de Saul, e disse: “Dei ao neto de seu senhor tudo que pertencia a Saul e sua família (NVT). 10Você, seus filhos e seus servos cultivarão a terra para ele. Você trará a colheita para que haja provisões na casa do neto de seu senhor. Mas, Mefibosete comerá sempre à minha mesa”. Ziba tinha quinze filhos e vinte servos (NVI). 11Ziba disse ao rei: “Farei tudo o que o rei, meu senhor, ordena a este seu servo”. E assim Mefibosete passou a fazer as refeições à mesa de Davi, como um dos filhos do rei (NAA). 12Mefibosete tinha um filho ainda jovem chamado Mica. Daquele momento em diante, todos os membros da casa de Ziba se tornaram servos de Mefibosete (NVT)13Então Mefibosete foi morar em Jerusalém, pois passou a comer sempre à mesa do rei. E era aleijado dos pés (NVI).

CENÁRIO HISTÓRICO: O Reinado de Davi em Jerusalém (Aproximadamente 1.006 a.C.) CURIOSIDADES:

  • Davi com 49 anos
  • Mefibosete com 24 anos (Filho de Jonatas e Neto de Saul)
  • 20º ano do Reinado de Davi
  • Absalão com 16 anos (Filho de Davi)

MEDEBA – Davi derrota os Amonitas e seus Aliados

(2Sm 10.1-4) 1Algum tempo depois, morreu Naás, rei dos amonitas, e seu filho Hanum subiu ao trono (NVT)2Então Davi disse: “Serei bondoso com Hanum, filho de Naás, assim como o pai dele foi bondoso comigo”. E Davi enviou alguns servos para consolar Hanum por causa da morte de seu pai. E os servos de Davi chegaram à terra dos filhos de Amom (NAA)3Os líderes amonitas disseram a Hanum, seu senhor: “Acha que Davi está honrando teu pai ao enviar mensageiros para expressar condolências? Não é nada disso! Davi os enviou como espiões para examinar a cidade e destruí-la”. 4Então Hanum prendeu os mensageiros de Davi, rapou metade da barba de cada um, cortou metade de suas roupas até as nádegas, e os mandou embora (NVI).

(1Cr 19.1-4) 1Algum tempo depois, morreu Naás, rei dos amonitas, e seu filho Hanum subiu ao trono (NVT)2Então Davi disse: “Serei bondoso com Hanum, filho de Naás, porque o pai dele foi bondoso comigo”. E Davi enviou mensageiros para consolar Hanum por causa da morte de seu pai. E os servos de Davi chegaram à terra dos filhos de Amom, a Hanum, para o consolarem (NAA)3Os líderes amonitas lhe disseram: “Acha que Davi está honrando teu pai ao enviar mensageiros para expressar condolências? Não é nada disso! Davi os enviou como espiões para examinar o país e destruí-lo” (NVI). 4Então Hanum prendeu os representantes de Davi, raspou a barba de cada um, cortou metade de suas roupas até as nádegas e os mandou de volta a Davi (NVT)

(1Cr 19.5) 5Alguns foram e contaram a Davi o que tinha acontecido com aqueles homens. Então o rei enviou mensageiros ao encontro deles, porque estavam muito envergonhados. O rei mandou dizer-lhes: “Fiquem em Jericó, até que a barba de vocês cresça de novo; depois, venham para cá” (NAA).

(2Sm 10.5) 5Quando Davi soube disso, enviou mensageiros ao encontro deles, porque estavam muito envergonhados. O rei mandou dizer-lhes: “Fiquem em Jericó, até que a barba de vocês cresça de novo; depois, venham para cá” (NAA).

(1Cr 19.6-8) 6Quando Hanum e os amonitas perceberam quanto haviam enfurecido Davi, enviaram trinta e cinco toneladas de prata para Arã-Naarim, Arã-Maaca e Zobá, a fim de contratarem seus carros de guerra e cavaleiros (NVT)7Alugaram trinta e dois mil carros e seus condutores, e contrataram o rei de Maaca com suas tropas, o qual veio e acampou perto de Medeba, e os amonitas foram convocados de suas cidades e partiram para a batalha (NVI). 8Davi foi informado disso e enviou Joabe e todos os seus guerreiros para lutarem contra eles (NVT).

(2Sm 10.6-7) 6Quando os amonitas perceberam quanto haviam enfurecido Davi, contrataram vinte mil soldados de infantaria dos sírios das terras de Bete-Reobe e Zobá, mil homens do rei de Maaca e doze mil da terra de Tobe (NVT)7Davi soube disso e enviou contra eles Joabe com todo o exército dos valentes (NAA).

(2Sm 10.8-14) 8Os amonitas saíram e se puseram em posição de combate na entrada da cidade, e os sírios de Zobá e de Reobe e os homens de Tobe e de Maaca posicionaram-se em campo aberto (NVI). 9Joabe viu que as tropas inimigas os atacariam pela frente e por trás. Então escolheu os melhores soldados de Israel e os colocou de frente para os sírios. 10Deixou o resto das suas tropas sob o comando do seu irmão Abisai, que as colocou de frente para os amonitas (NTLH)11Joabe disse a Abisai: “Se os sírios forem mais fortes do que eu, você virá em meu socorro; e, se os filhos de Amom forem mais fortes do que você, eu irei em seu socorro (NAA). 12Seja forte e lutemos com bravura pelo nosso povo e pelas cidades do nosso Deus Elohym . E que o Senhor Yahweh faça o que for de sua vontade” (NVI). 13Então Joabe avançou com o povo que estava com ele, e travaram batalha contra os sírios, que fugiram diante dele. 14Quando os filhos de Amom viram que os sírios fugiam, também eles fugiram de Abisai e entraram na cidade. Então Joabe parou de lutar contra os filhos de Amom e voltou para Jerusalém (NAA).

(1Cr 19.9-15) 9Os amonitas saíram e se puseram em posição de combate na entrada da cidade, e os reis que tinham vindo posicionaram-se em campo aberto (NVI). 10Quando Joabe viu que a batalha estava preparada contra ele tanto pela frente como pela retaguarda, escolheu os melhores soldados de Israel e os formou em linha contra os sírios (NAA)11Pôs o restante dos homens sob o comando de seu irmão Abisai e os posicionou contra os amonitas (NVI)12Joabe disse a seu irmão: “Se os sírios forem fortes demais para mim, venha me ajudar. E, se os amonitas forem fortes demais para você, eu irei ajudá-lo (NVT)13Seja forte e lutemos com bravura pelo nosso povo e pelas cidades do nosso Deus Elohym . E que o Senhor Yahweh faça o que for de sua vontade” (NVI). 14Então Joabe avançou com o povo que estava com ele, e travaram batalha contra os sírios, que fugiram diante dele. 15Quando os filhos de Amom viram que os sírios fugiam, também eles fugiram de Abisai, irmão de Joabe, e entraram na cidade. Então Joabe parou de lutar contra os filhos de Amom e voltou para Jerusalém (NAA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.