• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 225

225º Dia – 13 de Agosto

REINO DE JUDÁ E EXÍLIO BABILÔNIO

CIDADE DE JERUSALÉMReinado de Zedequias

(2Rs 24.17) 17Então o rei da Babilônia escolheu Matanias, tio de Joaquim, como rei de Judá e mudou o nome dele para Zedequias (NVT).

(Jr 37.1) 1Zedequias, filho de Josias, foi sucessor de Joaquim, filho de Jeoaquim, no trono de Judá. Foi nomeado por Nabucodonosor, rei da Babilônia (NVT).

(2Rs 24.18) 18aZedequias tinha vinte e um anos de idade quando começou a reinar (NAA).

(Jr 52.1) 1aZedequias tinha vinte e um anos quando se tornou rei (NVI).

(2Cr 36.11) 11aZedequias tinha vinte e um anos de idade quando começou a reinar (NAA).

(2Rs 24.18) 18cA mãe dele se chamava Hamutal e era filha de Jeremias, de Libna (NAA).

(Jr 52.1) 1cO nome de sua mãe era Hamutal, filha de Jeremias, de Libna (NVI).

(2Rs 24.19) 19Zedequias fez o que era mau aos olhos do Senhor, segundo tudo o que Joaquim havia feito (NAA).

Profeta Jeremias: Deus perde Paciência de vez com o Povo de Judá

(Jr 37.2) 2Mas nem Zedequias, nem seus servos, nem o povo que restou na terra de Judá deram ouvidos ao que o Senhor tinha dito por intermédio do profeta Jeremias (NVT).

(2Rs 24.20) 20Estas coisas aconteceram por causa da ira do Senhor contra o povo de Jerusalém e de Judá. Por fim, ele os expulsou de sua presença e os mandou para o exílio. Zedequias se rebelou contra o rei da Babilônia (NVT).

(2Cr 36.13-16) 13Também se rebelou contra o rei Nabucodonosor, embora lhe tivesse jurado lealdade em nome de Deus. Zedequias era um homem duro e teimoso e se recusou a voltar para o Senhor, o Deus de Israel (NVT). 14Além disso, todos os líderes dos sacerdotes e o povo se tornaram cada vez mais infiéis, seguindo todas as práticas detestáveis das outras nações e contaminando o Templo do Senhor, consagrado por ele em Jerusalém (NVI). 15Repetidamente, o Senhor, o Deus de seus antepassados, enviou profetas para adverti-los, pois tinha compaixão de seu povo e do lugar de sua habitação (NVT). 16Mas eles zombaram dos mensageiros de Deus, desprezaram as palavras dele e debocharam dos seus profetas, até que a ira do Senhor veio sobre o seu povo, e não houve mais remédio (NAA).

Profeta Jeremias: Julgamento a respeito de Elão

(Jr 49.34-39) 34Esta é a palavra do Senhor que veio ao profeta Jeremias acerca de Elão, no início do reinado de Zedequias, rei de Judá (NVI): 35Assim diz o Senhor dos Exércitos: “Eis que eu quebrarei o arco de Elão, a fonte do seu poder. 36Trarei sobre Elão os quatro ventos dos quatro cantos da terra e os dispersarei na direção de todos esses ventos; e não haverá país aonde não cheguem os fugitivos de Elão. 37Farei com que o povo de Elão trema diante dos seus inimigos e diante dos que querem matá-los. Farei vir sobre os elamitas o mal, o furor da minha ira”, diz o Senhor; “e enviarei a espada após eles, até que eu os tenha destruído (NAA). 38Colocarei meu trono em Elão”, diz o Senhor, “e destruirei seu rei e seus oficiais. 39No futuro, porém, restaurarei a situação de Elão. Eu, o Senhor, falei!” (NVT)

Profeta Jeremias: O Jugo de Nabucodonosor sobre as Nações

(Jr 27.1-3) 1No princípio do reinado de Zedequias, filho de Josias, rei de Judá, veio da parte do Senhor esta palavra a Jeremias (NAA): 2“Faça uma canga e coloque sobre o seu pescoço. Amarre a canga com pedaços de couro, como se amarra um boi para puxar o arado (BV). 3Por meio dos mensageiros que vieram a Jerusalém para se encontrar com Zedequias, rei de Judá, envie essas cangas ao rei de Edom, ao rei de Moabe, ao rei dos filhos de Amom, ao rei de Tiro e ao rei de Sidom” (NAA).

(Jr 27.4-8) 4Diga-lhes que transmitam esta mensagem a seus senhores: ‘Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: 5‘Com minha grande força e meu braço poderoso, fiz a terra, todas as pessoas e todos os animais. Isso tudo é meu, e posso entregá-lo a quem eu quiser (NVT). 6Agora, sou eu mesmo que entrego todas essas nações nas mãos do meu servo Nabucodonosor, rei da Babilônia; sujeitei a ele até mesmo os animais selvagens. 7Todas as nações estarão sujeitas a ele, a seu filho e a seu neto; até que chegue a hora em que a terra dele seja subjugada por muitas nações e por reis poderosos (NVI). 8Se, porém, alguma nação ou reino não se sujeitar a Nabucodonosor, rei da Babilônia, nem colocar o pescoço sob o seu jugo, eu castigarei aquela nação com a guerra, a fome e a peste’, declara o Senhor, ‘e por meio dele eu a destruirei completamente’” (NVI).

(Jr 27.9-11) 9Não ouçam os seus profetas, os seus adivinhos, os seus intérpretes de sonhos, os seus médiuns e os seus feiticeiros, os quais lhes dizem para não se sujeitar ao rei da Babilônia. 10Porque são mentiras o que eles profetizam para vocês, o que os levará para longe de sua terra. Eu banirei vocês, e vocês perecerão (NVI). 11Mas a nação que colocar o pescoço sob o jugo do rei da Babilônia e o servir, eu a deixarei na sua terra, para cultivá-la e morar nela”, diz o Senhor (NAA).

Profeta Jeremias: Mensagem contra o rei Zedequias

(Jr 27.12-15) 12Também a Zedequias, rei de Judá, eu falei nos mesmos termos, dizendo: “Coloquem o pescoço sob o jugo do rei da Babilônia, sirvam a ele e ao seu povo, e vocês viverão (NAA). 13Por que razão você e o seu povo morreriam pela guerra, pela fome e pela peste, com as quais o Senhor ameaça a nação que não se sujeitar ao rei da Babilônia? (NVI) 14Não deem ouvidos às palavras dos profetas que dizem que vocês não devem servir o rei da Babilônia. É mentira o que eles profetizam” (NAA). 15“Eu não os enviei!”, declara o Senhor. “Eles profetizam mentiras em meu nome. Por isso, eu banirei vocês, e vocês perecerão juntamente com os profetas que lhes estão profetizando” (NVI).

(Jr 27.16-22) 16Então eu disse aos sacerdotes e a todo este povo: “Assim diz o Senhor: ‘Não ouçam os seus profetas que dizem que em breve os utensílios do Templo do Senhor serão trazidos de volta da Babilônia. Eles estão profetizando mentiras. 17Não os ouçam. Sujeitem-se ao rei da Babilônia, e vocês viverão. Por que deveria esta cidade ficar em ruínas?’ (NVI) 18Porém, se eles são profetas, e se a palavra do Senhor está com eles, que orem ao Senhor dos Exércitos, para que os utensílios que ficaram na Casa do Senhor, e no palácio do rei de Judá, e em Jerusalém não sejam levados para a Babilônia (NAA). 19Pois assim diz o Senhor dos Exércitos acerca das colunas à entrada do Templo, do tanque de bronze chamado Mar, das bases móveis e de todos os outros objetos cerimoniais (NVT), 20os quais Nabucodonosor, rei da Babilônia, não levou, quando deportou, de Jerusalém para a Babilônia, Jeconias, filho de Jeoaquim, rei de Judá, assim como todos os nobres de Judá e de Jerusalém; 21sim, isto diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel, a respeito dos utensílios que ficaram na Casa do Senhor, e no palácio do rei de Judá, e em Jerusalém (NAA): 22‘Serão levados para a Babilônia e ali ficarão até o dia em que eu os quiser buscar’, declara o Senhor. ‘Então os trarei de volta e os restabelecerei a este lugar’(NVI).

Profeta Jeremias: As Falsas Profecias de Hananias

(Jr 28.1-4) 1No mesmo ano, no princípio do reinado de Zedequias, rei de Judá, isto é, no quinto mês do quarto ano, Hananias, filho de Azur e profeta da cidade de Gibeão, falou comigo na Casa do Senhor, na presença dos sacerdotes e de todo o povo. Ele me disse (NAA): 2“Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: ‘Removerei do seu pescoço o jugo do rei da Babilônia (NVT). 3Dentro de dois anos, eu trarei de volta a este lugar todos os utensílios da Casa do Senhor, que Nabucodonosor, rei da Babilônia, tirou daqui e levou para a Babilônia. 4Eu também trarei de volta a este lugar Jeconias, filho de Jeoaquim, rei de Judá, e todos os exilados de Judá que foram para a Babilônia, diz o Senhor; porque quebrei o jugo do rei da Babilônia’ (NAA).

(Jr 28.5-9) 5Então o profeta Jeremias respondeu ao profeta Hananias diante dos sacerdotes e de todo o povo que estava no Templo do Senhor (NVI): 6Jeremias disse: “Amém! Que assim faça o Senhor! Que o Senhor confirme as palavras que você profetizou, e traga de volta a este lugar os utensílios da Casa do Senhor e todos os exilados que estão na Babilônia. 7Mas ouça bem esta palavra, que eu falo a você e a todo o povo (NAA). 8Os antigos profetas, que vieram antes de você e de mim, falaram contra muitas nações e grandes reinos, e sempre advertiram a respeito de guerra, calamidade e doença. 9Portanto, um profeta que anuncia paz precisa esperar que suas previsões se cumpram antes de ser considerado, de fato, enviado pelo Senhor” (NVT).

(Jr 28.10-11) 10Então o profeta Hananias tirou do pescoço de Jeremias o jugo e o quebrou em pedaços (NVT). 11Depois falou na presença de todo o povo: “Assim diz o Senhor: ‘Deste modo, dentro de dois anos, quebrarei o jugo que Nabucodonosor, rei da Babilônia, pôs sobre o pescoço de todas as nações’”. Diante disso, Jeremias, o profeta, foi embora, seguindo o seu caminho (NAA).

(Jr 28.12-17) 12Mas depois que Hananias, o profeta, quebrou a canga que estava no pescoço do profeta Jeremias, veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo: 13Vá e fale com Hananias, dizendo: ‘Assim diz o Senhor’: ‘Você quebrou uma canga de madeira, mas ela será substituída por uma canga de ferro’. 14‘Porque assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: ‘Porei um jugo de ferro sobre o pescoço de todas estas nações, para servirem Nabucodonosor, rei da Babilônia; e elas o servirão. Até os animais selvagens eu entreguei a ele’” (NAA). 15Disse, pois, o profeta Jeremias ao profeta Hananias: “Escute, Hananias! O Senhor não o enviou, mas assim mesmo você persuadiu esta nação a confiar em mentiras (NVI). 16Por isso, assim diz o Senhor: “Eis que eu o expulsarei da face da terra. Você morrerá ainda este ano, porque pregou rebeldia contra o Senhor” (NAA). 17E o profeta Hananias morreu no sétimo mês daquele mesmo ano (NVI).

Profeta Jeremias: O rei Zedequias vai à Babilônia

(Jr 51.59-64) 59O profeta Jeremias transmitiu esta mensagem a Seraías, filho de Nerias e neto de Maaseias, chefe dos assessores do rei, quando Seraías foi à Babilônia com Zedequias, rei de Judá. Isso aconteceu no quarto ano do reinado de Zedequias (NVT). 60Jeremias escreveu num livro todo o mal que havia de vir sobre a Babilônia, a saber, todas as palavras já escritas contra a Babilônia (NAA). 61Ele disse a Seraías: “Quando você chegar à Babilônia, tenha o cuidado de ler todas estas palavras em voz alta (NVI). 62Depois, diga: ‘Ó Senhor! O Senhor falou a respeito deste lugar que o exterminaria, a fim de que nada fique nele, nem pessoa nem animal, e que se tornaria em desolação perpétua’ (NAA). 63Quando tiver terminado de ler o rolo, amarre-o a uma pedra e jogue-o no rio Eufrates. 64Em seguida, diga: ‘Da mesma forma, a Babilônia e seu povo afundarão e nunca mais se levantarão por causa das calamidades que trarei sobre ela’”. Aqui terminam as mensagens de Jeremias (NVT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.