• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 230

230º Dia – 18 de Agosto

REINO DE JUDÁ E EXÍLIO BABILÔNIO

REINO DA BABILÔNIAProfeta Ezequiel: As Abominações no Templo

(Ez 8.1-4) 1No quinto dia do sexto mês do sexto ano do exílio, eu e as autoridades de Judá estávamos sentados em minha casa quando a mão do Soberano Senhor veio ali sobre mim. 2Olhei e vi uma figura como a de um homem. Do que parecia ser a sua cintura para baixo, ele era como fogo, e dali para cima sua aparência era tão brilhante como metal reluzente (NVI). 3Ele estendeu algo que parecia uma mão e me pegou pelos cabelos. Então o Espírito me elevou entre a terra e o céu e me transportou para Jerusalém, numa visão dada por Deus. Fui levado à porta norte do pátio interno do Templo, onde havia um ídolo que provocou o ciúme do Senhor (NVT). 4Eis que ali estava a glória do Deus de Israel, como na visão que eu tive no vale (NAA).

(Ez 8.5-10) 5Então o Senhor me disse: “Filho do homem, olhe para o norte”. Olhei para o norte e ali, perto da entrada da porta junto ao altar, estava o ídolo que havia provocado o ciúme do Senhor. 6“Filho do homem”, disse ele, “você vê o que estão fazendo? Vê os pecados detestáveis que o povo de Israel comete para me afastar de meu Templo? Venha, e eu lhe mostrarei pecados ainda mais detestáveis que estes!” (NVT) 7Ele me levou à entrada do átrio. Olhei, e eis que havia um buraco na parede (NAA). 8Ele me disse: “Filho do homem, agora escave o muro”. Escavei o muro e vi a abertura de uma porta ali. 9E ele me disse: “Entre e veja as coisas repugnantes e más que estão fazendo” (NVI). 10Entrei e vi as paredes cobertas de desenhos de toda espécie de animal que rasteja e de criaturas detestáveis. Também vi diversos ídolos adorados pelos israelitas (NVT).

(Ez 8.11-12) 11Estavam ali setenta autoridades de Israel, e no meio estava Jazanias, filho de Safã. Cada um deles segurava um incensário do qual subia uma nuvem de incenso. 12Então o Senhor me disse: “Filho do homem, você vê o que as autoridades de Israel fazem com seus ídolos em salas escuras? Dizem: ‘O Senhor não nos vê. O Senhor abandonou nossa terra!’(NVT).

(Ez 8.13-16) 13E acrescentou: “Venha, e eu lhe mostrarei pecados ainda mais detestáveis que estes!” 14Em seguida, levou-me até a porta norte do Templo do Senhor, onde algumas mulheres estavam sentadas chorando pelo deus Tamuz. 15“Filho do homem, você vê isso?”, ele perguntou. “Venha, e eu lhe mostrarei pecados ainda mais detestáveis que estes!” 16Levou-me para o átrio de dentro da Casa do Senhor. E eis que ali, junto à entrada do Templo do Senhor, entre o pórtico e o altar, estavam cerca de vinte e cinco homens, de costas para o Templo do Senhor e com o rosto voltado para o leste; adoravam o sol, virados para o leste (NAA).

(Ez 8.17-18) 17Então me disse: “Você está vendo, Filho do homem? Será que é pouca coisa para a casa de Judá o fato de fazerem as abominações que fazem aqui, para que ainda encham de violência a terra e tornem a irritar-me? Eis que eles chegam o ramo ao seu nariz. 18Por isso, também eu os tratarei com furor. Os meus olhos não terão piedade, e eu não os pouparei. Ainda que gritem aos meus ouvidos em alta voz, nem assim os ouvirei” (NAA).

Profeta Ezequiel: O Castigo de Jerusalém

(Ez 9.1-4) 1Então o Senhor disse em alta voz: “Tragam os homens escolhidos para castigar a cidade! Digam-lhes que venham com suas armas de destruição!” 2Logo surgiram seis homens, vindos da porta superior, voltada para o norte, e cada um tinha na mão uma arma mortal. Estava com eles um homem vestido de linho, que levava na cintura um estojo com material de escrever. Todos entraram no pátio do Templo e ficaram junto ao altar de bronze (NVT). 3A glória do Deus de Israel se levantou do querubim sobre o qual estava, indo até a entrada do Templo. E o Senhor clamou ao homem vestido de linho, que tinha o estojo de escriba à cintura (NAA), 4e lhe disse: “Ande pelas ruas de Jerusalém e ponha um sinal na testa de todos que choram e gemem por causa dos pecados detestáveis cometidos em sua cidade” (NVT).

(Ez 9.5-6) 5Em seguida, ouvi o Senhor dizer aos outros homens: “Sigam-no pela cidade e matem todos cuja testa não estiver marcada. Não mostrem compaixão nem tenham piedade! 6Matem todos: idosos e jovens, meninas, mulheres e crianças pequenas. Mas não toquem naqueles que tiverem o sinal. Comecem aqui mesmo, no Templo!” E eles começaram pelos setenta líderes, na entrada do Templo (NVT).

(Ez 9.7-11) 7“Profanem o Templo!”, o Senhor ordenou. “Encham seus pátios de cadáveres. Vão!” Então eles saíram e começaram a matança em toda a cidade (NVT). 8Enquanto isso eu fiquei sozinho. Então prostrei-me, rosto em terra, clamando: “Ah! Soberano Senhor! Vais destruir todo o remanescente de Israel lançando a tua ira sobre Jerusalém?” (NVI) 9Então me respondeu: “A iniquidade da casa de Israel e de Judá é excessivamente grande, a terra se encheu de sangue, e a cidade, de injustiça. E eles ainda dizem: ‘O Senhor abandonou a terra, o Senhor não nos vê’. 10Quanto a mim, os meus olhos não terão piedade, e não pouparei ninguém. Eu lhes darei o que merecem por seus atos”. 11Então o homem que estava vestido de linho e que tinha o estojo de escriba à cintura relatou, dizendo: “Fiz como me ordenou” (NAA).

Profeta Ezequiel: A Glória de Deus Abandona o Templo

(Ez 10.1-5) 1Olhei, e eis que, no firmamento que estava por cima da cabeça dos querubins, havia algo como uma pedra de safira e que parecia ser um trono. 2E falou ao homem vestido de linho: “Vá por entre as rodas até debaixo dos querubins e encha as mãos com brasas acesas que estão entre os querubins. Depois, espalhe as brasas sobre a cidade”. Ele entrou, enquanto eu observava (NAA). 3Os querubins estavam na extremidade sul do Templo quando o homem entrou, e a nuvem de glória encheu o pátio interno (NVT). 4Então a glória do Senhor levantou-se de cima dos querubins e moveu-se para a entrada do Templo. A nuvem encheu o Templo, e o pátio foi tomado pelo resplendor da glória do Senhor (NVI). 5Então a glória do Senhor se elevou acima dos querubins e foi para a porta do Templo. Essa nuvem encheu o Templo, e o pátio resplandeceu com a glória do Senhor (NVT).

(Ez 10.6-10) 6O Senhor ordenou ao homem vestido de linho: “Vá entre os querubins e pegue algumas brasas ardentes que estão entre as rodas”. O homem foi e colocou-se ao lado das rodas (NVT). 7Então um dos querubins estendeu a mão para o fogo que estava entre eles, pegou algumas brasas e as pôs nas mãos do homem que estava vestido de linho, o qual as pegou e saiu (NAA). 8Debaixo das asas dos querubins podia-se ver o que se parecia com mãos humanas (NVI). 9Olhei, e eis quatro rodas junto aos querubins, uma roda junto a cada querubim; o aspecto das rodas era brilhante como pedra de berilo (NAA). 10As quatro rodas eram semelhantes e feitas da mesma forma; cada uma tinha dentro dela outra roda que girava na transversal (NVT).

(Ez 10.11-13) 11Quando elas andavam, podiam ir em quatro direções e não se viravam quando se moviam. Para onde a primeira roda ia, as outras seguiam; e elas não se viravam quando se moviam (NAA). 12Tanto os querubins como as rodas eram cobertos de olhos. Os querubins tinham olhos por todo o corpo, inclusive nas mãos, nas costas e nas asas (NVT). 13Quanto às rodas, pude ouvir que foram chamadas de “giratórias” (NAA).

(Ez 10.14-17) 14Cada um dos seres viventes tinha quatro rostos: o primeiro era rosto de querubim, o segundo, rosto humano, o terceiro, rosto de leão, e o quarto, rosto de águia (NAA). 15Então os querubins se elevaram. Eram os mesmos seres viventes que eu tinha visto junto ao rio Quebar (NVI). 16Quando os querubins se moviam, as rodas ao lado deles se moviam; e, quando os querubins estendiam as asas para erguer-se do chão, as rodas também iam com eles (NVI). 17Quando os querubins paravam, as rodas paravam. Quando voavam para cima, as rodas subiam, pois o espírito dos seres vivos estava nas rodas (NVT).

(Ez 10.18-22) 18Então a glória do Senhor se afastou da porta do Templo e parou sobre os querubins. 19E, enquanto eu observava, os querubins voaram, acompanhados de suas rodas, até a porta leste do Templo do Senhor. E a glória do Deus de Israel pairava sobre eles (NVT). 20Esses seres viventes eram os mesmos que eu vi debaixo do Deus de Israel junto ao rio Quebar, e percebi que eles eram querubins. 21Cada um tinha quatro rostos e quatro asas, e debaixo de suas asas havia o que pareciam mãos humanas (NVI). 22A aparência dos seus rostos era como a dos rostos que eu tinha visto junto ao rio Quebar; tinham o mesmo aspecto, eram os mesmos seres. Cada um andava para a sua frente (NAA).

Profeta Ezequiel: O Juízo de Deus contra as Autoridades do Povo

(Ez 11.1-4) 1Então o Espírito me ergueu e me levou para a porta do Templo do Senhor que dá para o oriente. Ali, à entrada da porta, havia vinte e cinco homens, e vi entre eles Jazanias, filho de Azur, e Pelatias, filho de Benaia, líderes do povo. 2O Senhor me disse: “Filho do homem, estes são os homens que estão tramando o mal e dando maus conselhos nesta cidade (NVI). 3Dizem ao povo: ‘Não acham que é uma boa hora para construir casas? Esta cidade é como uma panela de ferro; estamos seguros dentro dela, como a carne na panela’. 4Portanto, filho do homem, profetize contra eles em alta voz” (NVT).

(Ez 11.5-13) 5Então o Espírito do Senhor veio sobre mim, e mandou-me dizer: “Assim diz o Senhor: ‘É isso que vocês estão dizendo, ó nação de Israel, mas eu sei em que vocês estão pensando. 6Vocês mataram muita gente nesta cidade e encheram as suas ruas de cadáveres’ (NVI). 7Portanto, assim diz o Senhor Soberano: ‘De fato, esta cidade é a panela de ferro, mas os pedaços de carne são aqueles que vocês mataram. Quanto a vocês, em breve os arrancarei da panela (NVT). 8Vocês têm medo da espada, e a espada é o que trarei contra vocês’, palavra do Soberano Senhor (NVI). 9Eu os expulsarei de Jerusalém e os entregarei a estrangeiros, que executarão meus julgamentos contra vocês. 10Vocês serão massacrados até as fronteiras de Israel. Eu os julgarei, e vocês saberão que eu sou o Senhor (NVT). 11Esta cidade não será uma panela para vocês, nem vocês serão carne nela; eu os julgarei nas fronteiras de Israel (NVI), 12e vocês saberão que eu sou o Senhor. Pois vocês não andaram nos meus estatutos, nem executaram os meus juízos; pelo contrário, agiram segundo os juízos das nações que estão ao redor de vocês’”. 13Enquanto eu profetizava, Pelatias, filho de Benaías, morreu. Então caí com o rosto em terra, clamei em alta voz e disse: “Ah! Senhor Deus! Darás fim ao remanescente de Israel?” (NAA)

Profeta Ezequiel: Promessa de Restauração de Israel

(Ez 11.14-16) 14A palavra do Senhor veio a mim, dizendo (NAA): 15“Filho do homem, aqueles que ainda restam em Jerusalém falam de você, de seus parentes e de todo o povo de Israel que está no exílio. Dizem: ‘Estão longe do Senhor, por isso agora ele nos deu a terra deles!’ 16Portanto, diga aos exilados: ‘Assim diz o Senhor Soberano’: ‘Embora eu os tenha espalhado entre as nações do mundo, serei um Santuário para vocês durante seu tempo no exílio’” (NVT).

(Ez 11.17-21) 17Portanto, diga: ‘Assim diz o Soberano Senhor’: ‘Eu os ajuntarei dentre as nações e os trarei de volta das terras para onde vocês foram espalhados, e lhes devolverei a terra de Israel’. 18Eles voltarão para ela e retirarão todas as suas imagens repugnantes e os seus ídolos detestáveis (NVI). 19Eu lhes darei um só coração, e porei um espírito novo dentro deles; tirarei deles o coração de pedra e lhes darei coração de carne, 20para que andem nos meus estatutos e guardem os meus juízos, e os executem. Eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus (NAA). 21Mas, quanto àqueles cujos corações estão afeiçoados às suas imagens repugnantes e aos ídolos detestáveis, farei cair sobre suas próprias cabeças aquilo que eles têm feito, palavra do Soberano Senhor” (NVI).

Profeta Ezequiel: A Glória de Deus se Afasta de Jerusalém

(Ez 11.22-25) 22Então os querubins levantaram as asas, acompanhados de suas rodas, e a glória do Deus de Israel pairava sobre eles (NVT). 23A glória do Senhor subiu da cidade e parou sobre o monte que fica a leste dela (NVI). 24Depois, o Espírito me levantou e me levou à Caldeia, para junto dos exilados, numa visão pelo Espírito de Deus. E a visão que eu havia tido se afastou de mim. 25Então contei aos exilados todas as coisas que o Senhor me havia mostrado (NAA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.