• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 294

294º Dia – 21 de Outubro

O NOVO TESTAMENTO

CIDADE DE CAFARNAUMJesus é o Pão da Vida

(Jo 6.25-27) 25A multidão encontrou Jesus no lado oeste do lago, e perguntaram a ele: “Mestre, quando foi que o senhor chegou aqui?” (NTLH) 26Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade lhes digo que vocês estão me procurando não porque viram sinais, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos (NAA). 27Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem lhes dará. Deus, o Pai, nele colocou o seu selo de aprovação” (NVI).

(Jo 6.28-36) 28Então lhe perguntaram: “Que faremos para realizar as obras de Deus?” (NAA) 29Jesus lhes disse: “Esta é a única obra que Deus quer de vocês: ‘Creiam naquele que ele enviou’”. 30Eles responderam: “Se deseja que creiamos no senhor, mostre-nos um sinal. O que o senhor pode fazer? (NVT) 31Nossos pais comeram o maná no deserto, como está escrito: ‘Deu-lhes a comer pão do céu’”. 32Jesus lhes disse: “Em verdade, em verdade lhes digo que não foi Moisés quem deu o pão do céu para vocês; quem lhes dá o verdadeiro pão do céu é meu Pai (NAA). 33Pois o pão de Deus é aquele que desceu do céu e dá vida ao mundo” (NVI). 34Disseram eles: “Senhor, dá-nos sempre desse pão!” (NVI) 35Jesus respondeu: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim jamais terá fome, e quem crê em mim jamais terá sede. 36Porém eu já disse que vocês não creem, embora estejam me vendo” (NAA).

(Jo 6.37-40) 37“Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora. 38Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, mas a vontade daquele que me enviou. 39E a vontade de quem me enviou é esta: ‘Que eu não perca nenhum de todos os que ele me deu; pelo contrário, eu o ressuscitarei no último dia’. 40De fato, a vontade de meu Pai é que todo aquele que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia” (NAA).

(Jo 6.41-46) 41Então os judeus começaram a murmurar contra ele, porque tinha dito: “Eu sou o pão que desceu do céu”. 42E diziam: “Este não é Jesus, o filho de José? Por acaso não conhecemos o pai e a mãe dele? Como é que ele agora diz: ‘Desci do céu’”? 43Jesus respondeu: “Parem de resmungar contra mim (NTLH). 44Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. 45Está escrito nos Profetas: ‘E todos serão ensinados por Deus’. Portanto, todo aquele que ouviu e aprendeu do Pai, esse vem a mim. 46Não que alguém tenha visto o Pai, a não ser aquele que vem de Deus; este já viu o Pai” (NAA).

(Jo 6.47-51) 47Em verdade, em verdade lhes digo: ‘Quem crê em mim tem a vida eterna’ (NAA). 48Eu sou o pão da vida (NTLH). 49Os pais de vocês comeram o maná no deserto e morreram. 50Este é o pão que desce do céu, para que todo o que dele comer não pereça. 51Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá eternamente. E o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne” (NAA).

(Jo 6.52-58) 52Então os judeus começaram a discutir exaltadamente entre si: “Como pode este homem nos oferecer a sua carne para comermos?” (NVI) 53Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade lhes digo que, se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, não terão vida em vocês mesmos (NAA). 54Todo o que come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. 55Pois a minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida (NVI). 56Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim, e eu permaneço nele. 57Assim como o Pai, que vive, me enviou, e igualmente eu vivo por causa do Pai, também quem de mim se alimenta viverá por mim. 58Este é o pão que desceu do céu, em nada semelhante àquele que os pais de vocês comeram e, mesmo assim, morreram; quem comer este pão viverá eternamente” (NAA).

(Jo 6.60-65) 60Muitos dos seus discípulos, tendo ouvido tais palavras, disseram: “Duro é este discurso; quem pode suportá-lo?” 61Mas Jesus, sabendo por si mesmo que os seus discípulos murmuravam a respeito do que ele havia falado, disse-lhes: “Isto escandaliza vocês? 62Que acontecerá, então, se virem o Filho do Homem subir para o lugar onde primeiro estava? 63O Espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita. As palavras que eu lhes tenho falado são espírito e são vida (NAA). 64Contudo, há alguns de vocês que não creem”. Pois Jesus sabia desde o princípio quais deles não criam e quem o iria trair (NVI). 65E prosseguiu: “Por causa disto é que falei para vocês que ninguém poderá vir a mim, se não lhe for concedido pelo Pai” (NAA).

(Jo 6.59) 59Jesus disse essas coisas quando ensinava na sinagoga de Cafarnaum (NAA).

(Jo 6.66-71) 66Diante disso, muitos dos seus discípulos o abandonaram e já não andavam com ele. 67Então Jesus perguntou aos Doze: “Será que vocês também querem se retirar?” 68Simão Pedro respondeu: “Senhor, para quem iremos? O senhor tem as palavras da vida eterna, 69e nós temos crido e conhecido que o senhor é o Santo de Deus” (NAA). 70Então Jesus disse: “Eu escolhi vocês doze, mas um de vocês é um diabo”. 71Ele se referia a Judas, filho de Simão Iscariotes, um dos Doze, que mais tarde o trairia (NVT).

Tradições e Mandamentos

(Mc 7.1-5) 1Os fariseus e alguns escribas, vindos de Jerusalém, reuniram-se em volta de Jesus. 2Eles viram que alguns dos discípulos de Jesus comiam pão com as mãos impuras, isto é, sem lavar (NAA). 3Pois todos os judeus, sobretudo os fariseus, não comem sem antes lavar cuidadosamente as mãos, como exige a tradição dos líderes religiosos (NVT). 4Quando voltam da praça, não comem sem se lavar. E há muitas outras coisas que receberam para observar, como a lavagem de copos, jarros e vasos de metal e camas (NAA). 5Então os fariseus e mestres da lei lhe perguntaram: “Por que seus discípulos não seguem a tradição dos líderes religiosos? Eles comem sem antes realizar a cerimônia de lavar as mãos!” (NVT)

(Mt 15.1-2) 1Então alguns fariseus e mestres da lei chegaram de Jerusalém para ver Jesus e lhe perguntaram: 2“Por que seus discípulos desobedecem à tradição dos líderes religiosos? Eles não respeitam a cerimônia de lavar as mãos antes de comer!” (NVT)

(Mt 15.3-6) 3Jesus respondeu: “E por que vocês, com suas tradições, desobedecem ao mandamento de Deus? 4Pois Deus ordenou: ‘Honre seu pai e sua mãe’ e ‘Quem insultar seu pai ou sua mãe será executado’. 5Em vez disso, vocês ensinam que, se alguém disser a seus pais: ‘Sinto muito, mas não posso ajudá-los; jurei entregar como oferta a Deus aquilo que eu teria dado a vocês’ (NVT), 6esse não precisará mais honrar os seus pais. E, assim, vocês invalidam a palavra de Deus, por causa da tradição de vocês” (NAA).

(Mc 7.10-13) 10“Por exemplo, Moisés deu esta Lei: ‘Honre seu pai e sua mãe’ e ‘Quem insultar seu pai ou sua mãe será executado’ (NVT). 11Mas vocês afirmam que se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: ‘Qualquer ajuda que vocês poderiam receber de mim é Corbã’, isto é, uma oferta dedicada a Deus (NVI). 12Com isso, desobrigam as pessoas de cuidarem dos pais, 13anulando a palavra de Deus a fim de transmitir sua própria tradição. E esse é apenas um exemplo entre muitos outros” (NVT).

(Mc 7.6-7) 6Jesus respondeu: “Hipócritas! Isaías tinha razão quando  profetizou a seu respeito, pois escreveu: ‘Este povo me honra com os lábios, mas o coração está longe de mim (NVT). 7E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos humanos” (NAA).

(Mt 15.7-9) 7Hipócritas! Bem profetizou Isaías acerca de vocês, dizendo: 8‘Este povo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. 9Em vão me adoram; seus ensinamentos não passam de regras ensinadas por homens’” (NVI).

(Mc 7.8-9) 8Vocês negligenciam os mandamentos de Deus e se apegam às tradições dos homens”. 9E disse-lhes: “Vocês estão sempre encontrando uma boa maneira para pôr de lado os mandamentos de Deus, a fim de obedecer às suas tradições!” (NVI)

(Mt 15.10-11) 10Jesus chamou para junto de si a multidão e disse: “Ouçam e entendam (NVI): 11‘O que contamina a pessoa não é o que entra pela boca, mas o que sai da boca; isto, sim, contamina a pessoa’” (NAA).

(Mc 7.14-16) 14Jesus chamou novamente a multidão para junto de si e disse: “Ouçam-me todos e entendam isto (NVI): 15‘Não existe nada fora da pessoa que, entrando nela, possa contaminá-la; mas o que sai da pessoa é o que a contamina (NAA). 16Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça” (ARA).

(Mt 15.12-14) 12Então os discípulos se aproximaram dele e perguntaram: “Sabe que os fariseus ficaram ofendidos quando ouviram isso?” (NVI) 13Jesus respondeu: “Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada pela raiz. 14Portanto, não façam caso deles. São guias cegos conduzindo cegos e, se um cego conduzir outro, ambos cairão numa vala” (NVT).

(Mc 7.17) 17Depois de deixar a multidão e entrar em casa, os discípulos lhe pediram explicação da parábola (NVI)

(Mt 15.15-19) 15Então Pedro pediu-lhe: “Explica-nos a parábola” (NVI). 16Jesus, porém, disse: “Também vocês ainda não entenderam? (NAA) 17Não percebem que o que entra pela boca vai para o estômago e mais tarde é expelido? (NVI) 18Mas o que sai da boca vem do coração, e é isso que contamina a pessoa (NAA). 19Pois do coração saem os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as imoralidades sexuais, os roubos, os falsos testemunhos e as calúnias (NVI).

(Mc 7.18-19) 18Jesus lhes disse: “Então vocês também não entendem? Não compreendem que tudo o que está fora da pessoa, entrando nela, não a pode contaminar (NAA), 19Porque não entra em seu coração, mas em seu estômago, sendo depois eliminado”. Ao dizer isto, Jesus declarou puros todos os alimentos (NVI).

(Mc 7.20-23) 20E dizia: “O que sai da pessoa, isso é o que a contamina. 21Porque de dentro, do coração das pessoas, é que procedem os maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os furtos, os homicídios, 22os adultérios, a avareza, as maldades, o engano, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, o orgulho, a falta de juízo. 23Todos estes males vêm de dentro e contaminam a pessoa” (NAA).

(Mt 15.20) 20São estas as coisas que contaminam a pessoa; mas o comer sem lavar as mãos não a contamina” (NAA).

REGIÃO DE TIRO E SIDOMA Mulher Cananeia

(Mt 15.21) 21Então Jesus deixou a Galiléia, rumo ao norte, para a região de Tiro e Sidom (NVT).

(Mc 7.24) 24Levantando-se Jesus, saiu dali e foi para as terras de Tiro e Sidom. Tendo entrado numa casa, não queria que ninguém soubesse onde ele estava. No entanto, não pôde ocultar-se (NAA).

(Mc 7.25-26) 25De imediato, uma mulher que tinha ouvido falar dele veio e caiu a seus pés. A filha dela estava possuída por um espírito impuro (NVT). 26Essa mulher era estrangeira, de origem siro-fenícia, e pedia a Jesus que expulsasse o demônio da sua filha (NAA).

(Mt 15.22-23) 22Uma mulher cananeia que ali morava veio a ele, suplicando: “Senhor, Filho de Davi, tenha misericórdia de mim! Minha filha está possuída por um demônio que a atormenta terrivelmente”. 23Jesus não disse uma só palavra em resposta. Então os discípulos insistiram com ele: “Mande-a embora; ela não para de gritar atrás de nós” (NVT).

(Mt 15.24-25) 24Jesus disse à mulher: “Fui enviado para ajudar apenas as ovelhas perdidas do povo de Israel”. 25A mulher, porém, aproximou-se, ajoelhou-se diante dele e implorou mais uma vez: “Senhor, ajude-me!” (NVT)

(Mc 7.27) 27Ele lhe disse: “Deixe que primeiro os filhos comam até se fartar; pois não é correto tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos”.

(Mt 15.26-27) 26Ele respondeu: “Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos”. 27Disse ela, porém: “Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos” (NVI).

(Mc 7.28) 28Ela respondeu: “Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem das migalhas das crianças” (NVI).

(Mc 7.29)  29Então Jesus disse à mulher: “Por causa desta palavra, você pode ir; o demônio já saiu da sua filha” (NAA).

(Mt 15.28)28Jesus respondeu: “Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja”. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada (NVI).

(Mc 7.30) 30E, quando ela chegou à sua casa, sua filha estava deitada na cama, e o demônio a havia deixado (NVT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.