• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 327

327º Dia – 23 de Novembro

O NOVO TESTAMENTO

PRIMEIRA VIAGEM MISSIONÁRIAO Retorno para Antioquia da Síria

(At 14.24-26) 24Atravessando a Pisídia, Paulo e Barnabé se dirigiram à Panfília (NAA), 25e, tendo pregado a palavra em Perge, desceram para Atália (NVI). 26Por fim, voltaram de navio para Antioquia, onde sua viagem tinha começado e onde haviam sido entregues à graça de Deus para realizar o trabalho que agora completavam (NVT).

Paulo e Barnabé na Cidade Antioquia da Síria

(At 14.27-28) 27Quando chegaram a Antioquia, reuniram a Igreja e relataram tudo o que Deus havia feito com eles e como tinha aberto aos gentios a porta da fé (NAA). 28E permaneceram ali com os discípulos por muito tempo (NVT).

ANTIOQUIA DA SÍRIAA CARTA AOS GÁLATAS

Saudação

(Gl 1.1-2) 1Paulo, apóstolo enviado, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos, 2e todos os irmãos que estão comigo, às Igrejas da Galácia (NVI).

(Gl 1.3-5) 3Que a graça e a paz estejam com vocês, da parte de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo, 4o qual entregou a si mesmo pelos nossos pecados, para nos livrar deste mundo perverso, segundo a vontade de nosso Deus e Pai (NAA), 5a quem seja a glória para todo o sempre. Amém! (NVI)

Não Existe Outro Evangelho

(Gl 1.6-9) 6Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho 7que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o Evangelho de Cristo. 8Mas ainda que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! 9Como já dissemos, agora repito: “Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado!” (NVI)

O Chamado de Paulo

(Gl 1.10) 10Acaso estou tentando conquistar a aprovação das pessoas? Ou será que procuro a aprovação de Deus? Se meu objetivo fosse agradar as pessoas, não seria servo de Cristo (NVT).

(Gl 1.11-12) 11Irmãos, quero que saibam que o Evangelho por mim anunciado não é de origem humana (NVI). 12Não a recebi de fonte humana, e ninguém a ensinou a mim. Ao contrário, eu a recebi por revelação de Jesus Cristo (NVT).

(Gl 1.13-17) 13Porque vocês ouviram qual foi, no passado, o meu modo de agir no judaísmo, como, de forma violenta, eu perseguia a Igreja de Deus e procurava destruí-la. 14E, na minha nação, quanto ao judaísmo, levava vantagem sobre muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições dos meus pais. 15Mas, quando Deus, que me separou antes de eu nascer e me chamou pela sua graça, achou por bem 16revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, não fui imediatamente consultar outras pessoas, 17nem fui a Jerusalém para me encontrar com os que já eram Apóstolos antes de mim, mas fui para as regiões da Arábia e voltei, outra vez, para Damasco (NAA).

(Gl 1.18-20) 18Passados três anos, fui a Jerusalém para me encontrar com Cefas e fiquei quinze dias com ele. 19E não vi outro dos Apóstolos, a não ser Tiago, o irmão do Senhor. 20Ora, a respeito do que estou escrevendo a vocês, afirmo diante de Deus que não estou mentindo (NAA).

(Gl 1.21-24) 21Depois disso, fui às províncias da Síria e da Cilícia (NVT). 22Durante esse tempo as pessoas das Igrejas da Judéia não me conheciam pessoalmente (NTLH). 23Sabiam apenas o que as pessoas diziam: “Aquele que nos perseguia agora anuncia a mesma fé que antes tentava destruir” (NVT). 24E glorificavam a Deus por minha causa (NVI).

Paulo e Barnabé são Aceitos pelos Apóstolos

(Gl 2.1-5) 1Catorze anos depois, voltei a Jerusalém, dessa vez com Barnabé, e Tito também nos acompanhou. 2Fui para lá por causa de uma revelação. Reuni-me em particular com os líderes e compartilhei com eles as boas-novas que tenho anunciado aos gentios. Queria me certificar de que estávamos de acordo, pois temia que meus esforços, anteriores e presentes, fossem considerados inúteis. 3Mas eles me apoiaram e nem sequer exigiram que Tito, que me acompanhava, fosse circuncidado, embora fosse gentio. 4Essa questão foi levantada apenas por causa de alguns falsos irmãos que se infiltraram em nosso meio para nos espionar e nos tirar a liberdade que temos em Cristo Jesus. Sua intenção era nos escravizar (NVT). 5Não nos submetemos a eles nem por um instante, para que a verdade do Evangelho permanecesse com vocês (NVI).

(Gl 2.6-10) 6Quanto aos líderes. cuja reputação, a propósito, não fez diferença alguma para mim, pois Deus não age com favoritismo, nada tiveram a acrescentar àquilo que eu pregava (NVT). 7Ao contrário, reconheceram que a mim havia sido confiada a pregação do Evangelho aos incircuncisos; assim como a Pedro, aos circuncisos (NVI). 8Pois o mesmo Deus que atuou por meio de Pedro como apóstolo aos judeus também atuou por meu intermédio como apóstolo aos gentios. 9De fato, Tiago, Pedro e João, tidos como colunas, reconheceram a graça que me foi dada e aceitaram Barnabé e a mim como seus colaboradores. Eles nos incentivaram a dar continuidade à pregação aos gentios, enquanto eles prosseguiriam no trabalho com os judeus. 10Sua única sugestão foi que continuássemos a ajudar os pobres, o que sempre fiz com dedicação (NVT).

Paulo Exorta Pedro e os Demais Judeus Convertidos

(Gl 2.11-14) 11Quando, porém, Cefas veio a Antioquia, resisti-lhe face a face, porque havia se tornado repreensível. 12De fato, antes de chegarem alguns da parte de Tiago, ele comia com os gentios; quando, porém, chegaram, começou a afastar-se e, por fim, separou-se, temendo os da circuncisão (NAA). 13Como resultado, outros judeus imitaram a hipocrisia de Pedro, e até mesmo Barnabé se deixou levar por ela. 14Quando vi que não estavam seguindo a verdade das boas-novas, disse a Pedro diante de todos: ‘Se você, que é judeu de nascimento, vive como gentio, e não como judeu, por que agora obriga esses gentios a viverem como judeus? (NVT)

Justificados pela Fé

(Gl 2.15-21) 15Você e eu somos judeus de nascimento, e não pecadores, como os judeus consideram os gentios. 16E, no entanto, sabemos que uma pessoa é declarada justa diante de Deus pela fé em Jesus Cristo, e não pela obediência à Lei. E cremos em Cristo Jesus, para que fôssemos declarados justos pela fé em Cristo, e não porque obedecemos à Lei. Pois ninguém é declarado justo diante de Deus pela obediência à Lei. 17Mas, se a busca da justiça por meio de Cristo nos torna culpados de abandonar a Lei, isso torna Cristo responsável por nosso pecado? De maneira nenhuma! (NVT) 18Porque, se volto a edificar aquilo que destruí, a mim mesmo constituo transgressor. 19Porque eu, mediante a própria Lei, morri para a Lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo; 20logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. E esse viver que agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim (NAA). 21Não considero a graça de Deus algo sem sentido. Pois, se a obediência à Lei nos tornasse justos diante de Deus, não haveria necessidade alguma de Cristo morrer (NVT).

Pela Fé ou pela Lei

(Gl 3.1-2) 1Ó gálatas insensatos! Quem os enfeitiçou? Não foi diante dos seus olhos que Jesus Cristo foi exposto como crucificado? (NVI) 2Deixem-me perguntar apenas uma coisa: “Vocês receberam o Espírito porque obedeceram à Lei ou porque creram na mensagem que ouviram?” (NVT)

(Gl 3.3-5) 3Será que vocês são tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, querem agora se aperfeiçoar pelo esforço próprio? (NVI) 4Será que foi à toa que passaram por tantos sofrimentos? É claro que não foi à toa! 5Volto a perguntar: “Acaso aquele que lhes deu o Espírito e realizou milagres entre vocês agiu assim porque vocês obedeceram à Lei ou porque creram na mensagem que ouviram?” (NVT)

(Gl 3.6-7) 6Considerem o exemplo de Abraão: “Ele creu em Deus, e isso lhe foi creditado como justiça”. 7Estejam certos, portanto, de que os que são da fé, estes é que são filhos de Abraão (NVI).

(Gl 3.8-9) 8Prevendo a Escritura que Deus justificaria pela fé os gentios, anunciou primeiro as boas novas a Abraão: “Por meio de você todas as nações serão abençoadas” (NVI). 9Portanto, todos os que creem participam da mesma bênção que Abraão recebeu por crer (NVT).

O Justo Viverá pela Fé

(Gl 3.10-12) 10Contudo, os que confiam na Lei para serem declarados justos estão sob maldição, pois as Escrituras dizem: “Maldito quem não se mantiver obediente a tudo que está escrito no Livro da Lei”. 11É evidente, portanto, que ninguém pode ser declarado justo diante de Deus pela Lei. Pois as Escrituras dizem: “O justo viverá pela fé” (NVT). 12Ora, a Lei não procede de fé, mas “aquele que observar os seus preceitos por eles viverá” (NAA).

(Gl 3.13-14) 13Cristo nos redimiu da maldição da Lei quando se tornou maldição em nosso lugar, pois está escrito: “Maldito todo aquele que for pendurado num madeiro”. 14Isso para que em Cristo Jesus a bênção de Abraão chegasse também aos gentios, para que recebêssemos a promessa do Espírito mediante a fé (NVI).

A Lei e a Promessa

(Gl 3.15-18) 15Irmãos, humanamente falando, ninguém pode anular um testamento depois de ratificado, nem lhe acrescentar algo (NVI). 16Pois Deus fez as suas promessas a Abraão e ao seu descendente. Quando as Escrituras dizem que Deus fez as suas promessas a Abraão “e à sua descendência”, elas não querem dizer que se trata de muitas pessoas, mas de uma só, isto é, Cristo (NTLH). 17E digo isto: “Uma aliança já anteriormente confirmada por Deus não pode ser revogada pela Lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, a ponto de anular a promessa” (NAA). 18Pois, se a herança depende da Lei, já não depende de promessa. Deus, porém, concedeu-a gratuitamente a Abraão mediante promessa (NVI).

(Gl 3.19-20) 19Qual era, então, o propósito da Lei? Ela foi acrescentada à promessa para mostrar às pessoas seus pecados. Mas a Lei deveria durar apenas até a vinda do descendente prometido. Por meio de anjos, a Lei foi entregue a um mediador. 20O mediador, porém, só é necessário quando dois ou mais precisam chegar a um acordo, e Deus é um só (NVT).

(Gl 3.21-22) 21Existe, portanto, algum conflito entre a Lei e as promessas de Deus? De maneira nenhuma! Se a Lei fosse capaz de nos conceder nova vida, seríamos declarados justos pela obediência a ela. 22Mas as Escrituras afirmam que somos todos prisioneiros do pecado, de modo que nós, os que cremos, recebemos a promessa de libertação apenas pela fé em Jesus Cristo (NVT).

(Gl 3.23-24) 23Antes que o caminho da fé se tornasse disponível, fomos colocados sob a custódia da Lei e mantidos sob a sua guarda, até que essa fé fosse revelada. 24Em outras palavras, a Lei foi nosso guardião até a vinda de Cristo; ela nos protegeu até que, por meio da fé, pudéssemos ser declarados justos (NVT).

(Gl 3.25-29) 25Agora que veio o caminho da fé, não precisamos mais da Lei como guardião. 26Pois todos vocês são filhos de Deus por meio da fé em Cristo Jesus. 27Todos que foram unidos com Cristo no batismo se revestiram de Cristo. 28Não há mais judeu nem gentio, escravo nem livre, homem nem mulher, pois todos vocês são um em Cristo Jesus (NVT). 29E, se vocês são de Cristo, são descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa (NVI).

Filhos e Herdeiros

(Gl 4.1-7) 1Digo, porém, o seguinte: “Durante o tempo em que o herdeiro é menor de idade, em nada difere de um escravo, mesmo sendo senhor de tudo (NAA). 2No entanto, ele está sujeito a guardiães e administradores até o tempo determinado por seu pai” (NVI). 3O mesmo acontecia conosco. Éramos como crianças; éramos escravos dos princípios básicos deste mundo (NVT). 4Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da Lei (NVI), 5para resgatar os que estavam sob a Lei, a fim de que recebêssemos a adoção de filhos (NAA). 6E, porque nós somos seus filhos, Deus enviou ao nosso coração o Espírito de seu Filho, e por meio dele clamamos: “Aba, Pai”. 7Agora você já não é escravo, mas filho de Deus. E, uma vez que é filho, Deus o tornou herdeiro dele (NVT).

2 thoughts on “Bíblia Cronológica – Versões | Dia 327”

  1. Paula Pereira disse:

    Oi, dei de cara com seu post aqui e olha, me surpreendi. Muito Interessante! 😉

    1. Muito obrigado por nos acompanhar. O nosso desejo é que o maior número de pessoas possam se interessar pela Bíblia. Obrigado pela palavras e divulgue este trabalho para que outras pessoas possam ser abençoadas com a Palavra de Deus. Ano que vem teremos novidades!! Um grande abraço e Deus abençoe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.