• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 338

338º Dia – 4 de Dezembro

O NOVO TESTAMENTO

PROVÍNCIA DA MACEDÔNIAContinuação da 2ª CARTA AOS CORÍNTIOS

Paulo Defende seu Ministério

(2Co 10.1-2) 1Agora eu, Paulo, apelo a vocês com a mansidão e a bondade de Cristo, mesmo ciente de que vocês me consideram fraco pessoalmente e duro apenas a distância, quando lhes escrevo. 2Pois bem, suplico-lhes que, quando eu for visitá-los, não precise ser duro com aqueles que pensam que agimos segundo motivações humanas (NVT).

(2Co 10.3-6) 3É claro que somos humanos, mas não lutamos por motivos humanos (NTLH). 4As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. 5Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo (NVI). 6E estaremos prontos para punir qualquer desobediência, quando a obediência de vocês estiver completa (NAA).

(2Co 10.7-8) 7Vocês observam apenas a aparência das coisas. Se alguém está convencido de que pertence a Cristo, deveria considerar novamente consigo mesmo que, assim como ele, nós também pertencemos a Cristo. 8Pois mesmo que eu tenha me orgulhado um pouco mais da autoridade que o Senhor nos deu, não me envergonho disso, pois essa autoridade é para edificá-los, e não para destruí-los (NVI).

(2Co 10.9-11) 9Não quero que pareça ser meu objetivo intimidar vocês por meio de cartas (NAA). 10Pois alguns dizem: “As cartas de Paulo são exigentes e enérgicas, mas em pessoa ele é fraco e seus discursos de nada valem”. 11Essa gente deveria perceber que, quando estivermos presentes em pessoa, nossas ações serão tão enérgicas quanto aquilo que dizemos a distância, em nossas cartas (NVT).

(2Co 10.12-13) 12Não nos atreveríamos a nos classificar como esses indivíduos nem a nos comparar com eles, que se julgam tão importantes. Ao se compararem apenas uns com os outros, usando a si mesmos como medida, só mostram como são ignorantes. 13Não nos orgulharemos do que se fez fora de nosso campo de autoridade. Antes, nos orgulharemos apenas do que aconteceu dentro dos limites da obra que Deus nos confiou, que inclui nosso trabalho com vocês (NVT).

(2Co 10.14-15) 14Quando afirmamos ter autoridade sobre vocês, não ultrapassamos esses limites, pois fomos os primeiros a chegar até vocês com as boas-novas de Cristo. 15Também não nos orgulhamos do trabalho realizado por outros nem assumimos o crédito por ele. Pelo contrário, esperamos que sua fé cresça de tal modo que se ampliem os limites de nosso trabalho entre vocês (NVT).

(2Co 10.16-18) 16Então poderemos anunciar as boas-novas em outros lugares, para além de sua região, onde ninguém esteja trabalhando. Assim, ninguém pensará que estamos nos orgulhando do trabalho feito em território de outros. 17Como dizem as Escrituras: “Quem quiser orgulhar-se, orgulhe-se somente no Senhor” (NVT). 18Porque não é aprovado quem recomenda a si mesmo, e sim aquele que o Senhor recomenda (NAA).

Paulo e os Falsos Apóstolos

(2Co 11.1-2) 1Espero que vocês suportem um pouco da minha insensatez. Sim, por favor, sejam pacientes comigo. 2O zelo que tenho por vocês é um zelo que vem de Deus. Eu os prometi a um único marido, Cristo, querendo apresentá-los a ele como uma virgem pura (NVI).

(2Co 11.3-4) 3Temo que, assim como a serpente, com a sua astúcia, enganou Eva, assim também a mente de vocês seja corrompida e se afaste da simplicidade e pureza devidas a Cristo (NAA). 4Vocês aceitam de boa vontade o que qualquer um lhes diz, mesmo que anuncie um Jesus diferente daquele que lhes anunciamos, ou um espírito diferente daquele que vocês receberam, ou boas-novas diferentes daquelas em que vocês creram (NVT).

(2Co 11.5-6) 5Contudo, não me considero em nada inferior aos tais “super-apóstolos” que ensinam essas coisas. 6Posso não ter a técnica de um grande orador, mas não me falta conhecimento. Deixamos isso bem claro a vocês de todas as formas possíveis.

(2Co 11.7-9) 7Será que fiz mal quando me humilhei e os honrei anunciando-lhes as boas-novas de Deus sem esperar nada em troca? 8Para servir vocês sem lhes ser pesado, tomei contribuições de outras Igrejas que eram mais pobres que vocês. 9E, quando estive com vocês e não tinha o suficiente para me sustentar, não fui um peso para ninguém, pois os irmãos que vieram da Macedônia trouxeram tudo de que eu precisava. Nunca fui um peso para vocês, e nunca serei (NVT).

(2Co 11.10-12) 10Tão certo como a verdade de Cristo está em mim, ninguém em toda a Acaia jamais me impedirá de me orgulhar disso (NVT). 11Por quê? Por que não os amo? Deus sabe que os amo! (NVI) 12Assim, continuarei a fazer o que sempre tenho feito. Com isso, frustrarei aqueles que procuram uma oportunidade de se orgulhar de realizar um trabalho como o nosso (NVT).

(2Co 11.13-15) 13Esses indivíduos são falsos apóstolos, obreiros enganosos disfarçados de Apóstolos de Cristo (NVT). 14Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz (NVI). 15Portanto, não é de admirar que seus servos também finjam ser servos da justiça. No fim, receberão o castigo que suas obras merecem (NVT).

Os Sofrimentos de Paulo como Apóstolo

(2Co 11.16-17) 16Faço questão de repetir: “Ninguém me considere insensato. Mas se vocês assim me consideram, recebam-me como receberiam um insensato, a fim de que eu me orgulhe um pouco. 17Ao ostentar este orgulho, não estou falando segundo o Senhor, mas como insensato” (NVI).

(2Co 11.18-20) 18Uma vez que outros se orgulham de suas realizações humanas, farei o mesmo. 19Afinal, vocês se consideram sábios, mas suportam de boa vontade os insensatos (NVT). 20Vocês toleram quem os escravize, quem os explore, quem os engane, quem se exalte, quem lhes dê bofetadas no rosto (NAA).

(2Co 11.21) 21Para minha vergonha, admito que fomos fracos demais para isso! Naquilo em que todos os outros se atrevem a gloriar-se; falo como insensato; eu também me atrevo (NVI).

(2Co 11.22-27) 22Eles são hebreus? Eu também sou. São israelitas? Eu também sou. São descendentes de Abraão? Eu também sou. 23São servos de Cristo? Sei que dou a impressão de estar louco, mas digo que tenho servido muito mais. Trabalhei com mais dedicação, fui encarcerado com mais frequência, perdi a conta de quantas vezes fui açoitado e, em várias ocasiões, enfrentei a morte (NVT). 24Cinco vezes recebi dos judeus quarenta açoites menos um. 25Três vezes fui açoitado com varas. Uma vez fui apedrejado. Três vezes naufraguei. Fiquei uma noite e um dia boiando em alto mar (NAA). 26Estive continuamente viajando de uma parte a outra, enfrentei perigos nos rios, perigos de assaltantes, perigos dos meus compatriotas, perigos dos gentios; perigos na cidade, perigos no deserto, perigos no mar, e perigos dos falsos irmãos. 27Trabalhei arduamente; muitas vezes fiquei sem dormir, passei fome e sede, e muitas vezes fiquei em jejum; suportei frio e nudez (NVI).

(2Co 11.28-30) 28Além disso, enfrento diariamente uma pressão interior, a saber, a minha preocupação com todas as Igrejas. 29Quem está fraco, que eu não me sinta fraco? Quem não se escandaliza, que eu não me queime por dentro? (NVI) 30Portanto, se devo me orgulhar, prefiro que seja das coisas que mostram como sou fraco (NVT).

(2Co 11.31-33) 31Deus, o Pai de nosso Senhor Jesus, que é digno de louvor eterno, sabe que não estou mentindo. 32Quando estava em Damasco, o governador sob o rei Aretas pôs guardas às portas da cidade para me capturar. 33Para escapar dele, tive de ser baixado num cesto grande, de uma janela no muro da cidade (NVT).

As Visões e Revelações do Senhor Jesus

(2Co 12.1) 1Se é necessário que eu me glorie, ainda que não seja conveniente, vou falar a respeito das visões e revelações do Senhor (NAA).

(2Co 12.2-4) 2Conheço um homem em Cristo que há catorze anos foi arrebatado ao terceiro céu. Se foi no corpo ou fora do corpo, não sei; Deus o sabe. 3E sei que esse homem, se no corpo ou fora do corpo, não sei, mas Deus o sabe, 4foi arrebatado ao paraíso e ouviu coisas indizíveis, coisas que ao homem não é permitido falar (NVI).

(2Co 12.5-7) 5Da experiência desse homem eu teria razão de me orgulhar, mas não o farei; na verdade, minhas fraquezas são minha única razão de orgulho. 6Se quisesse me orgulhar, não seria insensato de fazê-lo, pois estaria dizendo a verdade. Mas não o farei, pois não quero que ninguém me dê crédito além do que pode ver em minha vida ou ouvir em minha mensagem, 7a ainda que eu tenha recebido revelações tão maravilhosas (NVT).

(2Co 12.7-10) 7bPortanto, para evitar que eu me tornasse arrogante, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás para me atormentar e impedir qualquer arrogância (NVT). 8Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim (NVI). 9Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim (NVI). 10Por isso, sinto prazer nas fraquezas, nos insultos, nas privações, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então é que sou forte (NAA).

Exortação à Igreja de Corinto

(2Co 12.11) 11Vocês me obrigaram a agir como insensato. Vocês é que deveriam me elogiar, pois, embora eu nada seja, não sou inferior a esses “super-apóstolos” (NVT).

(2Co 12.12-13) 12Quando estive com vocês, certamente dei provas de que sou apóstolo, pois com grande paciência realizei sinais, maravilhas e milagres entre vocês (NVT). 13Em que vocês foram inferiores às outras Igrejas, exceto no fato de eu nunca ter sido um peso para vocês? Perdoem-me esta ofensa! (NVI)

(2Co 12.14-15) 14Agora, estou pronto para visitá-los pela terceira vez e não lhes serei um peso, porque o que desejo não são os seus bens, mas vocês mesmos. Além disso, os filhos não devem ajuntar riquezas para os pais, mas os pais para os filhos. 15Assim, de boa vontade, por amor de vocês, gastarei tudo o que tenho e também me desgastarei pessoalmente. Visto que os amo tanto, devo ser menos amado? (NVI)

(2Co 12.16-18) 16Seja como for, eu não fui um peso para vocês. No entanto, sendo astuto, eu os prendi com astúcia (NAA). 17Porventura eu os explorei por meio de alguém que lhes enviei? (NVI) 18Pedi a Tito que fosse até aí e mandei com ele outro irmão. Será que Tito explorou vocês? Não é verdade que temos andado no mesmo espírito? Não seguimos nas mesmas pisadas? (NAA)

(2Co 12.19-21) 19Vocês pensam que durante todo este tempo estamos nos defendendo perante vocês? Falamos diante de Deus como alguém que está em Cristo; e tudo o que fazemos, amados irmãos, é para fortalecê-los (NVI). 20Pois temo que, ao visitá-los, não os encontre como eu esperava, e que vocês não me encontrem como esperavam. Temo que haja entre vocês brigas, invejas, manifestações de ira, divisões, calúnias, intrigas, arrogância e desordem. 21Receio que, ao visitá-los outra vez, o meu Deus me humilhe diante de vocês e eu lamente por causa de muitos que pecaram anteriormente e não se arrependeram da impureza, da imoralidade sexual e da libertinagem que praticaram (NVI).

(2Co 13.1) 1Esta é a terceira vez que irei visitá-los. “Os fatos a respeito de cada caso devem ser confirmados pelo depoimento de duas ou três testemunhas” (NVT).

Orientações Finais

(2Co 13.2-4) 2Já o disse anteriormente e digo de novo, como fiz quando estive presente pela segunda vez. Mas, agora, estando ausente, digo aos que, no passado, pecaram e a todos os demais: “Se eu for outra vez, não os pouparei, (NAA) 3visto que vocês estão exigindo uma prova de que Cristo fala por meu intermédio. Ele não é fraco ao tratar com vocês, mas poderoso entre vocês” (NVI). 4Porque, de fato, foi crucificado em fraqueza, mas vive pelo poder de Deus. Porque nós também somos fracos nele, mas viveremos com ele, pelo poder de Deus, para o bem de vocês (NAA).

(2Co 13.5-6) 5Examinem a si mesmos. Verifiquem se estão praticando o que afirmam crer. Assim, poderão ser aprovados. Certamente sabem que Jesus Cristo está entre vocês; do contrário, já foram reprovados. 6Minha expectativa é que, uma vez que se examinarem, reconheçam que não fomos reprovados (NVT).

(2Co 13.7-9) 7Oramos a Deus para que vocês não façam o que é mau, não para que pareça que fomos aprovados em nosso serviço, mas para que façam o que é certo, mesmo que pareça que fomos reprovados ao repreendê-los (NVT). 8Pois nós não podemos fazer nada contra a verdade, mas somente a favor da verdade (NTLH). 9Porque nos alegramos quando nós estamos fracos e vocês estão fortes; e a nossa oração é esta: “Que vocês sejam aperfeiçoados” (NAA).

(2Co 13.10) 10Por isso escrevo estas coisas estando ausente, para que, quando eu for, não precise ser rigoroso no uso da autoridade que o Senhor me deu para edificá-los, e não para destruí-los (NVI).

Saudações Finais

(2Co 13.11-14) 11Sem mais, irmãos, despeço-me de vocês! Procurem aperfeiçoar-se, exortem-se mutuamente, tenham um só pensamento, vivam em paz. E o Deus de amor e paz estará com vocês. 12Saúdem uns aos outros com beijo santo. 13Todos os santos lhes enviam saudações. 14A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês (NVI).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.