• aguavivabocaina@gmail.com
  • +55 14 98183-8530

Bíblia Cronológica – Versões | Dia 352

352º Dia – 18 de Dezembro

O NOVO TESTAMENTO

LOCAL INCERTO – Continuação da 1ª CARTA À TIMÓTEO

Orientações Pessoais

(1Tm 5.23) 23Não beba somente água; beba também um pouco de vinho, por causa do seu estômago e das suas frequentes enfermidades (NAA).

(1Tm 5.24-25) 24Lembre-se de que os pecados de alguns são evidentes, e seu julgamento é inevitável. Há outros, porém, cujos pecados só serão revelados mais tarde. 25Da mesma forma, as boas obras de alguns são evidentes, e outras, feitas em segredo, um dia serão conhecidas (NVT).

Os Senhores e seus Servos

(1Tm 6.1-2) 1Todos os servos que estão debaixo de jugo considerem dignos de toda honra o próprio senhor, para que o nome de Deus e a doutrina não sejam difamados. 2Também os que têm senhor crente não o tratem com desrespeito, porque é irmão; pelo contrário, trabalhem ainda mais, pois ele, que partilha do seu bom serviço, é crente e amado. Ensine e recomende estas coisas (NAA).

Os Falsos Mestres e os Perigos da Riqueza

(1Tm 6.3-5) 3Talvez alguns nos contradigam, mas estes são os verdadeiros ensinamentos do Senhor Jesus Cristo, que conduzem a uma vida de devoção. Quem ensina algo diferente 4é arrogante e sem entendimento. Vive com o desejo doentio de discutir o significado das palavras e provoca contendas que resultam em inveja, divisão, difamação e suspeitas malignas (NVT), 5e discussões sem fim, como costumam fazer as pessoas que perderam o juízo e não têm mais a verdade. Essa gente pensa que a religião é um meio de enriquecer (NTLH).

(1Tm 6.6-8) 6No entanto, a devoção acompanhada de contentamento é, em si mesma, grande riqueza. 7Afinal, não trouxemos nada conosco quando viemos ao mundo, e nada levaremos quando o deixarmos (NVT). 8Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes.

(1Tm 6.9-10) 9Mas os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos insensatos e nocivos, que levam as pessoas a se afundar na ruína e na perdição (NAA). 10Pois o amor ao dinheiro é a raiz de todo mal. E alguns, por tanto desejarem dinheiro, desviaram-se da fé e afligiram a si mesmos com muitos sofrimentos (NVT).

(1Tm 6.17-19) 17Ordene aos que são ricos no presente mundo que não sejam arrogantes, nem ponham sua esperança na incerteza da riqueza, mas em Deus, que de tudo nos provê ricamente, para a nossa satisfação (NVI). 18Diga-lhes que usem seu dinheiro para fazer o bem. Devem ser ricos em boas obras e generosos com os necessitados, sempre prontos a repartir. 19Desse modo, acumularão tesouros para si como um alicerce firme para o futuro, a fim de experimentarem a verdadeira vida (NVT).

Recomendações Finais

(1Tm 6.11-12) 11Você, porém, que é um homem de Deus, fuja de todas essas coisas más. Busque a justiça, a devoção e também a fé, o amor, a perseverança e a mansidão (NVT). 12Combata o bom combate da fé. Tome posse da vida eterna, para a qual você foi chamado e fez a boa confissão na presença de muitas testemunhas (NVI).

(1Tm 6.13-16) 13Diante de Deus, que a tudo dá vida, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos fez a boa confissão, eu recomendo: 14“De obedecer a esta ordem sem vacilar”. Assim, ninguém poderá acusá-lo de coisa alguma, desde agora até a volta de nosso Senhor Jesus Cristo (NVT). 15A qual, no tempo certo, há de ser revelada pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, 16o único que possui imortalidade, que habita em luz inacessível, a quem ninguém jamais viu, nem é capaz de ver. A ele honra e poder eterno. Amém! (NAA)

(1Tm 6.20-21) 20Timóteo, guarde aquilo que Deus lhe confiou. Evite discussões profanas e tolas com aqueles que se opõem a você com suposto conhecimento. 21Alguns se desviaram da fé por seguirem essas tolices. Que a graça de Deus esteja com vocês (NVT).

LOCAL INCERTO – A CARTA À TITO

Saudação

(Tt 1.1-4) 1Paulo, servo de Deus e apóstolo de Jesus Cristo para levar os eleitos de Deus à fé e ao conhecimento da verdade que conduz à piedade, 2fé e conhecimento que se fundamentam na esperança da vida eterna, a qual o Deus que não mente prometeu antes dos tempos eternos (NVI) 3e, no momento oportuno, manifestou a sua palavra mediante a pregação que me foi confiada por ordem de Deus, nosso Salvador, 4a Tito, verdadeiro filho, segundo a fé comum. Que a graça e a paz, da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Salvador, estejam com você (NAA).

Qualificações para o Presbitério

(Tt 1.5) 5A razão de tê-lo deixado em Creta foi para que você pusesse em ordem o que ainda faltava e constituísse Presbíteros em cada cidade, como eu o instruí (NVI).

(Tt 1.6-9) 6O Presbítero deve ter uma vida irrepreensível. Deve ser marido de uma só mulher, e seus filhos devem partilhar de sua fé e não ter fama de devassos nem rebeldes (NVT). 7Porque é indispensável que o Bispo, por ser encarregado das coisas de Deus, seja irrepreensível, não arrogante, alguém que não se irrita facilmente, não apegado ao vinho, não violento, nem ganancioso (NAA). 8Ao contrário, é preciso que ele seja hospitaleiro, amigo do bem, sensato, justo, consagrado, tenha domínio próprio 9e apegue-se firmemente à mensagem fiel, da maneira pela qual foi ensinada, para que seja capaz de encorajar outros pela sã doutrina e de refutar os que se opõem a ela (NVI).

(Tt 1.10-11) 10Pois há muitos insubordinados, que não passam de faladores e enganadores, especialmente os do grupo da circuncisão. 11É necessário que eles sejam silenciados, pois estão arruinando famílias inteiras, ensinando coisas que não devem, e tudo por ganância (NVI).

(Tt 1.12-14) 12Até mesmo um deles, um profeta nascido em Creta, disse: “Os cretenses são mentirosos, animais cruéis e comilões preguiçosos” (NVT). 13Este testemunho é verdadeiro. Portanto, repreenda-os severamente, para que sejam sadios na fé 14e não se ocupem com fábulas judaicas, nem com mandamentos de gente que se desvia da verdade (NAA).

(Tt 1.15-16) 15Para os puros, todas as coisas são puras; mas, para os impuros e descrentes, nada é puro. De fato, tanto a mente como a consciência deles estão corrompidas (NVI). 16Afirmam que conhecem a Deus, mas o negam por meio do que fazem; é por isso que são abomináveis, desobedientes e reprovados para qualquer boa obra (NAA).

Instruções para Vários Grupos

(Tt 2.1-5) 1Mas você ensine o que está de acordo com a sã doutrina (NAA). 2Ensine os homens mais velhos a serem moderados, dignos de respeito, sensatos e sadios na fé, no amor e na perseverança (NVI). 3Semelhantemente, as mulheres mais velhas devem viver de modo digno. Não devem ser caluniadoras, nem beber vinho em excesso; antes, devem ensinar o que é bom (NVT), 4a fim de instruírem as jovens recém-casadas a amar o marido e os filhos, 5a serem sensatas, puras, boas donas de casa, bondosas, sujeitas ao marido, para que a palavra de Deus não seja difamada (NAA).

(Tt 2.6-8) 6Do mesmo modo, quanto aos mais jovens, exorte-os para que, em todas as coisas, sejam moderados (NAA). 7Em tudo seja você mesmo um exemplo para eles, fazendo boas obras. Em seu ensino, mostre integridade e seriedade; 8use linguagem sadia, contra a qual nada se possa dizer, para que aqueles que se opõem a você fiquem envergonhados por não poderem falar mal de nós (NVI).

(Tt 2.9-10) 9Quanto aos servos, que sejam, em tudo, obedientes ao seu senhor, dando-lhe motivo de satisfação. Que não sejam respondões, 10nem furtem, mas que deem prova de toda a fidelidade, a fim de que, em todas as coisas, manifestem a beleza da doutrina de Deus, nosso Salvador (NAA).

A Graça Salvadora de Deus

(Tt 2.11-13) 11Pois a graça de Deus foi revelada e a todos traz salvação (NVT). 12Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente (NVI), 13enquanto aguardamos esperançosamente o dia em que será revelada a glória de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo (NVT).

(Tt 2.14-15) 14Ele entregou sua vida para nos libertar de todo pecado, para nos purificar e fazer de nós seu povo, inteiramente dedicado às boas obras. 15Ensine essas coisas e encoraje os irmãos a praticarem-nas. Corrija-os com autoridade. Não deixe que ignorem o que você diz (NVT).

Pronto para Toda Boa Obra

(Tt 3.1-3) 1Lembre a todos que se sujeitem aos governantes e às autoridades, que sejam obedientes e estejam prontos para toda boa obra. 2Que não difamem ninguém. Que sejam pacíficos, cordiais, dando provas de toda cortesia para com todos. 3Pois nós também, no passado, éramos insensatos, desobedientes, desgarrados, escravos de todo tipo de paixões e prazeres, vivendo em maldade e inveja, sendo odiados e odiando-nos uns aos outros.

(Tt 3.4-7) 4Mas quando se manifestou a bondade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor por todos, 5ele nos salvou, não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo a sua misericórdia. Ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo (NAA), 6que ele derramou sobre nós generosamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador (NVI). 7Por causa de sua graça, nos declarou justos e nos deu a esperança de que herdaremos a vida eterna (NVT).

(Tt 3.8) 8Fiel é esta palavra, e quero que você fale ousadamente a respeito dessas coisas, para que os que creem em Deus se empenhem na prática de boas obras (NAA).

(Tt 3.9-11) 9Não se envolva em discussões tolas sobre genealogias intermináveis, nem em disputas e brigas sobre a obediência às leis judaicas. Essas coisas são inúteis, e perda de tempo. 10Se alguém tem causado divisões entre vocês, advirta-o uma primeira e uma segunda vez. Depois disso, não se relacione mais com ele. 11Tais indivíduos se desviaram da verdade e condenaram a si mesmos com seus pecados (NVT).

Instruções Finais e Saudações

(Tt 3.12-14) 12Planejo enviar-lhe Ártemas ou Tíquico. Assim que um deles chegar, procure ir ao meu encontro em Nicópolis, pois decidi passar o inverno ali (NVT). 13Providencie tudo o que for necessário para a viagem de Zenas, o jurista, e de Apolo, de modo que nada lhes falte (NVI). 14E, quanto aos nossos, que aprendam também a se empenhar na prática de boas obras a favor dos necessitados, para não se tornarem infrutíferos (NVI).

(Tt 3.15) 15Todos os que estão comigo enviam saudações. Saudações àqueles que nos amam na fé. A graça seja com todos vocês (NVI).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você não pode copiar o conteúdo desta página.